Aposentado russo conclui volta ao mundo a pé percorrendo 24 mil quilômetros

O russo Serguêi Lukianov acaba de terminar uma jornada que para muitos parece ser impossível. Depois de andar por quase dois anos, gastar mais de 16 mil euros e perder 14 kilos, Lukianov finalmente conseguiu concluir seu sonho de dar a volta ao mundo a pé.

O aposentado de 60 anos deixou São Petesburgo há 22 meses para ercorrer cerca de 24 mil quilômetros caminhando. Serguêi confirma que muitos conhecidos falavam que a conclusão desse sonho seria impossível. Mas no dia 4 de fevereiro de 2017 o russo comprovou que todos estavam errados.

“Em toda a minha vida, eu jamais tinha feito algo assim antes de embarcar nessa viagem. Eu estava confiante de que chegaria ao fim, isso é tudo”, conta Lukianov.

Leia também:

Argentina de 79 anos vende tudo para viajar pela América do Sul
Norueguês visita todos os países do mundo e recomenda os 12 imperdíveis
Americano viaja durante 50 anos e conhece todos os países do mundo
Veja os carimbos de passaportes mais legais do mundo

O russo saiu de casa em 1º de abril de 2015 e retornou no último dia 4 de fevereiro. O russo passou por diversos países, como China, Vietnã, Indonésia, Singapura, Uruguai, Brasil, Tunísia, Itália, Eslováquia e Polônia, entre outros. Para ajuda-lo durante o trajeto, seus amigos criaram, em São Petersburgo, um centro de coordenação. Um deles, Mikhail Sokolovski, “viveu” com Lukianov durante todos os 22 meses, enviando instruções ou buscando pessoas preparadas que pudessem encontrar Lukianov ou abrigá-lo por uma noite.

Foto: © Ruslan Chamukov/Gazeta Russa/Arquivo Pessoal

Segundo Serguêi o dinheiro foi uma questão importante, porque o aposentado tinha que sobreviver dois anos viajando apenas com o salário. Antes da aposentadoria, Lukianov trabalhava como treinador e já havia batido recordes nacionais na caminhada de quase 100 km. Na viagem, porém, tinha orçamento de apenas 500 rublos (cerca de 26 reais) diários e cobria entre 50 e 60 km ao dia. Ao totalizar os gastos, a viagem ao redor do mundo lhe custou nada menos que 1 milhão de rublos (R$ 53.300).

Foto: © Ruslan Chamukov/Gazeta Russa/Arquivo Pessoal

Foto: © Ruslan Chamukov/Gazeta Russa/Arquivo Pessoal

Foto: © Ruslan Chamukov/Gazeta Russa/Arquivo Pessoal

Foto: © Ruslan Chamukov/Gazeta Russa/Arquivo Pessoal

Foto: © Ruslan Chamukov/Gazeta Russa/Arquivo Pessoal

 


- Descubra o hotel ideal para você, reserve seu hotel com o Booking.com.
- Encontre pacotes de viagem em oferta com a CVCSubmarino ViagensDecolar.com.
- Pesquise os melhores preços de passagens aéreas em tempo real para a sua viagem.
- Consiga a melhor cotação de câmbio turismo do dia em diferentes moedas.