Conheça a Estrada Real em Minas Gerais

O termo Estrada Real refere-se aos caminhos trilhados pelos colonizadores durante a descoberta do ouro em Minas Gerais. Com o objetivo de preservar este patrimônio histórico, foi criado um projeto em 2001 para transformação dessa estrada em ponto turístico. São 1512 km formados por 177 municípios, sendo 162 em Minas Gerais, 8 no Rio de Janeiro e 7 em São Paulo.

Conhecer a Estrada Real é reviver a história descobrindo lugares inesquecíveis. Cercado por montanhas e muita cultura, o complexo reúne uma série de atrativos para turistas que passam pela região. A Estrada Real é formada por quatro caminhos:

Caminho Velho:

O caminho velho foi a primeira via aberta oficialmente pela Coroa Portuguesa entre o litoral fluminense e a região mineradora, são 710km saindo de Paraty, passando pela Serra da Mantiqueira, pelo circuito das águas e algumas vilas que hoje se transformaram em cidades de médio e grande porte, até chegar em Ouro Preto.

Caminho Novo:

Aberto para ser alternativa do caminho velho, essa via foi criada para melhorar a acessibilidade de novos trabalhadores e equipamentos para extração de ouro e diamante. Túneis, chafarizes e algumas fazendas que hoje se transformaram em meios de hospedagem são encontrados no percurso. Essa é uma ótima forma para  que os turistas  conheçam um pouco mais sobre as construções e os costumes do século XVIII e XIX.

Caminho dos Diamantes:

Estrada que liga Diamantina a Ouro preto, possui 350 km e passou a ser importante após 1729, quando as pedras preciosas de Diamantina ganharam destaques nas economias brasileiras e portuguesas. No caminho é possível conhecer o Parque Nacional da Serra do Cipó, uma reserva da Serra do Espinhaço com muitas cachoeiras e paredões que permitem atividades como rafting, montanhismo, mountain bike, trekking e uma ótima viagem de carro passando entre pequenas cidades e vilarejos.

Caminho de Sabarabuçu:

O menor caminho foi criado com uma rota alternativa entre o caminho dos Diamantes e a cidade de Ouro Preto, 160 km que abrigam locais com mutia história, a rota segue margeando o rio das Velhas e tem a Serra da Piedade como um dos principais atrativos.

Ouro Preto – MG

Ouro pretoSERGEI MEDEIROS

Foto: Sergei Medeiros

 

Diamantina – MG

Diamantinahumberto pimental

Foto: Humberto Pimental

São João Del Rey – MG

del_rey_nerds_viajantes

Foto : Nerds Viajantes

Paraty – RJ

paraty_filipemota

Foto: Filipe Mota

Cachoeira do Tabuleiro – Serra do Cipó – MG

serra_do_cipo_tabuleiro_rodrigo silva

Foto: Rodrigo Silva

O período de chuva da região fica entre o mês de outubro e março.

Distâncias:

  • Caminho dos Diamantes: Bicicleta: 8 dias / Caminhando: 27 dias / Carro 4×4: 4 dias
  • Caminho Velho: Bicicleta: 15 dias / Caminhando: 48 dias / Carro 4×4: 8 dias
  • Caminho Novo: Bicicleta: 11 dias / Caminhando: 35 dias / Carro 4×4: 6 dias
  • Caminho do Sabarabuçu: Bicicleta: 4 dias / Caminhando: 11 dias / Carro 4×4: 2 dias

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis 

Acompanhe também pelo Facebook

Leia também:

Turismo em Belo Horizonte: o que ver e fazer
Turismo em Ouro Preto, melhores lugares para conhecer na cidade
Inhotim, o maior museu a céu aberto do mundo
6 motivos para conhecer Capitólio em Minas Gerais
100 destinos para conhecer no Brasil

Fonte: (Estrada Real Tur)