Guia completo da Chapada dos Veadeiros

Pacote_saldao_300x250

A Chapada dos Veadeiros guarda a maior porção de cerrado contínuo do mundo. Localizada no Nordeste do estado de Goiás, a imensa área com 65.514 hectares possuí formações vegetais únicas sendo também uma das regiões mais antigas do planeta, com mais de dois bilhões de anos. O nome vem da quantidade de veados campeiros que habitam a região, formada por quilômetros de planaltos, veredas e chapadas.

A apenas 220 km de Brasília, a Chapada dos Veadeiros oferece milhares de atrativos para os turistas apreciadores da natureza. Além das cachoeiras, cânions, cavernas, poços e rios, diversas formações rochosas intrigam os visitantes devido as belezas exuberantes do local.

O Parque foi criado em 1961 com o intuito de preservação da área e foi declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 2001. Além da conservação, o Parque tem como objetivos a pesquisa científica, a educação ambiental e a visitação pública.

Toda região fica sobre uma imensa placa de cristal de quartzo. Por isso se comenta da energia tão famosa proporcionada pelos deliciosos banhos de cachoeira da Chapada dos Veadeiros. A observação de animais é outra atividade turística que vem crescendo muito. Em toda a região é possível encontrar emas, veados, lobos guarás, onças pintadas, suçuaranas, lontras, antas e aves como araras, tucanos entre outros.

Aconselhamos a todos que pretendem viajar para a Chapada dos Veadeiros, que sempre consultem os Centros de Apoio ao Turista (CAT) pois muitos dos passeios aqui indicados só poderão ser realizados com o acompanhamento de um condutor de visitantes (guia) credenciado. Também informamos que muitas atrações ficam dentro de propriedades particulares, que cobram taxas para o acesso à atração.

Ao todo são 7 pontos de apoio onde os visitantes podem se hospedar e começar a explorar essa região mágica, são eles:

Alto Paraíso

A cidade mais mística da Chapada dos Veadeiros é reduto de diversos hippies e esotéricos que encontram em Alto Paraíso um local tranquilo e perfeito para morar. A entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros possui a melhor infraestrutura para o turismo comparada com os outros municípios que fazem parte da região.

A presença das diversas minas de cristas nas redondezas junto ao fato da região estar no paralelo 14, a mesma latitude de Machu Picchu ajudam a convencer que o município realmente possui uma energia especial.

Leia mais: Turismo em Alto Paraíso: o que ver e fazer

Cavalcante

Cavalcante possui uma estrutura básica de hotéis, pousadas, campings e restaurantes. O turismo, a mineração e a geração de energia são suas principais atividades mais sem desprezar a pecuária que sustenta seus moradores há anos.

A cidade abriga diversas cachoeiras e ocupa a maior parte do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. É na cidade que encontra-se a belíssima Cachoeira de Santa Bárbara, uma das mais procuradas da região.

Leia mais: Cavalcante o pedaço mais sossegado da Chapada dos Veadeiros

Vila de São Jorge

A vila de São Jorge teve sua povoação iniciada por volta de 1912 por garimpeiros em busca do cristal quartzo, a abundância do mineral atraiu garimpeiros de vários lugares, principalmente da Bahia, que foram chegando para a região formando assim um grande acampamento denominado “Acampamento do Garimpão”.

São Jorge é famoso por suas ruas de areia, o maravilhoso céu estrelado e a tranquilidade dos habitantes da pequena vila. A visitação acontece todo o ano, que chega ao ápice no mês de julho (alta temporada), mês que acontece o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros onde reúnem-se grupos culturais de todo o Brasil.

Leia mais: Turismo na Vila de São Jorge: o que ver e fazer

Povoado do Engenho

Localizada a 27 km do centro da cidade de Cavalcante o Povoado do Engenho II é um sítio histórico e Patrimônio Cultural Kalunga. A área situada no nordeste do município e possuí mais de 230 mil hectares de cerrado protegido. E a maior comunidade remanescente de quilombo do Brasil, com cerca de 4.000 cidadãos que só tiveram contato com a “civilização” há menos de 30 anos – um povo mágico de forte sangue negro.

Hoje a comunidade também trabalha com turismo e oferece hospedagem, restaurantes com comidas caseiras e orgânicas e guias capacitados que levam os visitantes em inúmeras cachoeiras espalhadas pela região.

Teresina de Goiás

O pequeno muncípio de Teresina de Goiás é o mais nova das cidades que estão dentro do Parque nacional da Chapada dos Veadeiros. Possui comunidades Kalunga e muitas belezas naturais. Destaque para o Poço Encantado. Além dele, 17 cachoeiras estão à disposição dos turistas. Além de estar bem próxima de Cavalcante a cidade oferece uma gama de atrações bem próximas, a que mais se destaca é o Poço Encantado.

São João da Aliança

São João da Aliança é banhada pelo Rio Capetinga, também conhecido como Rio das Brancas e pelo Tocantinzinho. Essa quantidade de água gera muitas cachoeiras pra se ver, tomar banho e escalar, como a São Cristovão, a Andorinhas e a Label e do Pastor.

Colinas do Sul

Localizada entre o Lago de Serra da Mesa e a Chapada dos Veadeiros, o aconchegante município de Colinas do Sul também está cercada por diversas atrações. A cidade tem cerca de 80% do seu território dentro de uma Área de Proteção Ambiental, a APA do Pouso Alto, o que propicia o turismo ecológico e de aventura.

O que fazer:

Saltos do Rio Preto:

É a principal atração do parque nacional e está mais próxima da vila de São Jorge. As enormes quedas uma com 80m de altura e outra com 120m cortam um imenso desfiladeiro cercado pela vegetação típica do cerrado. A primeira queda desaguá em um enorme poço de águas escuras com uma enorme área demarcada para banho, a segunda atração pode ser observada através de um mirante de madeira construído em sua lateral.

Cachoeira dos Saltos - Roberto Almeida

Foto: Roberto Almeida

Vale da Lua:

Formações rochosas peculiares esculpidas há milhares de anos pelas águas do Rio São Miguel formam cenários que lembram paisagens lunares. A região com inúmeras crateras tem 3 piscinas naturais onde os visitantes podem se refrescar.

Vale da Lua - Gilson Tristan

Foto: Gilson Tristan

Cachoeira Santa Bárbara:

A Cachoeira Santa Bárbara está no município de Cavalcante. Seu enorme poço azul com águas cristalinas em meio a vegetação densa faz da atração um verdadeiros oásis. A cachoeira tem 40 metros de altura e o poço pode chegar a até 3 metros dependendo a época.

Santabarbara_1_p

  Foto: Gustavo Albano

Foto: Marcio Cabral

Foto: Marcio Cabral

Almécegas I e II:

A Cachoeira fica no complexo Fazenda São Bento, a primeira queda tem 45 metros de altura com diversas cascatas que despencam em um poço de tons verdes. A cachoeira Almécegas II fica a 400m de distância e possuí um imenso poço para banho.

Almecegas - Gustav Albano

Foto: Gustavo Albano

Catarata dos Couros:

As Cataratas dos Couros têm uma queda de 100 metros de altura e leva esse nome porque recebe as águas do rio dos Couros. O rio faz uma sequência incrível de corredeiras, cachoeiras e poços.

Couros - Gilson Tristan

Foto: Gilson Tristan

Loquinhas:

O complexo da Loquinhas abriga diversos poços e cachoeiras com águas cristalinas e de fácil acesso. É a mais próxima das atração dentro do município de Alto Paraíso, sua trilha construída com madeiras permite a visitação para todas as idades.

Loquinhas - Pedro Bona

Foto: Pedro Bona

Jardim de Matreya:

O Jardim de Matrya é considerado um lugar sagrado pelos místicos que moram próximos da região, que afirmam existir no local um campo de força magnética. Um dos lugares mais fotografados da Chapada, revela campos de flores, veredas e buritizais emoldurados por um horizonte recortado de montanhas.

8261775497_526412d9a8_b

Foto: Camilla Frois Albano

Cachoeira do Vale do Rio Macaco:

A trilha de cinco quilômetros até a queda principal não é das mais fáceis, mas compensa pelas belezas ao longo do percurso – cânions, piscinas naturais e cachoeiras de até 50 metros.

Macaquinhos - Mayara Azzi

Foto: Mayara Azzi

Sertão Zen:

Uma das mais belas caminhadas da Chapada. É um passeio em meio a campos de altitude cheios de flores, que tem como objetivo chegar às nascentes do Rio Macacão, no topo de uma cachoeira com cerca de 200m de altura.

p17vljo77dou31rs21ndd1bn14ec5_g

Foto: via GuiaChapadadosVeadeiros.com

Rio da Prata:

Complexo com diversas quedas d’água de diferentes tamanhos de belezas surpreendentes. A atração está próxima de Cavalcante, a aproximadamente 63 km.

2 queda do Prata Jurandir Silva

Foto: Jurandir Silva

Outros atrativos turísticos na Chapada dos Veadeiros::

  • Cachoeira Anjos e Arcanjos
  • Veredas
  • Ponte de Pedra
  • Cachoeira dos Cristais
  • Capivara
  • Comunidade Kalunga Engenho II
  • Cachoeira do Abismo
  • Cânionse Carioquinhas
  • Cachoeira da Água Fria
  • Cachoeira São Félix
  • Cachoeira do Segredo
  • Poço Encantado
  • Cachoeira da Bailarina
  • Morro da Baleia
  • Encontro daságuas
  • Pedra Escrita
  • Cachoeira Ave Maria
  • Cachoeira Capivara
  • Cachoeira São Bento

Como chegar:

O aeroporto mais próximo da Chapada dos Veadeiros é o de Brasília. Por isso, a melhor maneira de chegar até lá é de carro ou ônibus.

Avião:
Aeroporto Internacional de Brasília Presidente Juscelino Kubitschek que recebe voos internacionais e nacionais partindo das principais capitais do país.

De carro:
Partindo da capital federal, que está a cerca de 250 km de Alto Paraíso, o viajante deve pegar a BR 020, em direção a Formosa (GO). Após a cidade de Planaltina, é preciso prestar atenção ao trevo que indica a GO 118, rodovia que leva a Alto Paraíso e passa por São Gabriel e São João D’Aliança. De lá, pegue a GO 327 (estrada de terra) em direção a Colinas do Sul e percorra 38 km até o Povoado de São Jorge, onde está a entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Ônibus:
A região recebe ônibus diários saindo de Brasília e Goiânia. Para informações atualizadas de quais companhias operam até a Chapada dos Veadeiros, vale ligar na rodoviária de Alto Paraíso.
Tel: (62) 3446-1359

Melhor época para visitar a Chapada dos Veadeiros:

A Chapada dos veadeiros recebe turistas durante o ano inteiro. A temperatura média anual é de 24 a 26ºC. A melhor época para práticas de aventuras é o período de estiagem, quando a temperatura está mais baixa, chove pouco e as pedras não estão quentes nem escorregadias, evitando acidentes e queimaduras.

A melhor época para visitação de Abril a Outubro, sendo que nos meses de Julho e Agosto as águas estão mais cristalinas devido ao período de maior seca no cerrado.

Onde ficar:

Pousada Alfa e Ômega
R. Joaquim Almeida, 15
Alto Paraíso de Goiás – GO
[email protected]
www.pousadaalfaeomega.site.com.br
Tel: (62) 3446-1225

Pousada Nova Era
Rua Joaquim de Almeida, 131
Alto Paraíso de Goiás – GO
www.jardimdanovaera.com.br
Tel: (62) 3446-1279 / (62) 8284-1308

Vale das Araras
Ch Vera Cruz, s/n
Cavalcante – GO
[email protected]
www.valedasararas.com.br
Tel: (62) 9665-4447

Pousada Aldeia Cayana
Estr. Cavalcante / Colina do Sul S/N, km. 4
Cavalcante – GO
[email protected]
www.pousadacayana.com.br
Tel: (61) 3245-7735 / (61) 9986-8806 / (62) 9914-7446

Tapuio Park Hotel
Rodovia para Colinas, Km 02 Zona Rural
Cavalcante – GO
[email protected]
www.tapuioparkhotel.com.br
Tel: (61) 9827-5587

Pousada Trilha Violeta
Rua 12, Quadra 7, Lote 5 e 6
São Jorge – GO
[email protected]
www.trilhavioleta.com.br
Tel: (62)3455-1088

Onde comer:

Divina Madre
Av Ary Ribeiro Valadao Filho 1039-A – Alto Paraíso de Goiás
Tel: (62) 8193-2301

Restaurante Tapindaré
Av. Ary Valadão Filho, 639, Centro – Alto Paraíso de Goiás
Tel: (62) 3446-1659

Alquimia
Av. Ary Valadão Filho, 969 – Alto Paraíso de Goiás
Tel: (62) 3446 2191

Risoteria Santo Cerrado
Viela C, Qd. 8, Lt. 2 (Centro) – São Jorge
Tel: (62) 3455-1039

Com quem ir:

Agência Zaltana
Rua Borba Gato Quadra 24 lote 191 – Centro
Cavalcante – Goias
www.zaltanaecotur.com.br
Tel: (62) 3494-1357 / (62) 9820-3482 / (62) 9616-8368

Dicas:

  • Antes de viajar para a Chapada, é fundamental vacinar-se contra a febre amarela com pelo menos 10 dias de antecedência;
  • Contrate um Condutor de Visitante (guia) credenciado por uma das associações.
  • Leve sempre lanches para trilha, e traga todo o seu lixo de volta.
  • Calçado adequado para as trilhas, amaciado;
  • Mochila para as caminhadas;
  • É sempre bom levar repelentes;
  • Bancos em Alto Paraíso, BB e Itaú, lotérica (caixa) e corrêio (bradesco);
  • Banco em Cavalcante, BB, lotérica (caixa) e corrêio (bradesco);
  • Banco em São João d’Aliança, Itaú, lotérica (caixa) e corrêio (bradesco);
  • Não há agências bancárias em Colinas do Sul e Teresina, somente lotérica (caixa) e corrêio (bradesco);
  • Em São Jorge não há bancos.
  • Telefonia celular em Alto Paraíso e São Jorge conta com todas as operadoras do Centro Oeste, em Cavalcante, Colinas do Sul e São João d’Aliança somente cobertura da Vivo, em Teresina não há sinal de celular;
  • Cartões de crédito e débito, são pouco aceitos com excessão de alguns estabelecimentos. O melhor é ter dinheiro vivo;
  • Existem piscinas de águas termais na região, com temperatura abaixo da corporal. É maneiro ir nesses lugares a noite, ou se estiver chovendo;
  • Durante os meses de maio/junho e setembro/outubro, é quando a vegetação explode em flores impressionantes, as famosas ‘flores do cerrado’. Pra quem fotografa é um prato cheio;
  • Se for para São Jorge de Carro abasteça antes, última opção Alto Paraíso pela GO-118.

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis

Leia também:

Diário de Bordo: 3, 5 e 7 dias na Chapada dos Veadeiros
10 cachoeiras imperdíveis para conhecer na Chapada dos Veadeiros!
Cachoeira Santa Bárbara uma piscina natural na Chapada dos Veadeiros
Vale da Lua, encantos e mistérios na Chapada dos Veadeiros
Cachoeira Loquinhas, águas cristalinas em Alto Paraíso de Goiás
Hospedagem em Alto Paraíso de Goías: Pousada Alfa & Ômega

_728x90_CGH_SDU.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>