Istambul, o lugar onde a Europa e a Ásia se misturam

Istambul é divididade em duas partes: de um lado o tradicionalismo e a história do oriente, do outro a modernidade ocidental. Isso porque o Estreito de Bósforo que liga o Mar de Mármara ao Mar Negro divide a cidade, entre Europa e Ásia. Enquanto a parte oriental continua mantendo seu conservadorismo histórico, a área europeia oferece semanas de moda, shows de jazz, peças de teatro e e surpreende os turistas com a vasta opção de restaurantes, cluber noturnos e galerias de arte.

A cidade que se reinventa ao longo dos séculos começou como Bizânico, assentamento grego posicionado na união entre o Mar Negro e Mediterrâneo, possibilitando rotas comerciais entre a Ásia e a Europa. Anexada ao Império Romano no ano de 73 e transformada em sede oriental a cidade foi rebatizada como Nova Roma pelo imperador Constantino mas o nome não pegou. Hoje Istambul mantém sua beleza e vive uma eferveção cultura, graças aos jovens que estudaram em outras cidades europeias e trouxeram para a cidade natal um modo descolado de viver. Apesar de 95% da população da Turquia morar no lado asiático do país, Istambul é considerada europeia e, segundo projeções, será a maior cidade da Europa em 2015.

Leia também:

Navagio Beach, a praia mais bonita do mundo
Conheça as praias mais procuradas no Brasil
Os melhores passeios para fazer em Angra dos Reis
100 destinos brasileiros que você precisa conhecer
A Terra dos Incas: descubra os principais atrativos turísticos peruanos

istanbul2 11954420063_247c682ef0_z istanbulistanbul314833742277_265c6dcd7e_z

Como chegar:

Todos os dias saem voos diretos ou com conexões que partem das principais capitais brasileiras com destino ao Aeroporto Internacional de Ataturk, o mais movimentado de Istambul.

Se estiver pela Europa e quiser chegar ao destino de trem é possível chegar através de Bucareste, na Romênia. O desembarque acontece na estação Sirkeci (gar, em turco), que fica bem no centro da cidade.

Atrações:

Istambul atrai turistas atrás de passeios e paisagens exuberantes e exóticas, chamada também de antiga Constantinopla, Istambul reúne seus importantes pontos turísticos relativamente próximos uns dos outros. Prova disso, são a Basílica de Santa Sopia (Hagia Sophia), que passou de templo a museu, e a Mesquita Azul construída exatamente na sua frente. Já o Palácio TopKapi, parada obrigatória para conhecer detalhes dos antigos costumes locais, garante surpresas no famoso harém, ambiente com mais de 400 cômodos onde centenas de mulheres tinham a função de satisfazer os prazeres dos homens.

Mesquita Azul

Famosos por seus azulejos pintados à mão, a Mesquita Azul foi construída entre 1606 e 1616, por ordem do Sultão Ahmet I e na época, a construção deu o que falar por seus seis minaretes (configuração só permitida à Mesquita de Maomé, em Meca).

Blue-Mosque-Sultan-Ahmed-Mosque-Istanbul-Turkey_1024x768 3902561316_5440e891b7_z9076580530_6ca712f25f_z14791160551_63b9a86b44_z

Palácio de Topkapi

Construído pelo sultão do Império Otomano, Mehmet II, entre 1459 e 1465, esse imenso palácio serviu como residência de vários sultões durante muitos anos. Atualmente, virou um museu que guarda peças como o maior diamante do mundo.

8338357313_c0c5030604_ztopkapi palace13828746400_de59260de3_z palace topkapi palace4

Santa Sofia

Uma vez que uma igreja, em Istambul, em seguida, tornou-se uma mesquita e agora um Museu.Provavelmente um dos pontos mais interessantes de Istambul .Santa Sofia é a quarta maior Catedral do mundo, com sua cúpula de 56m de alta, depois de Saint Paul em Londres, São Pedro em Roma e Duomo em Milão. No entanto, o fato principal é, foi construído mais de 1000 anos atrás dos outros.O interior do museu de Santa Sofia é decorada com esplêndidos mosaicos bizantinos.

sofia4 sofia5sofia3sofia6

Grande Bazar

O Grande Bazar (Kapalicarsi em turco) é um dos maiores mercados cobertos do mundo, com suas 4400 lojas em 64 ruas e com 22 portas. É lá que você irá encontrar todos os temperos, artesanato e iguarias do país

baazar38197705585_d1f71b29c1_zbaazar4baazar2baazar

Cisternas de Yerebatan

Sustentada por 336 colunas, a maior cisterna de Istambul foi construída pelo Imperador Justiniano em 532 para atender à demanda do Palácio Topkapi. Atualmente desativada, fica aberta à visitação para turistas todos os dias da semana. Em algumas ocasiões a cisterna também é palco de exposicões de arte e concertos.

9094070470_d8cee703ba_z CIS3708015186_94b6d97642_z 4066258268_0a3148e99e_z

Qual a melhor época para visitar Istambul?

A cidade fica lotada entre os meses de abril a agosto, quando há muitas flores e o clima está quente. Nos meses mais frios, o número de visitantes diminui e alivia as filas formadas para entrar nos museus, mesquitas, e também diminui o fluxo de gente nos grandes mercados e restaurantes.

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis 

Fotos: Galmesse, Nisa Ulli Mayer, Colin, Jonny Whitlam, Albert Jafar, Chistopher Chan, Marion, Nialleto, Jon Reid, Robert Grant, Ana Stefanović, Christine, Maria José Almeida, Chris Alsup, Rê D’Almeida, Luís Seco, Vitor Coelho, Gustavo Alterio, Joaquim Pons, Gulsen Ozcan, Kostas Panagias.