Passeios para fazer em Aracaju: conheça o Parque dos Falcões

Para quem visita os destinos sergipanos, uma parada obrigatória para apaixonados pela natureza é o Instituto Parque dos Falcões. O Parque está localizado bem próximo ao Parque Nacional da Serra de Itabaiana (SE) a cerca de 45 Km de distância da capital Aracaju. O complexo é um verdadeiro santuário das aves de rapina que busca recuperar espécies apreendidas de contrabando ou machucadas de diferentes formas. Além das diferentes linhagens de falcões outros animais como corujas, gaviões, carcarás e urubus raros são encontrados no Instituto.

Junto com o parceiro Alexandre Correia, Persílio, o criador disso tudo, é conhecido com o encantador de falcões. Uma grande sintonia entre o homem e as aves, ao todo são mais de 300, todas com nome próprio, apelidado um a um pelo próprio Persílio. Tomam banho, treinam voo, seguem uma dieta rigorosa e fazem até fisioterapia se precisar. Depois de recuperada essas aves voltam para a natureza, as mais debilitadas que não conseguem mais se adaptar, são utilizadas para reprodução, reduzindo a extinção de algumas dessas espécies. Ele mesmo diz que os animais são muito parecidos com nós, basta estar bem alimentado e receber amor para que a alquimia aconteça. Uma sabedoria única de um homem simples com um trabalho fascinante.

Hoje Persílio é referência mundial na área e também é sempre convidado para dar palestras compartilhando seus conhecimentos em vários países, um dos únicos no Brasil com autorização do próprio IBAMA para criação dessa espécies.

IMG_6830

A paixão começou quando aos 7 anos de idade Persíio recebeu um ovo de carcará, que nasceu sendo chocado por uma galinha, um jeito improvisado que ele encontrou para mantê-la viva. O gesto deu certo e a ave pode nascer saudável. A astúcia do menino já era natural desde pequeno e depois disso a dedicação com as aves só aumentou. Hoje o carcará plancus chamado de Tito tem 32 anos de idade e é o xodó do proprietário. Depois de conhecer algumas curiosidades sobre as aves de rapina, o visitante também se encanta com uma apresentação em voo livre no céu sergipano. Em uma comunicação peculiar, as aves respondem aos comandos do criador, que com muito prazer, parece levar o dom como uma brincadeira de garoto. Ao final das apresentações o visitante também pode fotografar os animais em punho, em uma interação feita com acompanhamento de guias locais.

Todos reconhecem o trabalho feito no Parque dos Falcões, um complexo que impressiona pela variedade de animais e pelo trabalho feito para preservar as aves de rapina brasileiras. Muitos pesquisadores, biólogos, estudantes e turistas do mundo inteiro se impressionam com o talento de Persílio. Além das atividades de ecoturismo, reprodução e reabilitação das aves, também é desenvolvido treinamentos com a finalidade de apresentar a importância desses animais como predadores na cadeia alimentar. Um projeto fascinante que merece sua visita!

pqfalcoes pqfalcPq.falcoespqfal

Como chegar:

No trajeto de carro partindo de Aracaju pela rodovia BR 235, a entrada do Parque fica na altura do Km 42. Sinalizações pelo caminho informam a entrada que segue em uma pequena estrada de terra batida aos pés da Serra de Itabaiana, município no agreste sergipano.

Horário de funcionamento:

As visitas ao Parque dos Falcões precisam ser previamente agendadas e acontecem sempre às 09h e às 14h. Agendamentos devem ser feitos pelos telefones: (79) 99962-5457 / (79) 99885-2522 / (79) 09131-3496.

Parque dos Falcões
BR 235, Km 42, Povoado de Gandú II
Itabaiana – SE
Tel: (79) 9962-5457 / 9885-2522
www.parquedosfalcoes.com.br

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis

Leia também:

Cânion do Xingó – Desbravando as belezas do Rio São Francisco
Museu da Gente Sergipana, passeio cultural em Aracajú
Diário de Bordo: roteiro 3, 5 e 7 dias em Aracaju

O que conhecer em Aracaju: Projeto TAMAR, o primeiro oceanário do nordeste
Conheça as praias mais bonitas do Nordeste
Guia Completo da Península de Maraú no sul da Bahia

Fotos: Gustavo Albano.