Rota das Emoções: conhecendo o Ceará, Maranhão e o Piauí em 7 dias

Pacote_saldao_300x250

Se você gosta de viajar e está sempre procurando um novo roteiro para fazer nas férias, com certeza você já deve ter ouvido falar sobre a Rota das Emoções, roteiro turístico que tem início (ou fim) nos Lençóis Maranhenses no Maranhão, depois passa pelo Delta do Parnaíba e pelo litoral do Piauí até chegar a fantástica vila de Jericoacoara, no Ceará.

A rota caiu na graça dos turistas e ganhou por dois anos consecutivo o título de melhor roteiro turístico do Brasil, segundo o Ministério do Turismo – influenciado pelo público. A viagem pode ser feita entre 4 a 15 dias passando por inúmeras paisagens fascinantes em uma região bem preservada e inóspita. São tantas as atrações pela rota, que é possível fazer um roteiro totalmente personalizado adaptando aos diferentes perfis de turistas e tempo disponível.

O início da aventura (ou fim para quem optou por fazer o caminho contrário), é no deserto tropical pontilhado por gigantescas lagoas de águas incrivelmente claras, formadas pelas chuvas que chegam nessa região durante o inverno. Os entornos contam com áreas de mangues, um belo litoral e inúmeros povoados que preservam toda a cultura dos pescadores que vivem à beira do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e arredores – uma das regiões mais tradicionais e encantadoras do estado do Maranhão.

Em seguida partimos para a segunda etapa da viagem, o cenário que toma conta é o do maior Delta das Américas, que marca o encontro de 5 rios que deságuam em direção ao mar, passando pela maior floresta de manguezal do Brasil. São mais de 80 ilhas com poucas famílias ribeirinhas, todas com fauna e flora absurdamente viva e exótica, um pedacinho do Brasil que todo mundo deveria conhecer.

A outra parte do roteiro é a charmosa vila de Jericoacoara, um dos destinos mais badalados do Brasil famoso pelo clima descolado da vila pé na areia e pelas belezas naturais que cercam a região.

Recomendamos para quem tem disponibilidade, fazer a Rota das Emoções em pelo menos 7 dias, tempo ideal para conhecer as principais atrações sem muita pressa, passando pelas cidades de Santo Amaro, Barreirinhas, Atins e Tutóia no Maranhão, Parnaíba, litoral de Luís Correia e Barra Grande em Cajueiro da Praia, no estado do Piauí e Jericoacoara no litoral cearense.

A rota pode ser feita com veículo próprio e até mesmo de ônibus para os mochileiros desenrolados, mas para melhor conforto e segurança, o recomendável é fechar toda a rota com uma agência de turismo receptivo local, além de você curtir ao máximo e não ter a preocupação de fazer todo o planejamento de hotéis, horários e possíveis dores de cabeça com carros atolados e atrasos – parte do roteiro precisa de carros 4×4 – a rota te proporciona atravessar o Delta do Parnaíba de barco, ponto alto do passeio que precisa ser adicionado no seu roteiro. Esse é um dos pontos negativos para quem quer fazer o roteiro em veículo próprio.

Fizemos o percurso com a agência Eco Adventure com sede em Parnaíba, eles são uma das agências que operam os passeios desde o começo da rota.

#Dia1 Santo Amaro – Lagoa das Andorinhas, Espigão e Betânia + check in em Barreirinhas

No primeiro dia de passeio começamos desbravando a recém descoberta Santa Amaro, pequeno município bucólico dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses que só pode ser acessado através de veículos 4×4. Construída às margens das primeiras dunas que formam o deserto tropical, a cidade fascina pelo clima tranquilo e pelas grandes belezas naturais presente na região.

Entre os pontos em destaque estão a Lagoa das Andorinhas uma maravilhosa lagoa de águas refrescantes, o Espigão com casas de apoio que oferecem almoço em frente a uma maravilhosa área com dunas e banhos de lagoas e rios, e por último a Lagoa da Betânia.

Foto Gustavo Albano

Espigão em Santo Amaro – Foto: Gustavo Albano

Foto Gustavo Albano

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses em Santo Amaro – Foto: Gustavo Albano

#Dia2 Barreirinhas – Flutuação do Rio Formiga, Vassouras, Mandacaru e Atins

A primeira atração do dia são as águas mornas e transparentes do Rio Formiga no povoado de Cardosa. O acesso é feito em jardineiras 4×4 até o ponto de flutuação (também chamado de Bóia Cross) onde os visitantes descem a correnteza calma em águas rasas e incrivelmente limpas. O passeio tem em média 40 min de duração.

Depois do almoço o trajeto segue em direção a Atins, uma vila de pescadores é a entrada leste para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O percurso começa na Beira Rio de Barreirinhas onde pegamos as tradicionais voadeiras, barcos pequenos que cortam as águas do Rio Preguiças fazendo duas paradas: a primeira para observar as belezas do povoado de Vassouras à beira do rio e curtir os simpáticos macacos que vivem pela região.

A segunda parada é o povoado de Mandacaru com aproximadamente 1400 habitantes, a principal atração é o imponente Farol que leva o mesmo nome da vila, estrutura metálica que possui uma visão 360° da região onde é possível avistar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Caburé e Atins, o último destino do terceiro dia de viagem.

Vista do Farol de Mandacaru - Foto: Gustavo Albano

Vista do Farol de Mandacaru – Foto: Luan Carvalho

Macaco prego no povoado de Vassouras - Foto: Gustavo Albano

Macaco prego no povoado de Vassouras – Foto: Gustavo Albano

#Dia3 Atins – Lagoa da Capivara, Caburé e Delta do Parnaíba

O pequeno vilarejo com ruas de areia ainda é pouco divulgado e esse é o fator número um para você adicionar o destino na rota. A rusticidade e a falta de movimento constante de turistas proporciona atrações pra lá de paradisíacas, como a encantadora Lagoa da Capivara, destino próximo ao Canto de Atins, onde está situado o restaurante da Lúzia e do Antônio, as casas que oferecem o melhor camarão da região.

De lá pegamos uma voadeira até uma extensa faixa de areia que separa as águas do oceano com o Rio Preguiça. Nomeada de Caburé, a península conta com alguns restaurantes e pousadas, sua localização exótica e privilegiada garante momentos incríveis em um lugar de beleza única.

O destino final do terceiro dia é a cidade de Parnaíba, já no estado do Piauí, durante o caminho a cereja do bolo é a observação de centenas de Guarás Vermelhos, aves típicas da região que tem essa coloração graças ao pigmento do seu principal alimento – os caranguejos que habitam a maior floresta de manguezais do Brasil.

Os aventureiros vão adorar o Safari Noturno no Delta do Parnaíba, passeio feito de barco que sai do porto de Ilha Grande, mostrando toda a diversidade da fauna presente na região, com focagem de jacarés, iguanas, cobras e outros animais peçonhentos encontrados durante a noite.

Lagoa da Capívara em Atins - Foto: Gustavo Albano

Lagoa da Capívara em Atins – Foto: Gustavo Albano

Caburé - Foto: Gustavo Albano

Caburé – Foto: Gustavo Albano

Delta do Parnaíba - Foto: Gustavo Albano

Delta do Parnaíba – Foto: Gustavo Albano

#Dia4 – Passeio de Canoa no Delta do Parnaíba, litoral piauiense e Barra Grande

Na manhã do quarto dia da Rota das Emoções o ideal é continuar desbravando as belezas do delta, um passeio de canoa pelos igarapés e manguezais é a melhor forma de observar aves como o tucano, o carcará e tantas outras espécies de pássaros. Além de ouvir dos nativos um pouco das curiosidades locais, você também encontra outros animais que vivem nesse bioma, como os macacos pregos que fazem a festa quando encontram os turistas. Em seguida a melhor pedida é conhecer as ilha do Caju, um paraíso ecológico formado por dunas, piscinas naturais e campos de cajueiro.

De Parnaíba para Barra Grande são apenas 71 km passando por Luís Correia, município piauiense que possui belas praias famosas pelos moradores como a Pedra do Sal, a Praia do Macapá e a Praia do Atalaia.

O melhor programa para curtir a aconchegante vila de Barra Grande é apreciar o pôr do sol que descansa nas águas mornas do litoral piauiense e caminhar pelas charmosas ruas de areia repletas de bons restaurantes, hotéis e bares. Ventos fortes e muitas ondas também proporcionam condições ideias para quem quer praticar esportes aquáticos.

Delta do Parnaíba - Foto: Gustavo Albano

Delta do Parnaíba – Foto: Gustavo Albano

Hotel BGK em Barra Grande - Foto: Gustavo Albano

Hotel BGK em Barra Grande – Foto: Gustavo Albano

#Dia5 – Observação de Cavalo Marinho, Lagoa de Tatajuba e Jericoacoara

Além dos ótimos ventos que chamam a atenção dos praticantes de kite e windsurf, a Barra Grande também oferece passeios ecológicos e de aventura consciente com atividades como trilha e canoagem pelos igarapés da região. No passeio para observação do cavalo marinho o turista passeia pelas Trilhas das Ostras, Ilha das Garças e Fraldão com saída pela própria praia.

Parada obrigatória para almoço no trajeto entre Barra Grande e Jericoacoara, a Lagoa do Tatajuba fica no município cearense de Camocim, a lagoa cercada por belas dunas oferece diversas opções de restaurantes que agradam a clientela preparando os ambientes com cadeiras em frente a água e redes coloridas perfeitas para algumas horinhas de descanso nas águas calmas da lagoa.

O período da tarde pode ser aproveitado na tranquila e paradisíaca praia de Jericoacoara que tem águas claras e calmas, formando uma enorme piscina azul colorida apenas pelos barquinhos de pescadores e as velas dos kite e windsurfs que cortam a água durante o dia inteiro. Você pode ainda curtir a linda imagem do sol se escondendo em direção ao oceano na Duna do Pôr do Sol, parada obrigatória de quem visita a inesquecível vila de Jericoacoara.

Os estreitos becos cobertos de lojas de souvenir, restaurantes e barzinhos na linha “rústico-chic” encantam os turistas que passam por Jeri. A agitação noturna da vila fica por conta das inúmeras atrações oferecidas nos bares com música ao vivo e apresentações artísticas, além da programação caprichada das pousadas beira mar.

Lagoa da Tatajuba - Foto: Gustavo Albano

Lagoa da Tatajuba – Foto: Gustavo Albano

Jericoacoara - Foto: Gustavo Albano

Jericoacoara – Foto: Gustavo Albano

#Dia6 – Lagoa do Paraíso, Preá, Árvore da Preguiça e Pedra Furada

Em Jericoacoara, também conhecido como o passeio que percorre o “Litoral Leste”, passa por algumas atrações imperdíveis do destino, começando pela Lagoa do Paraíso – o maior cartão postal de Jericoacoara. Um lago de grandes proporções com água que varia de verde para azul, dependendo da profundidade.

A Praia do Preá é outro destino para quem ama esportes aquáticos, a praia fica em Jijoca de Jericoacoara e é a melhor opção de parada para almoço para quem quer preços mais acessíveis. Entre os pratos mais vendidos da região estão a Lagosta e uma grande variedade de receitas regadas de peixes, outros frutos do mar e comida típica nordestina.

Outro ponto indispensável para quem visita a vila de Jericoacoara, é conhecer a Pedra Furada, um inusitada formação rochosa de grandes proporções que conta com um curioso buraco no meio.

Pedra Furada em Jericoacoara Foto: Gustavo Albano

Pedra Furada em Jericoacoara Foto: Gustavo Albano

Lagoa Azul em Jericoacoara - Foto: Gustavo Albano

Lagoa Azul em Jericoacoara – Foto: Gustavo Albano

#Dia7 – Vila de Jericoacoara e Fortaleza

Dependendo do horário de retorno, caso tenha a manhã livre aproveite para curtir o último dia de praia, e se calhar a maré baixa, não deixe de conhecer o Poço do Ananias – uma piscina natural que surge entre a praia da Vila e a praia Malhada. Perfeito para relaxar mais um pouquinho antes de voltar para a realidade.

IMPORTANTE: Para o viajante que quer conhecer a Rota das Emoções pelo caminho tradicional, o recomendável é comprar a passagem de ida por São Luís, no Maranhão, e a volta por Fortaleza – ou vice-versa para quem escolheu fazer o caminho oposto. Dessa forma você estará com seu embarque e desembarque próximo aos destinos escolhidos.

Jericoacoara - Foto: Gustavo Albano

Jericoacoara – Foto: Gustavo Albano

Jericoacoara - Foto: Gustavo Albano

Jericoacoara – Foto: Gustavo Albano

+info:

Eco Adventure Tour
Av. Presidente Vargas, 26, Porto das Barcas, Parnaíba – PI
Tel.: (86) 3323 9595 / 0800 838 0008
www.lencoismaranhenses.com

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis

Leia mais:

Rota das Emoções – Aventura em uma das regiões mais preservadas do Brasil
Turismo em Jericoacoara: o que ver e fazer
16 fotos que vão te deixar morrendo de vontade de visitar Jericoacoara
Trekking nos Lençóis Maranhenses, travessia em 4 ou 5 dias
Turismo em Barreirinhas: o que ver e fazer
O que fazer nos Lençóis Maranhenses

_728x90_CGH_SDU.jpg

1 comentário

  1. Ótimo post. Gostei do blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>