Turismo de aventura no Jalapão – Tocantins

250x250_POA_RAO.jpg

No centro do Brasil, no estado de Tocantis encontra-se um paraíso natural de beleza única: o Jalapão, um dos principais roteiros para praticantes de ecoturismo e turismo de aventura. A região é um lugar de descobertas permanentes, em plena mata de transição do cerrado e a caatinga, surgem cachoeiras, rios com águas cristalinas, corredeiras, chapadas e formações rochosas de diferentes cores.

Neste cenário, destacam-se dunas de areias douradas, com até 30 metros de altura, o que levou o lugar a ser chamado de deserto do Jalapão. A dificuldade de acesso é o grande responsável pela preservação do santuário, estas condições fizeram com que a diversidade de animais e plantas totalmente adaptados a região.

Como chegar:

O Jalapão ocupa uma área de 34 mil quilômetros quadrados, a entrada principal para o parque é a cidade de Ponte Alta do Tocantins, que está a 190 quilômetros de distância. Como as estradas são arenosas e mal sinalizadas o acesso deve ser feito com carros 4×4 ou através de jipes contratados por agências de turismo da região.

mapa-jalapao

Foto: Mapa Região do Jalapão

 

O mapa acima mostra as formas clássicas de entrar no parque saindo de Palmas, Novo Acordo e Ponte Alta. A segunda é a que possui melhor infra-estrutura do roteiro, já Mateiros é o vilarejo que fica centralizada no Jalapão, usado como base principal para conhecer as atrações do circuito.

Dicas de Passeio:

As dunas do Jalapão são um dos principais cartões postais da cidade, chegando a quase 30 metros de altura, suas areias douradas estão em constante movimento.

melcape

Foto: Daniela Pivari

 

O Fervedouro é um uma nascente de um rio subterrâneo localizada entre brejos e riachos. Há um poço de água azul e transparente onde bolhas de ar brotam, gerando o fenômeno da ressurgência, fazendo com que você não afunde.

Foto: Flickr – Diógnes Araújo

Fervedouro, Jalapão. Foto - Stephanie Lamenza

Foto: Stephanie Lamenza

 

A Cachoeira da Velha é a maior da região com 20 metros de altura e quase 100 de comprimento, as duas quedas fazem o paredão ter um formato de ferradura.

mario cesar bucci

Foto: Mário César Bucci

 

Apesar de pequena, a queda tem grande volume de água e forma um poço cristalino em meio a árvores e palmeiras.

gabriel castaldini

Foto: Gabriel Castaldini

talita campos

Foto: Talita Campos

 

Com formações arenosas causadas pela ação dos ventos e chuvas, a Serra do Espirito Santo, possui um mirante, onde é possível ter uma visão panorâmica de toda a região.

arlenidemo

Foto: Flickr – arlenidemo

celso kuwajima

Foto: Celso Kuwajima

 

É comum encontrar diversos artesanatos feitos com capim dourado e seda de buriti, que se tornou fonte de renda para as comunidades locais e tem sido alvo de estudos e ações para garantir seu uso sustentável, fortalecendo a economia local.

daniel arantes

Foto: Daniel Arantes

lelia valduga

Foto: Leila Valduga

 

Quando ir?

O clima do Jalapão é estável durante o ano inteiro sendo possível fazer visitação em qualquer mês, durante o dia a temperatura varia de 30º a 38ºC, e as noites são muito frias.

Informações oficiais:
http://jalapao.to.gov.br/

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis 

Leia também:

100 destinos brasileiros que você precisa conhecer
Turismo em Palmas: o que ver e fazer
Santuários naturais, veja 22 destinos no Brasil para quem gosta de cachoeiras
10 rotas para fazer um mochilão pelo Brasil
Praias de água doce encantam turistas na região norte

_728x90_CGH_SDU.jpg

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>