Turismo na Vila de São Jorge: o que ver e fazer

Pacote_saldao_300x250

A vila de São Jorge faz parte do município de Alto Paraíso de Goiás e fica a pouco mais de 30 km da cidade. O pequeno povoado com cultura de garimpo tem clima interiorano e preserva até hoje suas ruas pé na areia e sem iluminação pública. Seus espaços arborizados e o ar de paz e amor formam o pequeno vilarejo em um verdadeiro reduto natural, em meio a magnifica Chapada dos Veadeiros.

Conhecida pelo seu clima zen, a vila se tornou um ponto famoso entre os hippies dos anos 70 que passavam pela região devido a quantidade de cachoeiras que se formam em todo o território. Hoje a Vila de São Jorge oferece estrutura completa para turistas com ótimas pousadas, restaurantes e dependendo da época uma vida noturna bem agitada.

O local é também a porta de entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, área com diversas atrações que estampam os catálogos das agências que oferecem passeios para região, como as cachoeiras dos Saltos do Rio Preto, duas gigantescas quedas d’água com 80 e 120 metros que desabam em sequência num maravilhoso desfiladeiro.

O Parque Nacional é uma das maiores reservas do país e abriga a maior porção de cerrado contínuo do mundo. A região é conhecida como Berço das Águas, pelas águas cristalinas que brotam do topo de seus imensos paredões formando inúmeras quedas d’águas e compõe as principais bacias do continente Sul Americano.

O dia na vila é bem tranquilo e sossegado, a maioria dos turistas estão se refrescando nas atrações bem próximas de São Jorge.. A noite os visitantes aproveitam os restaurantes com diversas opções de sopas, saladas, carnes, aves, frutos do mar, massas, pizzas e sobremesas. Em seguida o jeito é aproveitar a calmaria do pequeno distrito e tomar uma cervejinha gelada.

No mês de julho, a vila ganha ainda mais vida no festival de Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. Durante o evento o vilarejo recebe grupos das pessoas que vivem pela região, indígenas, remanescentes quilombolas, pequenos produtores, artesãos, raizeiros, rezadeiras, parteiras e batuqueiros e apresentam inúmeras manifestações culturais ligadas a arte, crenças e tradições.

O que fazer:

Saltos do Rio Preto

A trilha possuí 9 km ida e volta e é sinalizada por setas amarelas em quase toda área do terreno acidentado e pedregoso. O passeio passa por uma área que abriga um antigo garimpo de cristal e campos rupestres entre a Serra de Santana e a Serra do Abismo até a primeira cachoeira com 80 metros de altura e cai em um enorme lago.

O outro salto com 120 metros não possuí uma área para banho como a anterior, mas possuí um maravilhoso mirante com vista privilegiada da região.

Foto: Álvaro Kazuhiro Matsuda

Foto: Álvaro Kazuhiro Matsuda

Cânions e Carioquinhas

Também dentro do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a trilha passa por um pedaço rochoso do cerrado e possuí 9km ao todo, a primeira parada é feita na Cachoeira da Carioquinhas com 20 metros de altura.

Em seguida a trilha leva até os cânions onde é preciso caminhas por uma passagem estreita até um gigantesco poço com águas escuras, mas limpas e transparentes.

Foto: Giovane Paiva

Foto: Giovane Paiva

Jardim de Maytrea

Pedacinho da chapada muito valorizada pelos místicos que frequentam essa região do Brasil, o Jardim de Maytrea revela um enorme campo de flores e buritizais emoldurado por montanhas.

Foto: Camilla Frois Albano

Foto: Camilla Frois Albano

Travessia das Sete Quedas

A caminhada é oferecida na entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e é a única com pernoite formalizada do estado.

Rogerio Fadul

Foto: Rogerio Fadul

Sertão Zen

Uma das mais belas paisagens da Chapada dos Veadeiros só pode ser conferida em uma caminhada em meio a campos de flores até a nascente do Rio Macacão, no topo de uma cachoeira com cerca de 200m de altura.

Foto: Roberto Ribeiro

Foto: Roberto Ribeiro

Raizama

A atração fica a apenas 2km de São Jorge e possui uma boa opção de banho para todas as idades. Além de um pequena queda é possível conhecer o Salto do Raizama, ponto onde o Córrego encontra com o Rio São Miguel.

Para os mais aventureiros, uma pequena trilha leva a um local peculiar onde é possível aproveita um belo visual do Canyon do Rio São Miguel.

Foto: Cê Albertoni

Foto: Cê Albertoni

Vale da Lua

O Vale da Lua é um dos lugares mais exóticos de toda a chapada, no local o Rio São Miguel percorre enormes pedras de granito esculpidas pela água por mais de 600 milhões anos, transformando as pedras da região em formatos pitorescos como crateras lunares.

Foto: Josiane Siqueira

Foto: Josiane Siqueira

Outros atrativos em São Jorge:

  • Morro da Baleia
  • Cachoeira da Bailarina
  • Cachoeira do Abismo
  • Mirante da Janela
  • Morada do Sol
  • Encontro das Águas
  • Cordovil
  • Cachoeira do Segredo
  • Águas termais

Como chegar:

De avião
O aeroporto mais próximo é o Juscelino Kubitschek em Brasília.

De ônibus
Real Expresso
Brasília – Alto Paraiso diariamente – 10h / 21h
Alto Paraiso – Brasilia diariamente 13h15 / 01h30

Santo Antonio
Brasília – São Jorge, única linha direta: diariamente às 11h
Brasilia – Alto Paraiso diariamente – 07h / 11h / 15h
São Jorge – Brasília, única linha direta: diariamente entre 09h30 e 10h
Alto Paraiso – Brasília, diariamente – 07h10 / 10h / 15h

Sao José
Goiania – Alto Paraiso diariamente às 20h / Terça, quinta e sábado às 12h
Alto Paraíso – Brasília diariamente às 23h / Segunda, quarta e sexta-feira às 14h

De carro
Chegando em Alto Paraíso, há uma placa indicando a entrada para São Jorge (cerca de 1 km antes da cidade). Em seguida são mais 35 km sendo os últimos 14 em estrada de terra.

Melhor época para visitar a Chapada dos Veadeiros:

A Chapada dos veadeiros recebe turistas durante o ano inteiro. A temperatura média anual é de 24 a 26ºC. A melhor época para práticas de aventuras é o período de estiagem, quando a temperatura está mais baixa, chove pouco e as pedras não estão quentes nem escorregadias, evitando acidentes e queimaduras.

A melhor época para visitação de Abril a Outubro, sendo que nos meses de Julho e Agosto as águas estão mais cristalinas devido ao período de maior seca no cerrado.

Onde ficar:

Pousada Trilha Violeta
Rua 12, Quadra 7, Lote 5 e 6
São Jorge – GO
[email protected]
www.trilhavioleta.com.br
Tel: (62)3455-1088

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis

Leia também:

10 cachoeiras imperdíveis para conhecer na Chapada dos Veadeiros!
Hospedagem em Alto Paraíso de Goiás: Pousada Alfa & Ômega

Vale da Lua, encantos e mistérios na Chapada dos Veadeiros

Chapada dos Veadeiros um paraíso no coração do Brasil
Cachoeiras em Alto Paraíso de Goiás – Almécegas I e II
8 cachoeiras com águas cristalinas para conhecer no Brasil
Trekking pelo Brasil, descubra as principais travessias para fazer no país

_728x90_CGH_SDU.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>