Viaje para Marrakech e tenha um dia mágico no deserto

Marrakech é uma cidade encantadora e cheia de contrastes, é impossível visitá-la e não sentir o choque cultural logo de início, tudo é tão diferente da nossa realidade garantindo uma experiência inesquecível, um lugar que você precisa conhecer! Prepare suas bagagens, improvise um turbante com um lenço e deixe o Guia Viajar Melhor te levar para uma fantástica aventura por esta cidade que é porta de entrada para o deserto do Saara.

Marrocos tem quatro cidades imperiais, mas provavelmente Marraquech é a mais importante e a que atrai o maior numero de turistas, talvez pelo povo marroquino ser amigável e amarem brasileiros, principalmente o futebol e novela, principalmente depois de O Clone, que mostrou a rica cultura e beleza do país.

A parte histórica de Marrakesh, cercada por muralhas (ou Almedina) É considerado um patrimônio mundial. Nos mercados de suas ruas estreitas é possível encontrar de tudo. Temperos de todas as cores e partes do mundo, artesanatos, esculturas e tapetes que ainda hoje são feitos de acordo com a tradição do povo Berbere, os fundadores da cidade no ano de 1062.

O mercado de Marrakech é enorme e nada possui um preço fixo, sendo assim, você terá que barganhar o valor, arrisque e se surpreenda com o preço que você pode conseguir.

Tatiane Souza

A cidade tem uma vasta opção de pequenas viagens pelo interior. Os mais interessantes são os que te levam em lugares realmente paradisíacos, como Oasis, cachoeiras ou para o Deserto de Merzouga, sendo este de três dias.

Um tour de três dias, duas noites e uma delas no deserto.

Esqueça o que você aprendeu no passado, o deserto é mais mágico do que você imagina, algo que realmente te faz vivenciar um outro mundo, com tapetes voadores e gênios em lâmpadas.

Existem inúmeras agências que fazem o caminho para o deserto de Merzouga em três dias e duas noites, com café da manhã, janta e hospedagem inclusa, você só vai precisar pagar um almoço e não vai ser caro. A comida Marroquina é deliciosa, com vários legumes, frango e cuscuz e muito, muito suco de laranja.

No caminho você cruza a montanha de Atlas e começa a perceber que o deserto é cheio de vida e de rios que cortam várias pequenas cidades, uma delas é a Ourzazate, também conhecida como a porta do deserto. Essa cidade icônica foi usada como cenário para vários filmes e séries e as mais famosas sendo, O Gladiador, A Múmia e Jogo dos tronos.

Glauber Andorinha1 Glauber Andorinha2 Glauber Andorinha3

A Jornada continua e você é levado a lugares fantásticos, passando por Cânions e desfiladeiros até chegar à atração principal, o deserto de Merzouga, com dunas que foram desenhadas, esculpidas por milhares de anos.

Glauber Andorinha4

Nessa parte chega a hora da aventura de montar o dromedário e depois de alguns minutos, apreciar um por do sol que se estende por quilômetros infindáveis de dunas de areia.

Glauber Andorinha6Glauber Andorinha7

Depois do por do sol, você ira cavalgar por alguns minutos e chegar numa pequena aldeia Berbere e irão te receber com uma janta típica e um delicioso chá e logo após, você irá para fora da tenda e uma fogueira e tapetes estarão a sua espera, para fechar a noite com muita música e dança. O povo Berbere é muito alegre e gostam de agradar os turistas, aproveite para tocar e cantar com eles. (Ver um povo tão isolado, que mora no deserto, cantando “Ai se eu te pego”, foi uma experiência inusitada e muito divertida).

Antes de ir dormir, para os mais aventureiros e apreciadores das estrelas é possível subir uma duna que fica atrás da aldeia e ver os pequenos pontos de luzes que são as cidades vizinhas. Perca-se contemplando o vasto céu estrelado que apenas o deserto pode proporcionar e tente não perder a conta de quantas estrelas cadentes você conseguirá ver.

Fechando assim a visita que mudará para sempre sua visão, pois agora você compreende que o deserto é um lugar rico, cheio de vidas, de histórias e um belo anseio de poder retornar um dia.

Evite viajar em junho ou julho (verão no hemisfério norte), o lugar fica muito quente, chegando aos 50º. A melhor época é de fevereiro até junho, de agosto até novembro. Indo em uma época de inverno só torna a viagem mais interessante, pois você terá a chance de ver neve, antes de chegar ao deserto, mágico não?

Glauber Andorinha8

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis

Leia também:

Chefchaouen a cidade azul em Marrocos
Fotos do continente africano, inspire-se para sua próxima viagem
Viajando para o Egito, lugares surpreendentes para conhecer no país
Descubra as 7 maravilhas do mundo antigo
Uma viagem pelo passado: conheça os principais sítios arqueológicos do mundo
Conheça os lugares mais impressionantes para visitar na África
Lion Sands – um hotel no meio da selva africana

Fotos: Glauber Andorinha, Tatiane Souza.

Booking.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *