Brasileiro já percorreu mais de 3.700 km dessa jornada viajando a pé, passando por diferentes países como Bósnia, Bulgária, Alemanha, Croácia, Romênia, Espanha, Itália, Áustria, França, Suíça, Turquia e muitos outros

Uma viagem de volta ao mundo sem destino certo e sem data para voltar seria o seu sonho? O brasileiro Matias Tartiere está realizando esta jornada que é o desejo de muitos, mas com uma condição, a maior parte da viagem é feita caminhando. Nessa aventura o andarilho viajante já percorreu mais de 3.700 km a pé, apenas com um carrinho de mão onde leva todos os seus pertences necessários para esta experiência.

O Caminho de Santiago da Compostela foi uma das grandes inspirações para a viagem. A famosa peregrinação religiosa exige um pouco mais de 30 dias de caminhada, muito esforço e 800 km pela frente. Boa parte dos aventureiros começam a viagem pela França, Portugal ou Espanha. A história narrada pelo filme “Em busca de um caminho” (The Way), merece ser vista por quem deseja uma experiência fascinante como essa, indica Matias em seu relato.

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Com 25 kg de equipamentos, seria inviável levar tudo em apenas uma mochila. Foi planejando essa viagem que a ideia de ter um carrinho de mão para auxiliar no percurso tomou forma. O carrinho projetado por um amigo ganhou um nome, o Potro seria o grande companheiro e parte fundamental dessa viagem. A liberdade de levar todos os seus pertences e dormir acampado onde quisesse, fazendo tudo de forma autossuficiente, foi um outro ponto motivador para esta aventura.

Iniciando o primeiro teste, Matias fez uma viagem de 120 km durante três dias. Depois disso percebeu que percorrer grandes trajetos diariamente não seria a melhor forma, pois não aproveitaria tanto a viagem, já que começaria as caminhadas bem cedo e chegaria tarde nos locais planejados. Depois dos testes chegou a conclusão: os percursos diários seriam de no máximo 20 km, quase a metade do planejado inicialmente.

Outros dilemas foram surgindo antes mesmo de iniciar o grande dia da viagem. Um deles foi o desejo de tirar um tempo apenas para ele, uma espécie de “Ano Sabático” com muita aventura e determinação. Também pensou sobre a possibilidade de fazer outras longas caminhadas. Encarar um caminho de 90 dias iniciando na Itália, passando pelos Alpes, entrando na Suíça, cortando pela França e depois fazer Espanha e finalizar em Portugal? Estimou que seriam cerca de 2.600 km em 90 dias. Com pouco tempo de férias no seu antigo emprego, outra decisão importante foi abandonar de vez o trabalho fixo e estável para emplacar nessa grande experiência.

Com mais um itinerário em mente como segunda opção, e dessa vez com uma opção de seguir rumo ao Leste, juntou toda a sua determinação para se preparar para a viagem. Partiu em março de 2017 para a Europa, iniciando a viagem na Itália e terminando na Turquia. Ao todo, a primeira etapa da viagem durou 20 dias em 420 km percorrido. Depois da primeira conquista, trocou a caminhada por uma bicicleta, mas poucos dias depois se arrependeu.

“Ainda sou criticado pela forma como administro minha vida, mas sempre me pergunto: o que quero ter no final? Quero colecionar as vontades das quais não vivi ou quero chegar no final da vida sabendo que vivi o que eu queria viver? Sim, isso pra mim é ser uma pessoa bem sucedida”, afirma em seu relato feito em um grupo no Facebook.

Voltou para o Brasil depois de um imprevisto pessoal, mas não durou 2 meses até que a vontade de seguir caminhando chegou novamente com força. Dessa vez pegou um avião direto para a Turquia, começando a segunda etapa da viagem no seu último destino do percurso. O dia em que mais caminhou foram 62 km, durante uma viagem pela Romênia. Na época desse relato Matias estava na Mongólia, mas seus planos não param por aí. O viajante tem mais 13 países em mente para seguir, num prazo estimado de 7 ou 9 meses para serem finalizados. Gostou dessa experiência? Acompanhe mais sobre essa viagem pela página Andarilho Viajante.

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere

Foto: Acerco Pessoal – Matias Tartiere






Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]ajarmelhor.com

10 ilhas paradisíacas para conhecer no arquipélago de San Blás

Artigo anterior

Onde ficar em Ushuaia: dicas de hotéis e pousadas

Artigo seguinte

Você pode gostar