Diário de bordo: roteiro de 3, 5 e 7 dias em Recife e Olinda

Pacote_saldao_300x250

Cortada por diversos rios e canais a cidade de Recife é uma das maiores metrópoles do nordeste e o grande polo de diversas manifestações culturais bem marcantes do estado. No centro mais antigo da cidade, imponentes construções deixadas por portugueses e holandeses no período colonial abrigam lojas, restaurantes, museus, ateliês e bares que dão vida ao movimentado bairro. Aos finais de semana grupos de maracatu, dançarinos de frevo e capoeiristas apresentam as diversas manifestações a visitantes e moradores que passam pelo recife antigo.

A capital chama atenção por toda infraestrutura que oferee aos turista, sendo um destino recomendado para quem gosta de grandes centros urbanos com diversas opções de pontos turísticos.

O litoral cercado por uma imensa parede de arrecifes de corais deu origem ao nome da capital. A Praia de Boa Viagem é a mais frequentada da cidade e passa por diversos bairros. A orla bem equipada com espaços para lazer, quadras de diferentes modalidades, pista de cooper e dezenas de quiosques mantém o movimento sempre constante de adeptos de atividades físicas e banhistas.

Nessa matéria nós do Guia Viajar Melhor separamos algumas sugestões de passeios para quem busca roteiros exclusivos para aproveitar o melhor que Recife e Olinda tem a oferecer. Todos esses passeios são feitos acompanhados de receptivos locais, garantindo maior comodidade e segurança aos viajantes, incluindo transfer buscando você no hotel que estiver e roteiros com guias bilíngues para estrangeiros.

#Dia1 – Praia de Boa Viagem e passeio de catamarã

Ao chegar a cidade o programa ideal é caminha na orla da cidade, a Praia de Boa Viagem tem cerca de 7km de orla sempre muito movimentada por moradores e visitantes que aproveitam a ótima estrutura de lazer, com quadras, playgrounds, quiosques, equipamentos de ginástica e ciclovia. Se tiver sorte e pegar a maré baixa é possível mergulhar nas piscinas naturais que se formam em algumas áreas da praia.

Durante a tarde é possível fazer um city tour diferenciado, conhecendo a cidade à bordo de um catamarã que cruza os rios e pontes do centro antigo da capital pernambucana. O passeio é bem agradável com instrutores que ao longo do trajeto informam os turistas com dicas e histórias sobre Recife.

1871505503_87dd439f05_o

Foto: Kveldulf Aracnus

 

#Dia2 – Saída cultural Recife Antigo e museus

Muito conhecida pelas diversas manifestação culturais que marcam uma das tradições mais efervescentes do Brasil, a capital pernambucana oferece ótimos museus como o Paço do Frevo instalado no antigo prédio da Western Telegraph, com espaço totalmente dedicado ao ritmo e o Cais do Sertão localizado na beira mar ao lado do Marco Zero, principal cartão postal do Recife Antigo.

Um passeio pelas ruas do bairro do Recife Antigo para compreender como era vida na cidade durante a época colonial, pontos como o Forte de 5 Pontas, a Capela Dourada, o Pátio São Pedro e a Casa de cultura de Pernambuco são paradas obrigatórias.

recife

Foto: Fred Matos

 

#Dia3 – Instituto Ricardo Brennad e Casa de Oficina Brennand

O Instituto Ricardo Brennand, em Recife, é considerado um dos melhores museus do Brasil. Para chegar até a atração é preciso cruzar uma estradinha ladeada por palmeiras imperiais que dá acesso a um lindo e extenso jardim de esculturas, no qual uma amazona rechonchuda de Botero é a primeira atração.

A Pinacoteca reúne os principais tesouros: documentos do Brasil Império e quinze quadros de Frans Post – a maior coleção do pintor holandês no mundo. Obras de Debret, Taunay e Rugendas também compõem o acervo. Outra coleção, espalhada pelo Castelo São João, reúne três mil armas e armaduras medievais.

O ceramista Francisco Brennand transformou a olaria da família em ateliê e museu. Pinturas, painéis, azulejos e esculturas estão espalhadas em todos os comôdos. A visita também inclui um passeio pelos jardins projetado por Burle Marx.

7595366664_73e917b050_b

Foto: Carmel Bandim

 

#Dia4 – Olinda

A cidade histórica e Patrimônio da Humanidade está a poucos km de distância de Recife. Conhecida também pelo seu carnaval de rua, a cidade é formada por diversas ladeiras, ruas estreitas, casarões históricos e igrejas imponentes sempre bem visíveis na parte baixa e no Alto da Sé, ponto mais alto do sitio histórico.

Atrações à parte, os diversos ateliês, botequinhos e restaurantes também são ótimas dicas para serem exploradas ao máximo na cidade. Cordéis e artesanatos locais são expostos no Mercado da Ribeira, cerveja bem gelada e petiscos estão sempre disponíveis na Bodega do Véio e pratos com bastante macaxeira e carne de sol são as especialidades dos restaurantes presentes no destino.

14535640262_545566845a_k

Foto: Cláudio Maranhão

 

#Dia5 – Caruaru

A segunda maior cidade do estado de Pernambuco fica na região do agreste e também é conhecida como “A Capital do Forró” graças aos festejos de São João, um dos maiores do país. Caruaru se desenvolveu bastante nos últimos anos e se tornou um grande pólo da indústria têxtil de Pernambuco, hoje em dia Caruaru é conhecida como capital do Agreste de Pernambuco.

A Feira de Caruaru é um dos principais destinos dos turistas, durante todo o ano a cidade de Caruaru recebe pessoas de várias localidades atraídas por sua famosa feira. Outro passeio indispensável é ir no bairro Alto do Moura, a apenas 7km do centro da cidade, a região ficou conhecida nos 4 cantos do mundo graças as incríveis peças do artesão Mestre Vitalino, que representa o cotidiano do agreste em peças de barro.

4663869037_170dc652a8_b

Foto: Pernambuco É Aqui!

 

#Dia6 – Porto de Galinhas ou Tamandaré

O destino mais frequentado do estado por turistas fica no litoral sul e possuí uma gama infinita de hotéis, pousadas, hostels e resorts pra turista nenhum botar defeito. A pequena vila ficou conhecida graças a barreira de corais bem próxima do litoral que durante a maré baixa formam piscinas naturais de águas claras e calmas. Outros pontos muito bonitos podem ser visitados no mesmo dia com um buggy ou carro como a Praia de Muro Alto, Maracaípe e a Praia do Cupe.

6569822209_0801509779_b

Foto: Nick Cool

 

Outra atração bem próxima é a tranquila cidade de Tamandaré, conhecida por abrigar a paradisíaca Praia de Carneiros, uma das mais belas da costa nordestina. Andar pelas praias cercadas de coqueiros com uma pausa na Capela de São Benedito para uma foto é o melhor a fazer, mas se quiser aproveitar as piscinas naturais da Costa dos Corais mais tranquilas não deixe de ir a praia com o mesmo nome do município e contrate um passeio até as galés.

10413551953_3ef745cfa4_b

Foto: Enio De Castro Machado

 

#Dia7 – Cabo de Santo Agostinho

Diferente das demais praias de Pernambuco, a Praia de Calhetas não é extensa e conta com montanhas que a cercam, formando uma pequena baía com águas calmas. O clima da pequena vila com ruas de terra presente no acesso até a atração deixa os visitantes ainda mais a vontade. Para os mais radicais é possível fazer uma tirolesa localizado no mirante da praia e despenca rumo as águas mornas do litoral.

5591358170_8540a2d202_b

Foto: Sergio Quinta

 

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis

Leia também:

Paço do Frevo em Recife: museu mostra a história do ritmo pernambucano
Porto de Galinhas, paraíso natural em Pernambuco
Hotel em Ipojuca – BW Solar Porto de Galinhas
Praias de Fernando de Noronha: Praia do Leão
10 rotas para fazer um mochilão pelo Brasil

_728x90_CGH_SDU.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>