A plataforma de aluguel de imóveis turísticos se manifestou assim que a crise humanitária começou, em agosto, e criou uma rede para abrigar gratuitamente os refugiados afegãos

Em agosto deste ano, quando agravou a crise humanitária no Afeganistão, com a tomada do poder pelo grupo extremista Taleban, a plataforma de aluguel de imóveis turísticos Airbnb anunciou que abrigaria gratuitamente 20 mil refugiados afegãos em todo o mundo.

O plano é alojar os afegãos em propriedades listadas no Airbnb, com as estadias custeadas pela própria empresa. O anúncio foi feito pelo CEO e cofundador da plataforma, Brian Chesky, que não especificou exatamente por quanto tempo os refugiados ficarão alojados.

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Segundo ele, a empresa trabalha com ONG’s para atender as necessidades mais urgentes das famílias acolhidas. A intenção, além de dar abrigo, é contribuir com o recomeço destas pessoas que tiveram de deixar suas casas para viver em outro lugar.

“Ao se realizar o reassentamento de dezenas de milhares de refugiados afegãos em todo o mundo, o local onde ficarão será o primeiro capítulo de suas novas vidas. Para esses 20.000 refugiados, minha esperança é que a comunidade do Airbnb ofereça a eles não apenas um lugar seguro para descansar e recomeçar, mas também uma recepção calorosa de boas-vindas”, disse Chesky, em comunicado divulgado pela Airbnb.

Como ajudar a abrigar um refugiado pela Airbnb

airbnb refugiados

Foto: Divulgação

De acordo com o CEO Brian Chesky, a plataforma Airbnb vai custear a estadia dos refugiados afegãos em propriedades de pessoas da comunidade que manifestem o desejo de abrigá-los. Quem quiser ser um anfitrião solidário, deve entrar em contato através dos canais de comunicação na própria plataforma ou no Airbnb.org – uma ferramenta social criada pela empresa para ajudar as pessoas a trocarem e compartilharem acomodações e recursos em tempos de crise.

O CEO do Airbnb também convocou os anfitriões a ajudarem os refugiados afegãos de maneira voluntária, somando-se à iniciativa da empresa para alcançar mais pessoas. Aliás, quem quiser contribuir, mesmo que não tenha uma acomodação para oferecer, pode fazer uma doação à Airbnb.org. Segundo a entidade, “o valor integral da sua doação se destina a ajudar pessoas em momentos de crise”.

O custo da estadia dos refugiados afegãos, conforme anunciado pela empresa, será financiado através de contribuições do Airbnb e de Chesky, assim como de pessoas que doam ao Airbnb.org Refugee Fund – um fundo criado pela empresa para políticas de apoio a refugiados.

Acolhimento em tempos de crise

airbnb refugiados

Foto: Divulgação

Esta não é a primeira iniciativa do Airbnb para abrigar pessoas em situação de vulnerabilidade. A empresa iniciou este trabalho em 2012, quando mais de mil pessoas precisaram de acomodação de emergência depois que Nova York foi atingida pelo furacão Sandy.

Em 2017, lançou a iniciativa Open Homes (Casas Abertas, em português), para permitir que a sua comunidade de anfitriões ofereça suas propriedades de graça a pessoas atingidas por desastres ou que estão fugindo de conflitos, como é o caso dos refugiados afegãos.

A iniciativa já ofereceu estadias gratuitas aos atingidos pelo terremoto na Cidade do México, pelos incêndios na Califórnia e na Austrália, entre outros desastres. No caso da crise no Afeganistão, além dos 20 mil que pretende acomodar, concedeu financiamento emergencial ao Comitê Internacional de Resgate e ao Church World Service para garantir estadia temporária a mil refugiados afegãos, ainda no final de agosto.

Segundo o Airbnb, as iniciativas da empresa já ajudaram 75 mil pessoas a conseguir acolhimento em tempos de crise.

Dica extra para reservar hotéis

Para encontrar inúmeras opções de acomodação e reservar hotéis e pousadas com os melhores preços, utilizamos o Booking.com - disponível em milhares de destinos.

Passagens aéreas mais baratas

Para economizar com voos, consultamos primeiro as passagens aéreas na MaxMilhas, - quase sempre encontramos os melhores preços tanto no Brasil quanto no exterior. As passagens podem ser emitidas mesmo para quem não tem milhas aéreas.

Outras dicas úteis

Encontre informações úteis sobre os melhores destinos do mundo, com guias de viagens especializados sobre diferentes lugares para conhecer no Brasil e no exterior. São milhares de dicas de viagens com sugestões de onde ir na sua viagem, recomendação de hotéis, notícias atualizadas e muito mais.

Precisa de um carro na sua viagem? Encontre aluguel de carro na Rentcars e cote modelos diferentes podendo ser parcelado em até 10x. Já para passeios e ingressos antecipados, fechamos tudo sempre pela Get Your Guide.

Deseja falar com a redação, promover a sua marca ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

  Inscreva-se em nosso canal:
 

Planeje sua Viagem


12 pousadas super charmosas para viajar com seu amor no interior de São Paulo

Artigo anterior

Plataforma de streaming exclusiva sobre viagens será lançada hoje no Brasil

Artigo seguinte

Você pode gostar