Nova atração em Cusco: conheça as atrações arqueológicas das esculturas de Apukunaq Tianan

O ponto forte do turismo no Peru está intimamente ligado aos incas. O Império desse povo, também conhecido como Império Inca e Império Inka, e na época conhecido como o Reino das Quatro Partes, foi o maior da América pré-colombiana e tinha seu centro administrativo, político e militar na cidade de Cusco.

Hoje o Peru é famoso por atrações turísticas como Machu Picchu e a Montanha das Setes Cores. Agora, por obra do escultor Michael de Titan, o país ganha mais uma atração em Cusco: a Morada dos Deuses ou Apukunaq Tianan.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Titan resolveu dar continuidade ao legado da cultura inca ao fundir arte com natureza. A nova atração em Cusco fica a 13 quilômetros da Plaza de Armas, próxima ao Arco Tica Tica, em um bairro chamado Huayna Corcor, na cidade Sencca, distrito de Poroy, a uma altitude de 3450 metros.

Apukunaq Tianan “Morada dos Deuses”

Apukunaq Tianan

Foto: Divulgação

A atração pretende ser uma tentativa de um artista cusqueniano de retratar deuses incas mitológicos como esculturas de pedra. Dentre as figuras retratadas pelo artista destacam-se a representação da divindade criadora andina Viracocha, a Deusa Inca da Mãe Terra, Pachamama e o rosto do último monarca do estado Neo-Inca, Túpac Amaru.

Entre os destaques de popularidade entre os turistas está  a cabeça de um puma, que faz parte da trilogia inca de animais simbólicos.

Para conseguir tocar o projeto o artista exigiu alguns detalhes. Durante a execução da obra, alguns rituais tradicionais e importantes aconteceram que foram realizados a fim de mostrar respeito às divindades.

Quando as pessoas chegam à Morada dos Deuses ficam fascinadas com a altura das esculturas, algumas das quais com 10 metros de altura. Ainda mais impressionante é saber que esse trabalho maravilhoso é totalmente feito à mão.

Alguns mitos surgiram para explicar como essas obras-primas eram feitas. A população local explica que criaturas míticas apareceram em cena para solicitar que uma representação delas fosse feita. Essas criaturas são conhecidas como mukis ou elfos.

Apunaq Tianan é o lugar perfeito para visitar com sua família e amigos ou sozinho. Assim que chegar ao topo, você poderá observar Cusco, suas montanhas e o céu claro. A combinação perfeita para refletir sobre a vida ou como tudo está no seu devido lugar.

Desde os tempos incas, a população local tem praticado diferentes formas de trabalho coletivo que beneficiam os Ayllu ou famílias. Este método de trabalho é denominado Ayni, que significa “hoje para você, amanhã para mim”.

Para construir o Apukunaq Tianan, foi realizado o Ayni, que se refere ao conceito de reciprocidade ou mutualismo entre as pessoas das comunidades das montanhas andinas. É uma forma de reciprocidade privada, quando alguém pede ajuda e retribui fazendo um trabalho semelhante. As formas públicas de reciprocidade são faena (jornadas de trabalho público convocadas pelos líderes da comunidade) e mita (que significa “turno”, revezamento no atendimento ao outro).

Como chegar em Apukunaq Tianan

Apukunaq Tianan cusco

Foto: Divulgação

O clima é predominantemente seco, especialmente em junho, julho e agosto. Os dias são brilhantes e ensolarados com uma temperatura de 16°C, enquanto as noites são muito mais frias às vezes com uma temperatura baixa de 0°C.

A estação das chuvas acontece de novembro a abril. Durante este tempo, Cusco recebe uma maior quantidade de tempestades. As temperaturas médias diurnas são mais altas do que a estação seca em 18°C, enquanto as temperaturas noturnas podem ser tão baixas quanto 9°C.

Assim, a melhor época para visitar a Morada dos Deuses é durante a estação seca, já que chove menos e as estradas são mais seguras.

Não é difícil chegar lá. O visitante tem que pegar o ônibus Santiago Express e chegar à última parada.

Uma vez lá, tem duas opções. Pode-se caminhar ou pegar um transporte particular. Se decidir caminhar, levará cerca de 30 minutos para chegar ao local. Caso opte pelo transporte privado, demora menos tempo. O custo é de 5 soles ou sóis peruanos (R$ 6,90) aproximadamente.

Algumas dicas são importantes para poder desfrutar melhor do passeio e são oferecidas pela própria administração da atração. Use um chapéu e protetor solar para evitar danos causados ​​pelo sol; traga seu passaporte ou qualquer documento de identidade pessoal; sempre carregue algum dinheiro com você, pois há algumas lojas de conveniência perto das esculturas; beba água para se manter hidratado; compre frutas secas como amendoim, amêndoas ou passas; use jaqueta impermeável ou capa de chuva; tenha sempre uma câmera com você.

Atrações em Cusco

Aproveite a estadia para conhecer outros destaques de Cusco. Selecionamos alguns dentre os mais procurados.

A cultura indígena Killke construiu o complexo murado de Sacsayhuamán por volta de 1100. Os Killkes construíram um grande templo perto de Saksaywaman, bem como um aqueduto (Pukyus) e uma estrada conectando estruturas pré-históricas. Sacsayhuamán foi expandido pelos Incas.

O explorador espanhol Pizarro saqueou grande parte da cidade inca em 1535. Os vestígios do palácio dos incas, Qurikancha (o Templo do Sol) e o Templo das Virgens do Sol ainda existem. Em alguns casos, os edifícios e fundações incas mostraram-se mais fortes durante os terremotos do que as fundações construídas no atual Peru. Entre os edifícios coloniais espanhóis mais notáveis ​​da cidade está a Catedral de Santo Domingo.

Os principais locais incas próximos são a suposta casa de inverno do imperador Pachacuti; Machu Picchu, que pode ser alcançada a pé pela Trilha Inca para Machu Picchu ou de trem; e a “fortaleza” em Ollantaytambo.

+info:

CU-1140, 08600, Peru
Telefone para contato: +51 989 078 458
Página oficial no Facebook: https://m.facebook.com/ApukunaqCusco/

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Hospede-se neste castelo de pedra no Vale dos Vinhedos (RS)

Artigo anterior

Praia da Comporta, em Portugal, é eleita a mais chique da Europa

Artigo seguinte

Você pode gostar