Você não precisa viajar para fora do país para viver a experiência de se hospedar em castelo. Conheça esta pousada no Vale dos Vinhedos que parece ter saído da era medieval

Imagina poder se hospedar em um castelo cercado por vinícolas, em uma região com clima sempre ameno e uma paisagem de encher os olhos. Não, não estou falando de nenhum destino na Europa, mas, sim, de uma incrível pousada no Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul.

O Castello Benvenutti fica entre as cidades de Bento Gonçalves e Garibaldi em uma das regiões mais privilegiadas da Serra Gaúcha. E se não bastasse a ótima localização, a pousada foi construída em formato de castelo, todo revestido de pedras basalto, com ambientação que lembra, com perfeição, os belos castelos europeus.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Por isso, se você está procurando um destino de viagem que possa lhe proporcionar uma experiência única, vale a pena conhecer o Castello Benvenutti e eu vou te provar isso no decorrer deste post.

Castello Benvenutti

vale dos vinhedos

Foto: Divulgação

O Castello Benvenutti foi projetado com elementos arquitetônicos característicos de construções europeias com a finalidade de ser mais do que uma hospedagem no Vale dos Vinhedos. Tanto que, além da pousada, o castelo abriga um restaurante, uma galeteria e uma casa de móveis e decorações.

Além da bela arquitetura, o Castello Benvenutti se destaca entre os hotéis do Vale dos Vinhedos pelo serviço oferecido a seus hóspedes e pela excelente localização, que facilita o acesso aos principais roteiros turísticos da região.

A pousada conta com 18 acomodações com decorações exclusivas, cada uma com uma ambientação característica dos castelos europeus. Elas são divididas em quatro categorias: suítes, apartamentos luxo, apartamentos standard de frente para a rodovia e loft. Todas as diárias incluem um delicioso café da manhã, wi-fi e segurança 24 horas.

pousada Serra gaúcha

Foto: Divulgação

As suítes são subdivididas em acomodações com ou sem varanda. As suítes simples têm banheiras de hidromassagem no banheiro, ambientes amplos com cofre eletrônico, TV , mini bar, aquecimento central e ar condicionado. Já as suítes com varandas têm frigobar, cofre eletrônico, calefação, ar condicionado e hidromassagem na varanda.

Os apartamentos luxo e standard de frente para a rodovia também oferecem decoração exclusiva, ar condicionado, cofre eletrônico, TV com canais por assinatura, minibar e aquecimento central. Enquanto o loft é uma acomodação única, localizada na torre principal do Castello, que oferece uma vista panorâmica a partir do segundo andar. Ele conta com ar condicionado, cofre eletrônico, TV, mini bar e aquecimento central.

O restaurante do Castello Benvenutti é o Dona Carolina, especializado em receitas tradicionais da família. Ele oferece o serviço a la carte, com várias opções de filés, peixes, risotos e massas. O restaurante funciona apenas no jantar, de segunda a sábado, das 19h30 às 22h30.

hotel no vale dos vinhedos

Foto: Divulgação

Outra opção de alimentação no Castello Benvenutti, a Galeteria Casa Di Paolo é referência nacional e abre todos os dias para o almoço e, de segunda a sábado, para o jantar. O galeto servido pela Casa Di Paolo é considerado o melhor do Brasil. Por isso, você não pode deixar de prová-lo ao se hospedar nesta pousada no Vale dos Vinhedos.

Vale dos Vinhedos

vale dos vinhedos

Foto: lethaargic / Wikimedia Commons

O Vale dos Vinhedos é uma região privilegiada da Serra Gaúcha que, além de belas paisagens, oferece boa gastronomia, roteiros turísticos encantadores e muito charme, seja em suas acomodações, restaurantes ou vinícolas.

E, apesar de não ser a primeira escolha quando se pensa em viajar para a Serra Gaúcha, as cidades do Vale do Vinhedo, principalmente Bento Gonçalves, não perdem em nada quando comparadas aos destinos mais famosos, como Gramado e Canela.

A região é famosa pela produção dos vinhos e espumantes e integra três cidades: Monte Belo do Sul, Garibaldi e Bento Gonçalves, onde está a maior parte dos roteiros turísticos. Lá, você encontrará paisagens belíssimas, que renderão ótimas fotografias, além de um povo muito hospitaleiro e a oportunidade de imergir na cultura dos imigrantes italianos.

Há muito o que ver e fazer no Vale dos Vinhedos. Entre os lugares mais famosos, vale a pena conhecer a Casa Valduga – vinícola mais conhecida da região -, a Miolo – maior exportadora de vinho do Brasil -, a Almaúnica – renomada vinícola do Vale dos Vinhedos – e Angheben que, apesar de ser a menor vinícola da região, permite o contato direto com os produtores – pais e filhos enólogos. Além das vinícolas, o Vale dos Vinhedos tem excelentes restaurantes, cantinas italianas, queijarias, cervejarias e casas de couro.

Como chegar no Vale dos Vinhedos

O Vale dos Vinhedos fica a 122 km de Porto Alegre e a 120 km de Gramado. O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional Salgado Filho, na capital gaúcha. De lá, você pode seguir para o Vale dos Vinhedos de carro – alugado, táxi, motorista por aplicativo – ou de ônibus – há várias partidas da Estação Rodoviária de Porto Alegre.

O caminho de Porto Alegre até Bento Gonçalves começa pela BR-116 até São Leopoldo, segue pelas RS-122 e RS-446 e termina na RS-470, que interliga as cidades de Carlos Barbosa, Garibaldi e Bento Gonçalves, já na região do Vale dos Vinhedos.

Outra opção para quem vem de fora do estado, o Aeroporto Internacional de Florianópolis – Hercílio Luz – fica a 526 km do Vale dos Vinhedos. O trajeto começa na BR-116, passando por Vacaria, no norte do Rio Grande do Sul, e por Caxias do Sul, já na região serrana. De Caxias até Bento Gonçalves são 45 km, percorridos nas rodovias RS-453 e RS-444, passando por Farroupilha.

Chegando em Bento Gonçalves ou nas outras cidades que integram a região, as duas principais vias que compõem o Vale dos Vinhedos —  a Estrada do Vinho (RS 444) e a Via Trento (Linha Leopoldina) — são asfaltadas e têm fácil acesso, além disso, concentram os principais atrativos.

É possível conhecer o Vale dos Vinhedos o ano todo, com algumas particularidades em cada estação. Por exemplo, o outono e a primavera têm temperaturas mais amenas, já o inverno e o verão têm temperaturas mais marcantes. E, apesar de esta ser uma região mais procurada no frio, a alta temporada do Vale dos Vinhedos ocorre no verão, de janeiro a março, quando acontece a Vindima – grande colheita das uvas.

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Hotel no interior de SP entra na lista dos melhores do mundo

Artigo anterior

Apukunaq Tianan: conheça a nova atração grandiosa de Cusco

Artigo seguinte

Você pode gostar