Palácios e castelos medievais para conhecer na Europa: descubra as construções históricas mais imponentes do velho continente

Apesar da Idade Média também ser referida como a Idade das Trevas, um período associado a um declínio geral após a queda do Império Romano, certas belas relíquias, como os castelos medievais, sobreviveram ao longo dos séculos.

Por toda a Europa, é possível encontrar estes bastiões, cada um com as suas características únicas. Alguns empoleirados no topo de uma montanha, outros aparentemente flutuando sobre a água, e alguns quase escondidos por florestas que parecem impenetráveis, os castelos medievais tinham de ser funcionais, duráveis, e fáceis aos olhos, considerando que muitos eram uma fuga para a realeza e aristocratas.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Muitos dos castelos medievais da Europa são icónicos e facilmente reconhecidos, enquanto outros estão fora do caminho batido. Aqui está a nossa escolha dos 24 castelos medievais mais bonitos do mundo.

Castelos medievais na Europa: Top 24

Castelo de Eltz – Alemanha

castelos medievais na europa

Foto: Error 420 / Unsplash

Com certeza você já deve ter visto alguma imagem do Castelo de Eltz no seu feed do Instagram. A atração localizada próximo a cidade de Münstermaifeld, na Alemanha, tornou-se um dos castelos mais fotografados da Europa graças a sua charmosa arquitetura e seu incrível plano de fundo de uma floresta densa, tornando a paisagem extremamente bucólica.

Tal como muitos castelos medievais da Europa, a atração sobreviveu a enormes conflitos, mas nunca foi destruído ao longo dos séculos. Curiosamente, a Família Eltz tem a posse do castelo até hoje.

Eilean Donan – Escócia

palácios

Foto: Darren Blight / shutterstock

Eilean Donan é castelos medievais mais conhecidos, facilmente reconhecido por quase todos. Em parte, graças à sua presença no filme Highlander de 1986, mas também como um dos lugares imperdíveis das Terras Altas Ocidentais da Escócia.

Historicamente, foi uma cidadela para o Clã Mackenzie e foi estabelecido no século XIII. Infelizmente, o castelo original sofreu destruição no século XVIII durante as rebeliões Jacobitas e foi reconstruído no século XX.

Castelo de Edimburgo – Escócia

castelos medievais na europa

Foto: Michal 11 / shutterstock

Outra atração escocesa incrível para conhecer durante sua viagem no país é o Castelo de Edimburgo. Sentado no topo do Castle Rock, ele tem vista para a capital da Escócia.

Castelo de Bran – Romênia

castelos medievais na europa

Foto: Cristian Balate / shutterstock

Quando se fala de castelos medievais, mencionar a Romênia é uma obrigação. A maioria das pessoas pensará imediatamente no Drácula e na Transilvânia.

O Castelo de Bran situa-se no topo de um antigo reduto teutônico de cavaleiros que remonta ao início do século XIII, mas o próprio castelo apareceu pela primeira vez em documentos que datam o ano de 1377.

Construído a 760m acima do nível do mar, o castelo tem vista para a pitoresca aldeia de Bran, e suas várias torres dão-lhe um clima misterioso.

Atualmente, os turistas podem visitar o castelo e vaguear pelas estreitas escadas que conduzem a 60 salas de madeira, curiosamente, muitas delas ligadas por passagens subterrâneas.

Castel de Kilkenny – Irlanda

castelos medievais na europa

Foto: Madrugada Verde / shutterstock

O Castelo de Kilkenny na Irlanda é um castelo de pedra anglo normando,que na realidade começou como um forte de madeira na segunda metade do século XII. Ao longo dos séculos, o castelo passou por várias mudanças e até aos dias de hoje ostenta elementos de vários estilos arquitetônicos, principalmente o Renascimento Gótico.

A sua localização foi historicamente um ponto estratégico que controlava a travessia do Rio Nore. Hoje em dia, o castelo está rodeado por vastos jardins, onde os visitantes podem lentamente apreciar e observar a imponente construção.

Mont-Saint-Michel – França

castelos medievais na europa

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: Gaspar Janos / shutterstock

Poucos lugares no mundo são tão mágicos como a baía de Mont-Saint-Michel, na França. A imponente ilha localizada onde a Normandia e a Bretanha se encontram é mundialmente conhecida, atraindo milhares de turistas todos os anos. Ainda que tecnicamente não seja um castelo, seria difícil para qualquer um negar a sua magnificência.

O que se situa no topo da ilha é um mosteiro medieval que atrai peregrinos durante séculos. A lenda diz que o bispo Aubert de uma cidade próxima foi ordenado pelo próprio Arcanjo Miguel para construir uma igreja no topo da ilha. A construção de uma abadia beneditina começou no final do século X.

O cenário que rodeia a ilha está em mudança constante, pois as marés da baía podem regredir rapidamente, revelando uma visão completamente diferente. Durante a maré baixa, a ilha pode ser alcançada a pé, e centenas de turistas visitam-na todos os dias. Museus, igreja paroquial, e a abadia estão abertos a visitantes.

Castelo Windsor – Inglaterra

palácios

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: Mistervlad / shutterstock

Possivelmente um dos castelos mais famosos da Europa, o Castelo de Windsor tem sido o lar da realeza britânica durante séculos. Desde que Henrique I governou a Inglaterra no século XII, este palácio de tem sido utilizado pelo monarca reinante e, por conseguinte, tem tido a ocupação mais longa de um palácio na Europa.

Como seria de esperar em qualquer casa de um monarca, peças de arte impressionantes e de renome decoram o interior do castelo.

Castelo del Monte – Itália

Foto: canadastock / shutterstock

A cidadela do século XIII na região da Apúlia foi construída pelo Imperador Frederico II. A fachada apresenta elementos da antiguidade clássica, o Oriente Islâmico e o gótico do norte da Europa.

O castelo situa-se num pico rochoso numa floresta isolada, e o próprio edifício não sofreu alterações estruturais significativas.

Alhambra – Espanha

palácios

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: esherez / shutterstock

O complexo palaciano e fortaleza na Andaluzia, Espanha, conhecido como Alhambra, foi construído no século XIII pelo emir Nasrid Mohammed ben Al-Ahmar do Emirado de Granada. Construído em cima das antigas ruínas da fortificação romana, tornou-se um palácio real em 1333, e um século mais tarde o local tornou-se a Corte Real de Fernando e Isabel.

Alhambra reflete fortemente a assinatura dos elementos da arquitetura mourisca ao reinado da última dinastia muçulmana na Península Ibérica.

O número de visitantes autorizados a ir a Alhambra é altamente limitado, pelo que as visitas devem ser planeadas com bastante antecedência. Alhambra inclui o complexo real, a Corte das Murtas, o Salão dos Embaixadores, o Salão dos Abencerrajes, uma Corte dos Leões e uma fonte e outras características.

Castelo Vianden – Luxemburgo

castelos medievais na europa

Foto: esherez / shutterstock

No pequeno país europeu do Luxemburgo, aninhado entre a França, Alemanha e Bélgica, esta atração idílica se destaca como um castelos medievais da Europa.

Embora as origens remontem ao século X, o castelo foi construído ao longo de três séculos entre o século XI e o século XIV. O Castelo Vianden é um exemplo do estilo românico com arcos semi circulares, ainda que mais tarde tenha havido adições góticas.

Tal como muitos outros castelos medievais, o Castelo Vianden situa-se no topo de uma colina com vista para a cidade de Vianden.

Castelo de Suscinio – França

castelos medievais na europa

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: Hartmut Albert / shutterstock

No noroeste de França, na costa do Oceano Atlântico, existe o Castelo de Suscinio. Concebido para ser a residência dos Duques da Bretanha, este castelo medieval apresenta uma capela em ruínas, um pombal, e alguns anexos em ruínas.

A construção o foi originalmente concebido para ser uma mansão para a gestão da propriedade agrícola, contudo, em meados do século XII, foi estendido a um castelo.

O castelo está rodeado de pântanos onde fauna e flora excepcionais estão presentes.

Château de Suscinio é um exemplo medieval único de fortalezas da Europa Ocidental, uma vez que permanece bem preservado, enquanto outros sofreram danos significativos devido a incêndios de canhões.

Castelo de Malbork – Polônia

castelos medievais na europa

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: Artur Bogacki / shutterstock

O Castelo de Malbork, também conhecido como Castelo da Ordem Teutónica em Malbork, é um castelo e fortaleza do século XIII situado no norte da Polônia. De acordo com a UNESCO, é o maior castelo do mundo medido por área terrestre.

Devido a um número crescente de Cavaleiros Teutônicos, o castelo foi ampliado várias vezes. A certa altura, albergava mais de 3000 cavaleiros.

O castelo foi fortemente danificado durante a Segunda Guerra Mundial, mas desde então foi reconstruído e está aberto a visitantes.

Castelo de Trakai – Lituânia

castelos medievais na europa

Foto: Kanuman / shutterstock

Trakai é bem conhecida por seus lagos únicos e o complexo do castelo medieval que foi revivido de suas ruínas no século passado. Localizado no Lago Galvė, a construção do castelo começou nos finais do século XIV e foi concluída na primeira década do século XV.

Trakai era um dos principais centros do Grão-Ducado da Lituânia. Teve grande importância estratégica mas perdeu o seu significado militar pouco depois da batalha de Grunwald, quando o Grão-Ducado da Lituânia foi derrotado pelo exército lituano-polaco.

Castelo de Bodian – Inglaterra

castelos medievais na europa

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: IR Stone / shutterstock*

Parte do significado histórico da Inglaterra nestes dias pode ser apreciado através dos muitos castelos espalhados pelo país, e o Castelo de Bodiam é um dos exemplos medievais mais conhecidos depois de Windsor.

Construído no século XIV por Sir Edward Dalyngrigge, um antigo cavaleiro de Edward III, foi utilizado para defender a área contra a invasão francesa durante a Guerra dos Cem Anos.

O Castelo de Bodiam é um dos poucos castelos quadrangulares e tem câmaras nas paredes exteriores e nos tribunais interiores. A fortaleza apresenta um pátio central, e existem torres redondas e quadradas, originalmente construídas para defesa.

Castelo de Bojnice – Eslováquia

palácio

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: Rastos / shutterstock

Prepare-se para conhecer um dos castelos mais românticos do mundo!

Construído no século XII e restaurado no final do século XIX, o Castelo de Bojnice pertenceu pela primeira vez a Mateus III Csák, que o recebeu em 1302 do Rei Ladislau V da Hungria.

O castelo está empoleirado numa colina e hoje em dia possui um museu artístico e histórico dentro de suas muralhas. No final da Primavera, realiza-se o Festival Internacional de Fantasmas e Spooks.

O castelo é rodeado por um vasto e belo parque que é uma parte integrante deste notável atração eslovaca.

Castelo de Hohenwerfen – Áustria

palácio

Castelos medievais da Europa. Foto: Tatiana Dyuvbanova / shutterstock

Do conto de fadas ao fantasmagórico, o próximo na nossa lista é o Castelo de Hohenwerfen, na Áustria. Rodeado pelos Alpes Berchtesgaden e pelas montanhas adjacentes de Tennen, este castelo de rocha medieval situa-se aproximadamente a 40 km de Salzburgo.

A fortificação foi construída em finais do século XI para servir de baluarte estratégico no topo de uma rocha de 152 pés de altura. Ao longo dos anos, serviu não só como base militar para os governantes de Salzburgo, mas também como residência e refúgio de caça.

Mais tarde, o castelo ganhou uma reputação assustadora devido à sua utilização como prisão estatal.

Hoje em dia, o complexo do castelo serve como museu que mostra a história e uma vasta coleção de armas. Uma adição interessante é o Centro de Falcoaria que oferece demonstrações de voo utilizando várias aves de rapina, incluindo águias, falcões, falcões, e abutres.

Castelo de Pierrefonds – França

construção medieval

Castelos medievais mais conhecidos da Europa. Foto: Arnaud BEAUVOIS / shutterstock

Um exemplo excepcional de arquitetura militar medieval defensiva é o Castelo de Pierrefonds, na França. Robusto e gigantesco, as muitas torres que aparecem de cima das copas das árvores e a fachada leve do castelo chamam a atenção no primeiro contato visual.

Construído nos finais do século XIV e princípios do XV. Mais tarde foi destruído e permaneceu uma ruína durante mais de dois séculos. Napoleão I comprou-o em 1810 por menos de 3.000 francos.

Desde 1862 tem sido um monumento de grande significado histórico em França e passou por uma grande restauração nos finais do século XIX.

Ao longo dos anos tem sido apresentado em muitos filmes e séries de televisão, o que o tornou ainda mais reconhecível em todo o mundo.

Castelo de Corvin – Romênia

construção medieval

Castelos medievais da Europa. Foto: Balate Dorin / shutterstock

Já mencionámos o Castelo de Bran, e esta lista não estaria completa sem mencionar também o Castelo de Corvin.

O castelo foi construído no final da Idade Média e foi concebido num estilo gótico renascentista. O Castelo de Corvin é na realidade um dos maiores castelos da Europa.

O castelo apresenta uma estrutura grande e imponente com torres altas, baluartes, um pátio interior, telhados de cores diversas, e filas de janelas e varandas decoradas com esculturas de pedra. A Torre Buzdugan foi construída para fins defensivos. O seu exterior é decorado com belos elementos geométricos.

Castelo de Hluboká – República Checa

palácio

Foto: Beneda Miroslav / shutterstock

Muitos dos castelos construídos durante a Idade Média serviram de bastiões militares destinados à defesa, e isso pode certamente ser visto na sua aparência. O Castelo de Hluboká, na República Checa, não se encontra entre esses castelos e apresenta de forma proeminente um desenho gótico e, por conseguinte, tem uma qualidade bastante romântica, parecendo de um ponto de vista moderno.

Apesar de ter sido construído na segunda metade do século XIII, o castelo foi ampliado durante a Renascença, tendo depois sido reconstruído num castelo barroco. Foi então reconstruído novamente depois de Johann Adolf II von Schwarzenberg ter ordenado a reconstrução do castelo para se assemelhar ao estilo romântico do Castelo de Windsor, em Inglaterra.

Castelo de Doorwerth – Holanda

palácio

Castelos medievais da Europa. Foto: HildaWeges Photography / shutterstock

O castelo de Doorwerth tem uma aparência única e encantadora. Os terrenos do castelo apresentam uma das árvores mais antigas da Holanda. A árvore de acácia foi aí plantada por volta do ano 1600.

Hoje em dia, o castelo está aberto a visitantes, tem três museus, e o impressionante grande salão está disponível para eventos e recepções.

Castelo de Haut-Kœnigsbourg – França

palácio

Foto: Leonid Andronov / shutterstock

Com vista para a planície alsaciana em direcção à Floresta Negra, empoleirada nas montanhas de Vosges, encontra-se o Castelo de Haut-Kœnigsbourg.

Este castelo medieval na Europa tem todas as características necessárias para uma fortaleza e a localização estratégica permitiu a observação e o recuo, se necessário.

Em sua base apresenta os alojamentos e a torre de menagem, bem como o grande baluarte. O primeiro andar tem mais salas de estar, e no segundo andar destacam-se belas câmaras.

Castillo de Coca – Espanha

construção medieval

Castelos medievais da Europa. Foto: Boudewijn Sluijk / shutterstock

No centro de Espanha, em Segóvia, situa-se Castillo de Coca. Os padrões geométricos apresentados no castelo são um híbrido da arquitetura muçulmana mourisca e gótica cristã.

Castelo de Karlštejn – República Tcheca

construção medieval

Foto: DaLiu / shutterstock

Construído em meados do século XIV, o Castelo de Karlštejn na República Tcheca serviu de local de guarda do Regalia Imperial, joias da coroa, relíquias sagradas, e outros tesouros reais.

O castelo está localizado a aproximadamente 30km de Praga e é uma das atrações mais visitadas na República Checa.

Como pretendido no seu propósito, o castelo tinha um sistema de defesa extensivo. Não só está localizado numa colina, como também apresenta um fosso, uma ponte levadiça e um baluarte. Os elementos arquitetônicos são principalmente góticos.

Castelo de Burghausen – Alemanha

palácio

Castelos medievais da Europa. Foto: Boris Stroujko / shutterstock

O Castelo de Burghausen, com quase todas as suas fortificações medievais intactas, é um dos maiores complexos de castelos do mundo e o mais longo, de acordo com a empresa Guinness World Record.

Este castelo medieval bávaro foi a segunda residência dos duques da Baixa Baviera. Construído em estilo gótico, com um pátio interior e cinco pátios exteriores, este castelo está localizado perto das fronteiras da Alemanha e Áustria.

A incrível construção oferece vistas inigualáveis dos seus arredores e é uma visita obrigatória quando se visita a Baixa Baviera. A galeria dentro do castelo tem uma colecção de pinturas de painel gótico tardio e um ciclo monumental de quadros que ilustram a história da Baviera.

Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Hard Rock investe em 8 hotéis no Brasil e avalia cassino

Artigo anterior

Avião com 132 pessoas a bordo cai na China; veja vídeo

Artigo seguinte

Você pode gostar