Durante a alta temporada de inverno na América do Sul, turistas de todo o mundo procuram estes destinos para esquiar na Argentina e Chile

Você não precisa ir para outro continente para esquiar. Aqui mesmo, bem pertinho do Brasil, há destinos com pistas de esqui incríveis, tanto para quem já é experiente no esporte quanto para quem nunca esquiou. Localizados na região da Cordilheira dos Andes, esses lugares oferecem paisagens belíssimas e muita emoção na neve. E, neste post, vamos te dar algumas opções de destinos para esquiar na Argentina e Chile.

A temporada de esqui começa no meio de junho, quando o acúmulo de neve nas pistas já é ideal para a prática do esporte, e vai até meados de outubro. E, nesse período, milhares de turistas de toda parte do mundo viajam para estes locais para curtir não só as pistas de esqui, mas também as outras atrações turísticas na neve. 

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Argentina

Um dos países mais visitados pelos brasileiros que desejam ver neve, a Argentina abriga uma das mais famosas e antigas pistas de esqui da América Latina, Cerro Catedral. Mas esta não é a única atração turística na neve do país. Há outros lugares sensacionais para conhecer por lá. Confira, a seguir:

Bariloche (Cerro Catedral)

centros de esqui argentina

Foto: Divulgação

Bariloche é o principal destino de neve da Argentina e o queridinho dos brasileiros. A cidade localizada no sul do país tem como principal atrativo o Cerro Catedral, uma das mais modernas pistas de esqui do continente. Localizado a apenas 30 minutos do centro da cidade, a montanha tem 2.180 metros de altitude e 120 quilômetros de pistas de esqui, capazes de atender até 35 mil esquiadores por hora.

A estrutura do Cerro Catedral inclui 9 pistas para iniciantes, 25 para intermediários, 15 para esquiadores mais experientes e 10 destinadas apenas para profissionais, com grau de dificuldade elevado. Além disso, há um grande centro de convivência com restaurantes, hospedagens e lojas, onde é possível, inclusive, alugar roupas e equipamentos de esqui. A temporada de esqui em Cerro Catedral vai de 17 de junho (abertura parcial da montanha) até o fim de setembro.

Villa La Angostura (Cerro Bayo)

centros de esqui argentina

Foto: Divulgação

Bem próxima a Bariloche, Villa La Angostura fica do outro lado do Lago Nahuel Huapi. E, apesar de compartilhar as belezas naturais da região, é bem diferente de sua vizinha. Menos badalado, o destino é uma ótima opção para quem quer esquiar longe das aglomerações e com bastante tranquilidade. A principal atração turística na neve por lá é o Cerro Bayo, localizado a 9 km do centro da cidade.

A estrutura do local é bem menor do que a de Bariloche, mas oferece um clima mais intimista e reservado para quem quer esquiar. Cerro Bayo é indicado, principalmente, para novatos no esporte, pois tem pistas para iniciantes longas e esteiras que facilitam as subidas. Além disso, tem pistas de tubing e realiza caminhadas com raquetes de neve. A temporada de esqui em Cerro Bayo vai de 7 de julho até o final de agosto.

San Martín de Los Andes (Chapelco)

esquiar na argentina

Foto: Divulgação

Também localizada próximo a Bariloche, San Martín de Los Andes é um charmoso vilarejo alpino, com casas de madeiras que abrigam hospedagens, restaurantes, cafés e boutiques. A cidade é base para quem quer esquiar em Chapelco. Apesar de ser o menor centro de esqui da região, tem pistas com até 3 km de extensão, várias atrações turísticas na neve e uma das paisagens mais belas, com bosques de lengas – uma árvore típica – cobertas de neve na margem das pistas. 

A temporada de esqui em Chapelco vai do final de junho até o fim de agosto. O centro é bem moderno, com paradores com sinal de wi-fi em toda a montanha, sistema de ski pass automatizado e lift quádruplo bem rápido. Nele, você pode fazer também passeios de trenó,  tours de snowmobile e snowshoeing pelos bosques.

Mendoza (Las Leñas)

esquiar na argentina

Foto: Divulgação

Famosa pelo turismo vinícola, a cidade de Mendoza também abriga uma das principais estações de esqui da América do Sul, Las Leñas. Localizado no coração da Cordilheira dos Andes, a cerca de 2250 metros de altitude, Las Leñas é o centro de esqui mais elevado da Argentina, com pico máximo de 3340 metros de altitude e um desnível de 1200 metros.

Este é um local procurado, especialmente, por esquiadores experientes que, além de se aventurar em suas pistas, arriscam manobras fora delas. Os iniciantes, por sua vez, têm uma área de cerca de mil metros de extensão com pouco declive, perfeita para aprender a esquiar. Las Leñas têm 29 pistas de esqui e outras atividades, como tubing, passeios de trenó e tirolesa.

Ushuaia (Cerro Castor)

esquiar na argentina

Foto: Divulgação

Uma das pistas mais isoladas do continente, Cerro Castor é a que tem a temporada de neve mais longa, indo do final de junho até o início de outubro. O pequeno centro de esqui fica em Ushuaia, a cidade mais austral do mundo. Lá, a neve tem ótima qualidade e as encostas das montanhas desafiam até os esquiadores mais experientes.

Mas quem está iniciando no esporte também pode viajar para esquiar em Cerro Castor. Há pistas dedicadas para iniciantes, assim como lojas que alugam roupas próprias e equipamentos para a prática do esporte. Ushuaia tem, ainda, ótima estrutura para receber os turistas, com bons hotéis e restaurantes que servem desde parrilla até pratos com frutos do mar. Lá você pode, também, fazer passeios de snowmobile, de trenó puxado por cães e de barco, para observar pinguins e leões-marinhos.

Chile

Assim como na Argentina, o Chile tem ótimos centros de esqui. Cortado pela Cordilheira dos Andes, o país latinoamericano tem o ápice da temporada de inverno entre julho e agosto. Há pistas para todos os gostos, desde os mais experientes até os novatos no esporte. Confira, a seguir, quais são as principais atrações turísticas na neve para conhecer por lá.

Chillán

esquiar no chile

Foto: Divulgação

Entre os destinos para esquiar na Argentina e Chile, Chillán é uma ótima opção para quem quer, além de esquiar, esticar um pouco mais a viagem para aproveitar o inverno na neve. Localizado próximo ao vulcão de mesmo nome, o vilarejo alpino tem pistas de esqui para todos os níveis, desde o iniciante até o expert.

Nele, está a pista mais longa da América do Sul. Chamada Três Marias, a pista de dificuldade intermediária tem 13 km de extensão. Para aproveitar o pico do inverno por lá, viaje entre o final de junho e o início de setembro. Vale destacar que, além das atrações turísticas na neve, Chillán também é conhecido por seu parque de águas com piscinas termais vulcânicas. E, durante o verão, as pistas de esqui se transformam em um bike parking.

Corralco

esquiar no chile

Foto: Divulgação

Situado a 1000 metros de altitude, o centro de esqui Corralco fica dentro da Reserva Nacional Malalcahuello, a 700 km da capital chilena, Santiago. O local tem neve de excelente qualidade e é muito procurado por esquiadores experientes e tem 26 pistas de esqui. Lá, a temporada de inverno é mais longa que em outros destinos para esquiar na Argentina e Chile, indo do final de junho até 12 de outubro.

Por estar localizado dentro de uma reserva natural, o acesso a este centro de esqui é limitado e há apenas uma hospedagem próxima a ele. Por outro lado, tem uma das instalações mais modernas e oferece exclusividade para seus visitantes. Há várias pistas para iniciantes e, algumas delas, ficam nas encostas do Vulcão Lonquimay. 

Portillo

centros de esqui no chile

Foto: Divulgação

Outro centro de esqui no Chile, Portillo recebeu esse nome por conta do icônico hotel amarelo que fica na base das montanhas e às margens da linda Laguna de Inca. O local foi fundado em 1949 e é uma das primeiras pistas de esqui da América do Sul. Portillo fica a apenas 2 horas da capital Santiago e tem 35 pistas para todos os níveis de esquiadores e 14 meios de elevação. 

Apesar de não possuir um centro comercial como outros destinos para esquiar, o centro de esqui conta com a ótima estrutura do hotel, que atrai, sobretudo, equipes profissionais de esqui. Há, ainda, uma escola de esqui para os iniciantes e outras atrações turísticas, como pistas de tubing, piscinas aquecidas ao ar livre e cinema dentro do hotel.

Valle Nevado

centros de esqui no chile

Foto: Divulgação

Ao se pensar em destinos para esquiar no Chile, Valle Nevado é o primeiro que vem à cabeça. O famoso resort de esqui fica a apenas 1h30 da capital Santiago, a 3000 metros de altitude, na Cordilheira dos Andes. Sua estrutura inclui várias pistas de esqui, três hotéis, bares, restaurantes e spa. O complexo é uma ótima pedida tanto para esquiadores profissionais quanto para iniciantes. Lá, a temporada de esqui vai do meio de junho até o final de setembro.

Valle Nevado se conecta com as estações vizinhas de La Parva e El Colorado, formando Tres Valles, a maior área esquiável da América do Sul. Sua estrutura é uma das mais modernas dos destinos para esquiar na Argentina e Chile. As pistas contam com sinal wi-fi, gôndolas fechadas e canhões de neve para quando o clima não está favorável à prática do esporte.

Dica extra para reservar hotéis

Para encontrar inúmeras opções de acomodação e reservar hotéis e pousadas com os melhores preços, utilizamos o Booking.com - disponível em milhares de destinos.

Passagens aéreas mais baratas

Para economizar com voos, consultamos primeiro as passagens aéreas na MaxMilhas, - quase sempre encontramos os melhores preços tanto no Brasil quanto no exterior. As passagens podem ser emitidas mesmo para quem não tem milhas aéreas.

Outras dicas úteis

Encontre informações úteis sobre os melhores destinos do mundo, com guias de viagens especializados sobre diferentes lugares para conhecer no Brasil e no exterior. São milhares de dicas de viagens com sugestões de onde ir na sua viagem, recomendação de hotéis, notícias atualizadas e muito mais.

Precisa de um carro na sua viagem? Encontre aluguel de carro na Rentcars e cote modelos diferentes podendo ser parcelado em até 10x. Já para passeios e ingressos antecipados, fechamos tudo sempre pela Get Your Guide.

Deseja falar com a redação, promover a sua marca ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

  Inscreva-se em nosso canal:
 

Planeje sua Viagem


3 parques de diversão do Brasil estão  entre os 10 melhores do mundo

Artigo anterior

Conheça a rota dos “pueblos mágicos” e apaixone-se de vez pelo México

Artigo seguinte

Você pode gostar