Poucos dias antes do Natal e Réveillon, a recém lançada ITA Transportes Aéreos suspende todos os voos no Brasil após cerca de 6 meses de operação

A companhia aérea ITA Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, abalou o mercado de viagens na noite desta sexta-feira (17) ao comunicar o encerramento de suas operações sem aviso prévio. Funcionários, que já estavam sem receber, deixaram os postos de trabalho nos aeroportos onde a companhia estava atuando. 

Voos cancelados em plena alta temporada causaram insegurança e espanto aos turistas, agentes de viagem e profissionais do mercado, que estavam otimistas com o momento da ITA Transportes Aéreos, lançada há cerca de 6 meses.

Em comunicado recente feito, a companhia informou que, “por iniciativa própria, suspendeu temporariamente as operações de sua companhia aérea, a ITA, no início da noite desta sexta-feira (17) para uma reestruturação interna.” 

A ITA Transportes Aéreos não poderá operar os voos por enquanto, visto que a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) optou por suspender imediatamente o Certificado de Operador Aéreo (COA) da empresa.

Foto: Divulgação

A companhia aérea, marca do Grupo Itapemirim, possui um quadro com 462 funcionários e começou a operar no Brasil em junho deste ano, ou seja, em um momento instável do mercado e já após o início da pandemia. 

Cerca de 20 mil passageiros já estavam precisando ser realocados em voos da empresa, e segundo publicação feita no Portal PANROTAS, este número deve aumentar após as notícias recentes de hoje.

Em comunicado, a empresa tenta acalmar os passageiros e finaliza dizendo que, ” A ITA lamenta os transtornos causados e afirma que irá continuar prestando toda assistência aos passageiros impactados, conforme prevê a resolução 400 da Anac”. 

Os passageiros prejudicados devem enviar um e-mail diretamente para [email protected], segundo informativo. 

Voos cancelados, dívidas e suspeitas prejudicam empresa

Outra notícia publicada nesta mesma semana e que promete gerar ainda mais ruídos na imagem da ITA Transportes Aéreos, é sobre a nova offshore liderada pelo empresário e dono do Grupo Itapemirim, Sidnei Paiva

A matéria publicada no Congresso em Foco e distribuída massivamente na grande imprensa, traz o nome de Sidnei Paiva como um dos fundadores de uma nova empresa no Reino Unido, uma offshore chamada SS Space Capital Group UK LTD,  no valor de 780 milhões de libras, quase R$ 6 bilhões na cotação de hoje. 

A notícia vem no mesmo momento em que a empresa deixa de pagar os funcionários, atrasando pagamentos e descumprindo promessas de acordo, além de deixar milhares de consumidores frustrados.

A alta temporada começou com uma grande perda para o mercado de viagens brasileiro. Esta decisão poderá, inclusive, influenciar no valor das passagens aéreas, que já estavam fora do normal por conta da desvalorização da moeda.

ITA Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, cancela todos os voos

ITA Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, cancela todos os voos no Brasil. Foto: Divulgação / Ita Transportes Aéreos

Inscreva-se em nosso canal:


Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Veja quais são os 10 destinos mais pesquisados do Brasil

Artigo anterior

Low cost: Avianca vai reduzir o espaço entre passageiros nas aeronaves

Artigo seguinte

Você pode gostar