Atualizada em:

Após dois anos de restrições rígidas por conta da pandemia, o Japão voltará a receber turistas a partir do dia 11 de outubro, com a reabertura de suas fronteiras

O Japão anunciou, recentemente, que reabrirá suas fronteiras para turistas individuais a partir do dia 11 de outubro. A notícia vem após mais de dois anos de restrições rígidas de ingresso no país asiático por conta da pandemia da Covid-19. Com ela, o governo japonês espera recuperar o movimento turístico de 2019, quando recebeu 31,8 milhões de turistas.

No início de setembro, o Japão já havia flexibilizado a entrada de turistas, permitindo o ingresso de viajantes com vínculo com alguma agência de receptivo sediada no país. Agora, não haverá mais essa exigência e turistas individuais poderão visitar o arquipélago sem o acompanhamento de um guia. Além disso, o governo derrubou o limite diário de 50 mil visitantes.

Reabertura do Japão para turistas

Japão reabre fronteiras para turistas
Foto: Sofia Terzoni/Pixabay

O anúncio da reabertura das fronteiras do Japão para turistas foi feito pelo primeiro-ministro japonês,  Fumio Kishida, durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, em Nova York. Segundo ele, o objetivo é fomentar a indústria de viagens, que foi duramente afetada pela pandemia. 

“Removemos o limite do número de pessoas que entram no país e voltaremos a aceitar viagens individuais e sem visto. Quero apoiar as indústrias de viagens, entretenimento e outras que enfrentaram dificuldades durante a pandemia do coronavírus”, afirmou na ocasião.

Nesse sentido, outro fator que deve contribuir para a retomada do turismo no Japão é a desvalorização do iene frente ao dólar, que acaba atraindo mais turistas ao país. A moeda japonesa atingiu um dos níveis mais baixos em relação à moeda americana nos últimos 25 anos.

Documentos para viajar para o Japão

Viajar para o Japão
Foto: Kanenori/Pixabay

É importante ressaltar que, quando o primeiro-ministro japonês cita a aceitação de turistas sem visto, está se referindo a viajantes vindos dos Estados Unidos e outros países que eram desobrigados do documento antes da pandemia. No caso dos turistas brasileiros, o visto continua sendo obrigatório para ingresso no Japão. Por isso, ao planejar sua viagem para lá, providencie o documento junto à Embaixada do Japão no Brasil.

Já em relação à imunização contra a Covid-19, o governo japonês deve anunciar, nos próximos dias, qual será a exigência para o ingresso de turistas no país, segundo a assessoria da Organização Mundial do Turismo Japonês. Atualmente, a informação que se tem é de que viajantes imunizados com pelo menos três doses da vacina contra a Covid-19 não precisarão apresentar o teste RT-PCR para viajar. Porém, o Ministério da Saúde do Japão não relaciona, em seu site, a Coronavac na lista de vacinas aceitas.

Visto para entrar no Japão

Turistas no Japão
Foto: Jezael Melgoza/Unsplash

Obter o visto é a etapa fundamental para planejar sua viagem ao Japão. Ele deve ser solicitado, no mínimo, três meses antes da sua data de embarque. Isto porque a embaixada dá o prazo de 90 dias para registrar a entrada no país após a emissão do visto.

Atualmente, existem três tipos de visto para turistas no Japão: visto de entrada única, visto de dupla entrada e visto de múltiplas entradas. Cada um deles atende a uma situação, por isso é fundamental que você saiba qual se enquadra em seu objetivo de viagem. Confira:

  • Visto de entrada única: como o nome indica, este visto permite que você entre no Japão apenas uma vez. Ele é indicado para quem vai fazer escala ou planeja uma viagem curta pelo país, sem sair para outros destinos próximos, como China, Coréia do Sul ou Tailândia.
  • Visto de dupla entrada: este visto permite duas chegadas ao Japão. Ou seja, estando lá, você pode viajar para fora e retornar durante sua vigência. Por isso, é recomendado para turistas que programam um tour por outros países da Ásia a partir do Japão.
  • Visto de múltiplas entradas: nessa modalidade, o turista pode sair e retornar ao Japão quantas vezes quiser, depois de seu primeiro ingresso no país, dentro do prazo de validade para o visto, que é de 90 dias. No entanto, esse visto só é dado a ao turista que comprovar ter visitado o Japão a turismo nos três anos anteriores.

Como solicitar o visto para o Japão

Japão reabre fronteiras para turistas
Foto: Dennis P/Pixabay

Para solicitar o visto que atende aos seus planos de viagem junto à Embaixada do Japão no Brasil ou consulados, deverá providenciar os seguintes documentos:

  • Passaporte original, com validade mínima de seis meses;
  • Reserva das passagens aéreas já compradas, ida e volta; 
  • Documento de identificação com foto (Carteira de Identidade (RG) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH)) em cópia autenticada;
  • Foto 3×4 recente;
  • Formulário de solicitação do visto para entrar no Japão, impresso e preenchido;
  • Cronograma de viagem, preenchido com a indicação do roteiro e hospedagem;
  • Comprovante de renda, incluindo cópia da declaração de Imposto de Renda completa. É possível também indicar um “responsável financeiro” pela viagem, apresentando a comprovação de renda em nome da pessoa que possa financiá-lo.

Retomada do turismo

Retomada do turismo no Japão
Foto: Djedj/Pixabay

Empresas de turismo comemoram a reabertura das fronteiras do Japão para todos os turistas e anunciam novidades para receber os viajantes. A Organização Nacional de Turismo Japonês (JNTO), por exemplo, ressaltou que tem trabalhado para oferecer mais opções turísticas aos visitantes. Desse modo, ao viajar para lá, além de apreciar a cultura, história, culinária e natureza do país, encontrará projetos de turismo sustentável, viagens de aventura e de luxo.

“O Japão se ocupou, nos últimos dois anos e meio, com os preparativos para recepcionar bem a todos. Aguardamos vocês ansiosamente!”, disse Satoshi Seino, presidente da JNTO, em comemoração à declaração do governo japonês sobre a reabertura das fronteiras.

∙ Gostou das nossas dicas? Faça a reserva do seu hotel ou pousada aqui e encontre as melhores condições para as suas férias.

∙ Encontre dicas de viagens e as últimas notícias que foram destaques também em nosso Instagram. Acompanhe.


Fale com o Viajar Melhor: Deseja falar com a redação, promover a sua marca ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

 

Rolar para cima