O Bioparque Pantanal acaba de abrir as portas após 11 anos de atraso e exibe espécies do Pantanal e de outros cinco continentes!

A capital do Mato Grosso do Sul acaba de receber mais uma nova atração! O Bioparque Pantanal é um aquário de água doce de 19 mil metros quadrados com capacidade para quase 5 milhões de litros de água. O novo complexo da cidade se destaca por ser o maior aquário de água doce do mundo e apresenta
32 tanques que abrigam peixes do Pantanal, mas também há reservatórios com animais de cinco continentes.

Além disso, os visitantes poderão conhecer a representação de cada ecossistema, como a floresta boreal da Ásia.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

aquário água doce campo grande

Foto: Divulgação

O edifício principal foi idealizado por Ruy Ohtake, falecido em novembro de 2021. As obras do Bioparque Pantanal foram iniciadas em 2011, contudo, devido a denúncias de corrupção, o projeto atrasou e foi terminado apenas agora, 11 anos depois. O aquário fica dentro do Parque das Nações Indígenas e abriga cerca de 230 espécies de peixes (80% deles originários do Pantanal), além de jacarés e sucuris.

Pantanal

pantanal

Foto: Divulgação

O Pantanal é uma das maiores planícies alagáveis do mundo e abriga uma imensa variedade de fauna e flora, principalmente com espécies endêmicas (que existem apenas na região).

São mais de 260 espécies de peixes, entre eles piranhas, dourados e pacus. Dessa forma, a proposta do Bioparque Pantanal é, justamente, apresentar a biodiversidade pantaneira de uma maneira acessível para a população.

O museu

maior aquário de água doce

Foto: Divulgação

Além do aquário o espaço também conta com o Museu de Biodiversidade, que no momento expõe uma mostra itinerante de fósseis da Serra do Araripe. No local há também um conjunto de réplicas da megafauna, nome designado a animais de grande porte que foram extintos. Algumas das peças mais proeminentes são o casco de um ancestral do tatu e o fóssil de uma preguiça gigante, animais que atingiam até três metros de comprimento . O acesso ao aquário é gratuito até o final do ano, mas é necessário agendamento prévio pelo site.

O agendamento para o mês de junho ainda não foi aberto e o museu não anunciou datas. As visitas serão guiadas, com cerca de 1h30 de duração, no período da manhã, das 9h às 11h30, e à tarde, das 14h às 17:30

Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Hotel brasileiro é eleito pela quinta vez o melhor da América do Sul

Artigo anterior

Avianca compra Viva Air, empresa low-cost que voará para o Brasil

Artigo seguinte

Você pode gostar