Não sabe o que fazer em Viena? Confira 17 atrações turísticas imperdíveis e conheça os principais pontos turísticos da capital da Áustria

Os palácios e edifícios de Viena mantém a lembrança da vida cultural de uma cidade muito ativa, principalmente pelos grandes salões que ainda recebem os bailes de gala que datam da época imperial. Museus grandiosos contam a história europeia, de Viena e a intrínseca relação da capital Austríaca com a música. Ainda preservando a herança, as próprias ruas e construções levam o turista em uma viagem no tempo.

Motivos para visitar Viena não faltam e apesar dela não ser um destino direto para o brasileiros, é fácil encaixar a parada em seu roteiro pela Europa. O Aeroporto Internacional de Viena fica nos subúrbios da cidade e serve vários voos para as principais cidades europeias e austríacas, como Salzburgo e Innsbruck. Além disso, Viena também é muito bem conectada com as maiores cidades da Europa Central por meios ferroviários.

Boa parte das atrações de Viena está localizada dentro ou no entorno do “Ring”, em que os melhores museus e parques da cidade estão concentrados. Portanto, o mais indicado é caminhar pelas ruas da área. Se quiser chegar lá ou acessar pontos mais distantes, a cidade conta com um excelente sistema de transportes públicos, com metrô, bondes, ônibus e trens. Confira atrações imperdíveis de Viena.

17 atrações para conhecer em Viena

Catedral de Viena 

Principais pontos turísticos de Viena

Principais pontos turísticos de Viena. Foto: Pxhere

Situada em pleno coração da capital austríaca, a Catedral de São Estevão (Stephansdom) é a sede principal da arquidiocese de Viena e o símbolo religioso mais importante da cidade. O templo foi construído sobre as ruínas de uma igreja românica dedicada a São Estevão que, por sua vez, foi erguida em 1147. A catedral está coroada por uma grande torre com forma de agulha, de estilo gótico e 137 metros de altura. Por meio de uma escada caracol o visitante pode acessar um mirante com uma vista única da cidade. 

Em seu interior, a catedral abriga os restos mortais de grande parte dos membros da família Habsburgo e foi o local do casamento e posterior funeral do magnífico Mozart. A igreja também abriga um museu que dispõe de pinturas religiosas do século XVIII, esculturas rústicas dos séculos XVI e XVII e algumas esculturas medievais que representam a Virgem com o Menino Jesus.

  • Endereço: Stephansplatz, 3.
  • Horário: Segunda a sábado, das 6h às 22h horas.
  • Domingos e feriados: das 7h às 22h.

Museu da História da Arte

Principais pontos turísticos de Viena

Principais pontos turísticos de Viena. Foto: Andrew Bossi / Wikimedia Commons

Com mais de um milhão de visitantes anuais, o Museu da História da Arte é museu mais visitado de Viena. Entre suas paredes, são expostas as obras de arte reunidas pela família Habsburgo ao longo dos séculos, com exposições dedicadas às antiguidades orientais, gregas, romanas e do Egito. No primeiro andar, a exposição é dedicada especialmente à pintura, com obras do século XV até o XIX. Entre os grandes artistas cujas obras estão no acervo, encontramos Velázquez, Canaletto, Tiziano, Rubens, Rafael e Rembrandt.

No segundo andar está o Gabinete Numismático, onde se conservam uma das maiores coleções de moedas e medalhas do mundo, com mais de 700 mil objetos.

  • Endereço: Maria Theresia Platz
  • Horário: Todos os dias, das 10h às 18h – Quintas, das 10h às 21h

Ópera de Viena

Atrações imperdíveis de Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: Dennis Jarvis / Wikimedia Commons

Inaugurada em 1869 com a apresentação de uma obra de Mozart, a Ópera Estatal de Viena é a companhia de ópera mais importante e conhecida a nível mundial. A visita só pode ser feita por meio de visitas guiadas organizadas em grupos de diferentes idiomas.

Durante o passeio, o visitante verá o hall de entrada e o auditório, que tem capacidade para 2.800 pessoas. Além disso, a visita também passará pelo cenário, o salão de chá, entre outros espaços. Se o turista busca uma experiência mais autêntica, a Ópera de Viena permite que qualquer um consiga assistir uma peça em seu salão, não importa o orçamento. Claro que os melhores lugares costumam custar a partir de € 150, mas é possível comprar ingressos para ver de pé por € 3 e € 4. Mas fique atento, os ingressos mais em conta só vendem na bilheteria antes do espetáculo e será preciso enfrentar uma fila. 

  • Endereço: Opernring, 2.

Parlamento da Áustria

Atrações imperdíveis de Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: PXhere

O edifício do parlamento, na “Ringstraße” de Viena, acolheu, durante a sua história de mais de cem anos, várias entidades parlamentares do país. Desde o ano de 1920 – exceto durante a Segunda Guerra Mundial, o Conselho Nacional e o Conselho Federal, órgãos federais legislativos, têm a sua sede no edifício do parlamento.Durante a Segunda Guerra, o edifício foi gravemente danificado por bombardeios, tendo metade do prédio destruída. 

A visita é aberta ao público com horário pré-definidos que variam de acordo com a época do ano. 

  • Endereço: Dr.-Karl-Renner-Ring 3
  • Ingresso: € 5

Palácio Schonbrunn

Atrações imperdíveis de Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: Edith Leigh / Pexels

O Palácio Schönbrunn (Schloss Schönbrunn), construído no século XVII, serviu durante anos como residência de verão da família imperial de Viena. Os cômodos são decorados extremamente suntuosos em um estilo rococó, em especial as salas oficiais. Entre os espaços mais interessantes do palácio estão a Grande Galeria, utilizada para celebrar os banquetes imperiais, o Museu de Carruagens Imperiais e o Tiergarten, o zoológico mais antigo do mundo.

A visita é guiada por áudio que detalha diversos acontecimentos ocorridos no palácio durante a época que a corte ainda ocupava os corredores. 

  • Endereço: Schönbrunner Schloss Strasse, 47
  • Horário: Todos os dias das 8h30 às 17h30

Hofburg

Atrações imperdíveis de Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: Carlos Delgado / Wikimedia Commons

O palácio de Hofburg foi durante séculos o local de residência da família imperial, os Habsburgo. Hoje em dia, é o ponto que mais recebe visitas em Viena. O castelo é, na verdade, um enorme conjunto arquitetônico que abriga desde os antigos aposentos imperiais, passando por vários museus, a Biblioteca Nacional Austríaca, a Escola de Inverno de Equitação, uma capela e uma igreja até o escritório do Presidente da Áustria.

Entre as atrações do complexo, uma das visitas mais completas é a que inclui os Apartamentos Imperiais (Kaiserappartements), o Museu de Sisi e a Prataria da Corte.

  • Endereço: Michaelerplatz, 1
  • Horário: Setembro a junho, das 09h às 17h30s. De julho a agosto, das 09h às 18h

Hundertwasser haus

Principais pontos turísticos de Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: wag / Wikimedia Commons

O Hundertwasser haus é um complexo residencial construído entre 1983 e 1986. Com um projeto muito original, o prédio é uma obra do arquiteto e artista Friedensreich Hundertwasser e pertence patrimônio cultural austríaco. Colorido tal qual um quebra-cabeça, a obra se assemelha ao desenho de uma criança, em que o chão não é reto e sim ondulado, e onde crescem árvores no interior dos quartos que se precipitam pelas janelas. Suas formas inusitadas surpreendem os turistas, pouco acostumados a uma arquitetura tão especial. 

Ao lado dos edifícios, há também um shopping na mesma arquitetura, o Hundertwasser Village, e o Museu Hundertwasser, onde são expostas as outras obras do artista.

  • Endereço: Kegelgasse, 34,38.

Albertina 

Principais pontos turísticos de Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: Radler59 / Wikimedia Commons

O museu Albertina possui uma das coleções gráficas mais extensas do mundo. Localizado no centro de Viena, o museu abriga em seu acervo mais de 65 mil desenhos e ao redor de um milhão de gravuras, contando com obras de artistas como Monet, Renoir, Cezanne, Matisse, Miró e Picasso.

O museu está instalado em um palácio que pertenceu a Maria Cristina e seu marido, o Duque Alberto Von Sachsen-Teschen, que deu nome à galeria. Por isso, além das diversas pinturas e demais obras de arte, o museu também abriga as 22 salas dos Habsburgo, família imperial da Áustria. Mas nem sempre é possível visitá-las, as salas são fechadas quando chove para conservação, assim como quando são reservadas para algum evento, restringindo o acesso.

  • Endereço: Agustinerstrasse, 1
  • Horário: Todos os dias, das 10h às 18h horas. Quartas e sextas até as 21h.

Escola Espanhola de Equitação

Principais pontos turísticos de Viena

Principais pontos turísticos de Viena. Foto: Divulgação

A Escola Espanhola de Equitação, criada em 1572, faz parte de Hofburg e é dedicada à equitação, baseando-se na doma clássica, mantendo intacta sua técnica há mais de 400 anos. Hoje, é uma das instituições mais destacadas de Viena e seus cavalos são famosos por todo o mundo.

A escola mantém também uma tradição de criação dos cavalos de Lipizza, cujos primeiros exemplares foram trazidos da Espanha séculos atrás, na época em que a corte imperial austríaca desfrutava da criação e doma de cavalos de raça. Além da técnica de adestramento, os cavalos de Lipizza também chamam a atenção por terem a pelagem preta até os oito anos, idade em que a maioria deles se torna branco. 

Há duas opções para conhecer a Escola Espanhola de Equitação de Viena. O visitante pode comprar ingressos para um dos espetáculos equestres dos cavalos Lipizzanos, ou participar de uma das visitas guiadas feitas diariamente, nas quais um guia leva os turistas para ver os cavalos nos estábulos, além da bela Escola de Inverno onde atuam.

  • Endereço: Michaelerplatz, 1
  • Horário: Tours guiados às 14h, 15h e 16h

Biblioteca Nacional Austríaca

Principais pontos turísticos de Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: Pxhere

Construída no século XVIII no estilo barroco por pedido do Imperador Carlos VI, a Biblioteca Nacional Austríaca é considerada uma das bibliotecas histórica mais bonitas do mundo. Na época, o edifício foi pensado para servir de biblioteca da corte. 

No ambiente principal, a Sala Imperial, estátuas de mármore, pinturas e afrescos no teto rodeiam as estantes de madeira de castanho nas quais se conservam mais de 200 mil livros impressos entre os anos 1500 e 1850. No total, a biblioteca abriga mais de oito milhões de livros e outros objetos, além de abrigar também o Museu do Papiro e o Museu do Globo Terrestre.

  • Endereço: Josefsplatz, 1
  • Horário: De segunda a domingo das 10h às 18h / Quintas-feiras das 10h às 21h De maio a outubro – fecha às segundas

Casa de Mozart

O que fazer em Viena

Principais pontos turísticos de Viena. Foto: Diego Delso / Wikimedia Commons

Entre 1784 e 1787, Mozart, um dos maiores compositores da história, morou com sua família nesse apartamento da rua Domgasse. O passeio passa por quatro andares do edifício, começando pelo terceiro, onde são apresentados dados interessantes sobre os anos em que Mozart passou em Viena, os lugares onde atuava, quem eram seus amigos, sua relação com os maçons ou a grande paixão que tinha pelos jogos.

No segundo andar, são apresentadas as óperas do compositor e, no primeiro, podemos ver como era o lar do artista. No sótão da residência está instalado um centro de aprendizagem onde os interessados podem aprender o que quiserem sobre o mestre Mozart.

  • Endereço: Domgasse, 5
  • Horário: Todos os dias, das 10h às 18h

Torre do Danúbio

O que fazer em Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: Christian Lendl / Wikimedia Commons

A Torre do Danúbio é uma estrutura de 252 metros de altura, inaugurada em 1964, de onde se pode contemplar grande parte de Viena. Além de um incrível mirante, a torre também conta com um restaurante giratório, que proporciona ao turista desfrutar a refeição enquanto a vista muda constantemente.

Para os mais aventureiros, há a possibilidade de pular de bungee jump do alto da torre.

  • Endereço: Donauturmstraße, 4
  • Horário: Segunda a domingo, das 10h às 00h

Prefeitura de Viena (Rathaus)

O que fazer em Viena

Principais pontos turísticos de Viena. Foto: Thomas Ledl / Wikimedia Commons

A Rathaus, onde hoje abriga a prefeitura e conselho municipal da cidade, é um antigo prédio e palácio de Viena. Desenhado no estilo gótico, o prédio foi construído entre 1872 e 1883. No topo da torre fica o Rathausmann, um dos símbolos de Viena.

Na frente do edifício o visitante encontra um grande parque, o Rathauspark, e a Rathausplatz, uma grande praça semi-circular. Nessa praça, durante as noites de verão, há feiras com comidas e bebidas típicas, além de apresentações de ópera ao ar livre. No inverno, um mercado natalino com diversas iguarias culinárias dessa época é instalado no local. 

  • Endereço: Friedrich-Schmidt-Platz 1
  • Horário: visitas guiadas individuais às Segundas, Quartas e Sextas às 13h. Exceto em dias de sessão, eventos e feriados. Para tour em grupo é necessário agendamento com um mês de antecedência. 

Palácio Belvedere

O que fazer em Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: Bwag / Wikimedia Commons

O Palácio Belvedere foi construído como residência de verão do Príncipe Eugenio de Saboya. A construção trata-se de um complexo de dois palácios, unidos por um enorme jardim de estilo francês. 

No ponto mais alto do jardim está Alto Belvedere, edifício principal do conjunto arquitetônico que abriga um museu de coleções de pinturas da Galeria Austríaca, desde a Idade Média até atualmente, assim como obras-primas do barroco e arte medieval, além da capela. No primeiro andar são exibidas obras vienenses realizadas entre 1880 e 1900, enquanto o segundo andar está repleto de mostras do neoclassicismo e do romantismo, além da coleção Biedermeier. Entre os grandes nomes presentes na coleção encontramos artistas como Claude Monet, Vincent Van Gogh e Gustav Klimt.  

Já no Baixo Belvedere estão as exposições de arte barroca austríaca, onde são exibidas as obras dos artistas que deram forma à cidade durante a Idade de Ouro de Viena.

  • Endereço: Entrada principal na rua Prinz Eugen
  • Horário: Alto Belvedere: todos os dias, das 10:00 às 18:00 horas.
  • Baixo Belvedere e Orangery: todos os dias, das 10:00 às 18:00 horas (quartas até as 22:00 horas).

Prater

O que fazer em Viena

Principais pontos turísticos de Viena. Foto: Dietmar Rabich / Wikimedia Commons

O Prater é um popular espaço de lazer onde está o parque de diversões mais antigo de Viena. Inaugurado em 1895, o parque ainda mantém alguns dos brinquedos originais em ótimas condições, o que dá ao lugar um charme único. A principal atração é, sem dúvidas, a roda-gigante. Com 60 metros de altura, o brinquedo se tornou um dos símbolos da capital austríaca. Sua inauguração, em 1897, se deu pela celebração do 50º aniversário da coroação de Francisco José I. 

Se o orçamento permitir, a roda-gigante também oferece a experiência de jantar à luz de velas em uma de suas cabines.

  • Endereço: Tiefstraße 1020 Wien
  • Horário: todos os dias de 15 de março a 31 de outubro, das 10h à 1h
    As lojas, os restaurantes e algumas atrações, como a roda-gigante, permanecem abertas o ano inteiro no mesmo horário. 

Museumsquartier

O que fazer em Viena

Atrações imperdíveis de Viena. Foto: PresseKunsthalleWien / Wikimedia Commons

O Museumquartier é como é chamada uma área que compreende um complexo de museus, cafés, lojas e restaurantes. Todas essas atrações estão espalhadas por uma praça onde acontecem shows e outros eventos, o que representa a vida moderna de Viena. 

Entre os museus que circulam a praça, o visitante encontra o Museu Leopold, o Mumok, que abriga grande coleção de arte moderna, e o Kunsthalle cujo forte são as exposições de fotos, vídeos e arte multimídia.

  • Endereço: Museumsplatz 1

Naschmarkt

O que fazer em Viena

Principais pontos turísticos de Viena. Foto: MaryG90 / Wikimedia Commons

O Naschmarkt é um grande mercado ao ar livre que data desde o século XVI e o mais conhecido de Viena. São cerca de 120 barracas e restaurantes que compõem uma oferta culinária rica e diversa, variando entre a culinária vienense a indiana, de vietnamita a italiana. 

Hoje, o Naschmarkt tornou-se um ponto de encontro para jovens e idosos pois permite desde a compra de frutas, legumes e várias iguarias de todos os países, assim como experiências gastronômicas únicas nos estabelecimentos que cercam as barracas. 

  • Endereço: Wienzeile, 1060
  • Horário: barracas – segunda a domingo das 6h às 23h / restaurantes – horário variável de acordo com o estabelecimento. 

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Melhores museus para visitar em Barcelona

Artigo anterior

Mapa mostra qual o filme favorito da Disney de cada país

Artigo seguinte

Você pode gostar