Turistas que estão interessados em se afastar de aglomerações encontrarão ótimas opções de viagens na natureza pelo Brasil. Descubra alguns destinos tranquilos para evitar muvucas!

Os destinos de turismo de massa, ou seja, que concentra aglomerações de viajantes, não perde força, mas vem dividindo a atenção de muitos turistas que querem locais abertos e, principalmente, em contato com o meio ambiente. As viagens na natureza vêm conquistando uma importante parcela, visto que proporcionam mais descanso e oferecem um leque maior de experiências. 

Aventura e ecoturismo são o grande forte desse tipo de viagem e o Brasil é especialista neste segmento. De acordo com uma pesquisa elaborada em 2016 pela US News & World Report, com a consultoria BAV e a escola de negócios Wharton, na Pensilvânia, o país é ideal para a prática de viagens na natureza. 

Leia também » 100 lugares para viajar no Brasil em 2021

Além disso, dados do Ministério do Turismo (MTur) demonstram que 19% dos turistas estrangeiros estão cientes dessa nossa riqueza natural, se tornando um importante impulsor econômico, visto que esses visitantes gastam, em média, US$ 3 mil por viagem de longa duração, quase o dobro da média geral. 

Viagens na natureza: 12 melhores destinos

Sabemos que a lista de opções de destinos brasileiros para viagens na natureza é extensa. Por isso, decidimos ajudar na escolha do lugar ideal para a sua viagem. Reunimos 12 destaques no segmento de aventura e ecoturismo, ideais para quem deseja ter momentos de adrenalina ou simplesmente se afastar das grandes multidões do turismo em massa. Veja a seleção abaixo e programe as suas próximas férias.

Alter do Chão (PA)

Foto: idobi / Wikimedia Commons

Considerado um paraíso ainda pouco conhecido, Alter do Chão, no Pará, possui praias exuberantes, dignas de serem exploradas. A cidade é banhada pelo rio Tapajós e, na época de vazante, surgem as prainhas e bancos de areia que foram pequenas ilhas, como a Praia do Amor. Lá, há diversos estabelecimentos gastronômicos, ótimo para degustar a culinária amazônica e ainda curtir ótimos passeios ao ar livre e longe de aglomerações. 

Alto Caparaó (MG)

Principal entrada para o Parque Nacional do Caparaó, na divisa entre Minas Gerais e Espírito Santo, a cidade é conhecida pelo extraordinário cenário de montes e serras. Seu principal atrativo é o Pico da Bandeira, considerada a terceira montanha mais alta do País. Ideal para quem busca uma viagem para se desconectar da rotina e fugir para fora das cidades grandes. 

Bonito (MS)

Foto: Adriane Rado / Wikimedia Commons

Este é considerado um dos melhores destinos para mergulhos fluviais do Brasil. Lá, a preocupação com o meio ambiente é levada a sério e, por isso, organização e reserva antecipada devem estar no radar dos turistas que planejam conhecer Bonito. Portanto, a dica é levar em consideração os principais passeios e se planejar, para que o roteiro não fuja dos planos iniciais. Se a ideia é aproveitar a baixa procura, evite ir na alta temporada e aproveite a época entre junho e agosto, quando reduz o volume de turistas.

Brotas (SP)

Brotas é a cidade do turismo de aventura do estado de São Paulo. A 250 quilômetros da capital, a cidade possui fácil acesso por rodovias duplicadas. Lá, é possível notar que boa parte da economia é voltada para o ecoturismo e o turismo de aventura. Portanto, se a ideia é aproveitar o que há de melhor nesse segmento e curtir os passeios ao ar livre, não deixe de levar os tênis mais confortáveis para as caminhadas, protetor solar, roupas leves e itens para banho. Chegando por lá, os turistas encontram inúmeras opções de aventura como rafting, boia cross e outros.

Cambará do Sul (RS)

Foto: Jjunoo / Wikimedia Commons

Lar de Itaimbezinho e Fortaleza, o destino conta com belezas únicas com distintas paisagens que impressionam. Sua vegetação mais densa chama a atenção de diversos visitantes, que também não deixam de adicionar ao roteiro uma visita à Cachoeira dos Venâncios e o Lajeado da Margarida. O destino é ideal em todo o ano. No entanto, é bom se informar antes quanto às condições de visibilidade dos parques. No Parque Nacional da Serra Geral, por exemplo, é mais nítido no inverno, apesar de o tempo ser mais frio. 

Canela (RS)

Ainda no Rio Grande do Sul, Canela é uma ótima oportunidade para quem deseja estar mais afastado das grandes multidões e aproveitar de exímias paisagens e cachoeiras, por exemplo. Um dos destaques é a Cascata do Caracol, geralmente indispensável nos itinerários dos viajantes. Além disso, os turistas mais aventureiros podem ter a oportunidade de praticar alguns esportes radicais, como rapel, arvorismo e escalada. 

Chapada Diamantina (BA)

Foto: Kennedy Silva / Wikimedia Commons

Cachoeiras, rios e grutas são alguns dos atrativos naturais da Chapada Diamantina, no território baiano. O Parque Nacional da Chapada Diamantina é considerado um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil por conta das suas distintas paisagens e imersão completa na natureza. Com certeza as atrações valem a visita de quem quer ter aquele respiro em um local tranquilo e longe das aglomerações.

Chapada dos Guimarães (MT)

A Chapada dos Guimarães é um destino imponente e que justifica a criação do Parque Nacional. Dentro da sua área de conservação estão emblemáticos atrativos, como a Cachoeira Véu de Noiva. A cidade também conta com um estruturado parque de ecoturismo. O verão é a melhor época para curtir mais o local, visto que, no inverno, neblinas podem dificultar algumas práticas de esporte ou atividades. 

Fernando de Noronha (PE)

Foto: Own work / Wikimedia Commons

Destino consolidado até em um cenário internacional, Fernando de Noronha possui um belo conjunto de praias, que totalizam mais de 7 mil quilômetros de extensão. É possível mergulhar com tartarugas marinhas, navegar ao lado de golfinhos e ver o pôr do sol que só o Arquipélago de Fernando de Noronha pode oferecer. Se a ideia é economia, vale a pena visitar entre março e junho, quando os valores reduzem um pouco, apesar de que Noronha é considerado um dos destinos mais caros do Brasil. Prepare o bolso e o coração, pois as paisagens valem todo o esforço. Para curtir as praias, de agosto a outubro, é considerado o melhor momento por conta dos climas e pouca movimentação de turistas. Se o negócio é esportes no mar, como surf, de dezembro a fevereiro é época perfeita. 

Foz do Iguaçu (PR)

Beleza natural é algo que Foz do Iguaçu sabe oferecer. Além das Cataratas do Iguaçu, uma das sete maravilhas naturais do mundo, a cidade conta com o Parque das Aves, que reúne diversos tipos de pássaros, e opções de turismo de aventura e ecoturismo. Caso o desejo seja ver as quedas d’água em seu ápice do esplendor, vale a pena reservar entre outubro e março, quando há chuvas mais frequentes. Em noites de lua cheia o município fica ainda mais encantador, podendo presentear os turistas com o famoso arco-íris de prata. 

Ilha do Mel (PR)

Foto: Cyrus Augustus Moro Daldin / Wikimedia Commons

Para quem não quer aglomerações, pode ser um bom sinal já ficar ciente que carros não entram na ilha, reduzindo o volume de turistas. Todo o roteiro dos turistas acontece sobre trilhas de areia, permitindo que os aventureiros curtam aquele contato com a natureza e aproveitem ao máximo as praias mais distantes e remotas disponíveis na ilha. 

Jalapão (TO)

Este é um destino que, com o passar dos anos, vai conquistando ainda mais destaque, visto que suas paisagens são algumas das mais lindas encontradas no País. Há cachoeiras cristalinas, piscinas naturais e paredões que são considerados recompensas para quem encara as dificuldades para chegar ao destino, que isola os turistas e permite uma conexão forte com a natureza. 

Gostou das dicas? É um bom momento para anotar seus destinos favoritos e programar os próximos roteiros de suas viagens na natureza e longe de aglomerações. Afinal, estar longe de muvucas tem suas vantagens, e elas são inesquecíveis em uma viagem a dois ou em família!

Leia também:

» 5 lugares no interior de São Paulo que oferecem café da manhã
» 7 bons motivos para visitar Pomerode
» Descubra quais destinos brasileiros combinam com seu signo
» Hostel em Ilhabela oferece hospedagem em kombi, cabana e até casa na árvore

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Os 500 melhores destinos do mundo segundo o TripAdvisor

Artigo anterior

Hotel Yoo2 Rio lança campanha de verão com diária de cortesia e outros benefícios

Artigo seguinte

Você pode gostar