Uma viagem secular entre degustações, história e o icônico Pêra Manca: saiba porque você precisa conhecer a tradicional vinícola Adega Cartuxa, em Évora

Os apaixonados por vinho e por histórias que estão planejando uma viagem a Portugal devem incluir uma visita à histórica Adega Cartuxa, em Évora, ao roteiro. Isso porque o local oferece uma incrível viagem ao passado regada a boas degustações.

A vinícola faz parte hoje da Fundação Eugênio de Almeida, instituição que mantém um trabalho belíssimo com alguns dos principais patrimônios históricos, culturais e arquitetônicos da cidade. O prédio secular onde a visita ocorre, conhecido por Quinta de Valbom, foi construído entre 1587 e 1598.

Ali era o local onde funcionava a antiga casa de repouso da Companhia de Jesus e, ao seu lado, o histórico Mosteiro dos Cartuxos. Em 1759, Marquês de Pombal expulsou os religiosos do país, fazendo com que o edifício fosse entregue ao Estado e, posteriormente, no século XIX, adquirido pela família Eugênio da Silva. 

Atualmente, a vinícola possui mais de 45o mil hectares plantados em modo de produção biológica, além de ser responsável por diversos rótulos conceituados, como o EA, o Cartuxa e o emblemático Pêra Manca – que, de acordo com a lenda, foi levado por Pedro Álvares Cabral na expedição de descobrimento do Brasil.

Entre histórias e degustações: como é a visita

vinícola

Foto: Divulgação

O tour guiado de degustação acontece dentro do belo edifício histórico do século XVI. O trajeto leva aproximadamente 1h30 e começa situando o visitante sobre o panorama histórico do lugar. Um especialista acompanha o passeio e apresenta instalações que mostram a evolução da produção de vinhos – como eram produzidos no passado até os dias atuais.

Uma parte bem interessante do tour é um corredor de essências que reproduz os aromas de cinco tipos diferentes de uvas. Como em uma loja de perfumes, é possível mergulhar um papelzinho nas essências e compreender, de forma descontraída e sensorial, as notas presentes em cada rótulo. É hora de seguir para a hora mais aguardada do passeio: as degustações, que contemplam tanto os vinhos como os deliciosos azeites produzidos ali.

Além do tour, a loja anexa ao espaço é bastante agradável e oferece desde taças (com doses que podem ser consumidas na hora) como também diversas garrafas para levar para casa por valores mais acessíveis que os do mercado. No entanto, quanto ao icônico Pêra-Manca, a venda é limitada a uma garrafa por visitante.

Como visitar a Adega Cartuxa

vinícola

Foto: Guia Viajar Melhor

Para realizar o tour de enoturismo na Adega Cartuxa é necessário realizar um agendamento prévio. O local fica aberto todos os dias, das 10h00 às 19h00, exceto em datas comemorativas, como Natal e Ano Novo.

As visitas agendadas na vinícola são realizas nos seguintes horários: 10h30, 11h30, 15h00 e 16h30. A visita guiada, sem degustação, custa 5 euros e pode ser realizada em português, inglês, espanhol e francês. O valor com as degustações variam de acordo com os rótulos a serem provados. Para conhecer todas as possibilidades ou agendar seu passeio clique aqui.

Como chegar na Adega Cartuxa

évora

Foto: Guia Viajar Melhor

Para chegar até Évora partindo de Lisboa o trajeto de trem demora cerca de 1h30m saindo da Estações do Oriente, Entrecampos, Sete Rios ou Pragal. A Estação de Évora fica a apenas 5 minutos do centro histórico.

Já de carro, a cidade de Évora vindo de Lisboa (duração média de 1h15m) e por meio do Porto (duração de 4h). A vinícola Adega Cartuxa fica a apenas três quilômetros minutos de carro ou táxi do centro histórico de Évora. Não tem erro: basta colocar no GPS e seguir o caminho indicado.

Conheça também a Enoteca Cartuxa

vinícola

Foto: Divulgação

Em pleno centro histórico de Évora está outro tesouro que também pertence ao legado da Fundação Eugênio de Almeida. Trata-se da Enoteca Cartuxa, um restaurante moderno que soube manter a atmosfera descontraída de uma taverna.
O local permite ao visitante encontrar a harmonia perfeita entre as taças de vinhos da Cartuxa – todos os rótulos podem ser solicitados em garrafas ou copos – e pratos regionais com toques contemporâneos. Há, ainda, anexada ao espaço, uma charmosa lojinha com diversas opções de produtos para aquirir, entre azeites, produtos gourmets regionais e, claro, os vinhos.

Onde se hospedar em Évora

évora

Foto: Divulgação

Para se inserir ainda mais nas história e tradições de Évora, a Pousada Convento de Évora é o lugar ideal para se hospedar na cidade. A pousada fica localizada no edifício do Mosteiro de S. João Evangelista, antiga residência dos monges Lóios. Construído em 1487, o espaço ainda mantém sua estrutura original e fica localizado ao lado do Templo de Diana, um dos mais importantes monumentos da cidade.

Um exemplo disso são as antigas “celas”, espaços onde os monges costumavam meditar, agora transformados em suítes sofisticadas e confortáveis. A atmosfera de paz encontrada em todos os ambientes da hospedagem é potencializada nos claustros no pátio interior, enfeitados por um jardim e uma piscina espaçosa.

+ Info
Adega Cartuxa
Quinta de Valbom, Estrada da Soeira, 7005-003 – Évora
E-mail.: [email protected]
Site: www.cartuxa.pt

* Esta viagem foi feita a convite do Projeto Descobrir Portugal em conjunto com a Lexus Portugal que cedeu um carro híbrido  durante o roteiro

Leia também:

» Dicas de turismo em Óbidos
» Portugal é eleito melhor destino turístico do mundo
» Dicas de turismo em Sintra
» 6 hotéis históricos em Portugal para se hospedar

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

12 experiências que você precisa ter em uma viagem ao Porto

Artigo anterior

O que fazer em Bratislava: conheça 21 atrações turísticas imperdíveis

Artigo seguinte

Você pode gostar