Chapada dos Guimarães recebe primeiro Santuário de Elefantes da América Latina

O Santuário conta com sede própria na Chapada dos Guimarães com capacidade para receber até 50 animais

Ainda pouco conhecido pelos brasileiros, o Santuário de Elefantes Brasil está localizado na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, a apenas 65km de Cuiabá. O projeto é mantido pelo Global Sanctuary for Elephants (GSF) e pela ElephantVoices, organizações internacionais coordenadas por especialistas no resgate e nos cuidados de elefantes em situações de risco, e que atuam em diferentes lugares do mundo.

Na unidade brasileira, a organização que é sem fins lucrativos, também trabalha com o compromisso de oferecer um verdadeiro santuário na conservação dessas espécies, sendo o único em toda a América do Sul. O projeto que chegou no Brasil a pouco mais de um ano também propõe um espaço inovador, usando o país como a primeira unidade do continente com um santuário próprio. “O Santuário de Elefantes Brasil irá proporcionar um ambiente nutritivo, grande, onde os elefantes poderão socializar com outros de sua própria espécie, migrando e pastando ao longo de centenas de hectares, nanando e se refrescando em lagoas…” afirma a organização.

No Santuário de Elefantes Brasil, uma área que equivale a 1.540 campos de futebol é dedicada exclusivamente na conversação dessas espécies em solo mato-grossense, podendo receber até 50 elefantes para recuperação. O terreno repleto de morros e nascentes é o ambiente ideal para a recuperação sadia desses animais vítimas de maus tratos.

Os primeiros hóspedes do santuário foram as elefantas Maia e Guida, que estavam a mais de 40 anos vivendo em cativeiro. O transporte foi feito graças a contribuição de internautas que arrecadam a quantia em uma campanha online, para custear a viagem das fêmeas. As duas estavam acorrentadas em uma casa rural de um advogado de um circo em Minas Gerais. Depois de serem transportadas para o novo lar, os animais começaram todo o processo de readaptação e conhecimento do santuário. Ainda em 2017 a organização aguarda a chegada de Ramba, que está no Chile, uma outra fêmea que vivia em um cativeiro e agora receberá nova morada.

Scott Blais, norte-americano especialista em elefantes, veio de Tenesse com sua esposa, a veterinária Keith, para trabalhar no projeto. Durante a adaptação das primeiras fêmeas, Scott foi bastante otimista. “Era possível ver que uma interagia com a outra. Elas descansaram tranquilamente e também se alimentaram normalmente”, relatou em entrevista à Folha de SP.

Em seus programas de expansão, o santuário também planeja a implantação do Centro Cultural do Santuário de Elefantes Brasil, no município de Chapada dos Guimarães, MT, onde a instituição está localizada. O espaço será dedicado para exposições fixas e itinerantes, informações sobre a fauna e flora nativas, telas transmitindo em tempo real imagens do santuário mostrando o dia a dia dos elefantes, além de muito conteúdo sobre as espécies e a importância em preservá-las.

Fotos: Divulgação / Santuário de Elefantes Brasil


- Descubra o hotel ideal para você, reserve seu hotel com o Booking.com.
- Encontre pacotes de viagem em oferta com a CVCSubmarino ViagensDecolar.com.
- Pesquise os melhores preços de passagens aéreas em tempo real para a sua viagem.
- Consiga a melhor cotação de câmbio turismo do dia em diferentes moedas.