Turismo em Piranhas: o que ver e fazer

250x250_POA_RAO.jpg

Erguida sobre às margens das águas claras do Rio São Francisco, a simpática cidade de Piranhas está localizada no oeste do estado de Alagoas em meio ao sertão, a cerca de 282 km de distância da capital Maceió. O município possuí um belo conjunto arquitetônico super charmoso, com inúmeras casinhas coloridas e bem preservadas que chamam atenção dos visitantes, tantas belezas rendeu a cidade o título de Patrimônio Histórico Nacional.

Apelidada de Lapinha do Sertão, Piranhas tem ruas estreitas que são marcadas por diversos casarios da época colonial construídos no séculos XVIII e XIX, com arquitetura estilo colonial inglês e português.

O pequeno povoado ficou nacionalmente conhecido pela a imagem das cabeças degoladas expostas no casarão do Antigo Palácio Provincial de Lampião, Maria Bonita e seu bando de comparsas. A ação foi realizada pelo antigo tenente da cidade João Bezerra, em uma emboscada realizada na Gruta do Anjico, em 1938.

Piranhas é o melhor destino para quem deseja se refrescar nas águas verdes e mornas do Rio São Francisco e desbravar uma das regiões mais bonitas e exóticas do nordeste brasileiro: os Cânions do Xingó. A atração pertence ao município vizinho, Canindé de São Francisco, no estado de Sergipe.

A cidade também oferece uma gama de opções de hospedagem, restaurantes e barzinhos. Aos finais de semana seu centrinho histórico tem uma noite bem agitada, com música ao vivo e apresentações tipicas da região. A cidade também pode ser contemplada dos dois mirantes que podem ser vistos em qualquer canto de Piranhas, a Igreja do Senhor do Bonfim, de outro o Mirante Secular ocupa o pico mais alto da cidade com acesso em uma imensa escadaria com 385 degraus.

O que fazer:

Torre do Relógio

A antiga torre do relógio encontra-se em frente ao Museu do Sertão e foi construída em 1879. A noite o Café da Torre funciona no alto da edificação.

Foto: Rute Barbosa

Igreja Nosso Senhor do Bonfim

A simpática igreja fica no topo de um mirante com acesso em uma enorme escada com 265 degraus, do topo é possível avistar uma maravilhosa vista com o Rio São Francisco como plano de fundo.

Foto: Marinelson Almeida

Museu do Sertão

O Prédio da antiga estação ferroviária abriga hoje o Museu do Sertão, que conta com inúmeros objetos, roupas, armamentos e utensílios da época do cangaço. O espaço também carrega murais que narram a história dos cangaceiros e reproduções de imagens famosas.

Foto: Pé na Estrada Blog

Foto: Pé na Estrada Blog

Centro de Arte e Cultura

Se você deseja levar uma lembrancinha o melhor lugar para fazer compras é o Centro de Artesanato, Artes e Cultura de Xingó. No espaço são vendidos peças de arte e artesanato produzidos nas cidades do sertão alagoano como cestas, cerâmicas, bebidas, doces e roupas.

Foto: Partiu Pelo Mundo

Foto: Partiu Pelo Mundo

Prainha

O acesso a prainha é feito pelo centrinho histórico de piranhas, a atração fica na Orla Altemar Dutra, que possuí poucos restaurantes e barzinhos que oferecem estrutura para quem vai passar o dia inteiro relaxando nas águas do Rio São Francisco.

Hilton Lebarbenchon

Foto: Hilton Lebarbenchon

Centro Histórico

Reserve ao menos um dia para andar por todas as ruas do centro que você conseguir. Encontre novos ângulos para visualizar Piranhas, as casinhas coloridas e as praças da cidade são ótimos lugares para fazer uma fotografia perfeita e levar como recordação.

Foto: Cláudio Maranhão

Mirante Secular

Construído no século 19, o Mirante Secular funcionava como um pequeno farol que guiava as embarcações que passavam pela águas do Rio São Francisco. O mirante abriga uma pirâmide com 8 metros de altura que marca a transição do século 19 para o 20.

Cara Siqueira

Foto: Carla Siqueira

Outros atrativos para conhecer em Piranhas:

  • Praça da Matriz
  • Rota do Cangaço
  • Igreja Nossa Senhora da Saúde
  • Mirante Secular
  • Estação Ferroviária
  • Cachoeira do Vale da Ribeira
  • Riacho do Talhado
  • Trilha do Rio Capiá
  • Largo do Comércio

Como chegar:

De avião
Piranhas não possuí aeroporto, o jeito mais fácil de chegar até a cidade é desembarcar no aeroporto de Maceió ou Aracaju e de lá se deslocar de ônibus ou alugando um carro.

De ônibus
Os ônibus com destino a Piranhas saem diariamente das rodoviárias de Maceió e Aracaju. Da capital sergipana a viagem dura em média 4h30 até Canindé. Em seguida é preciso pegar um táxi até Piranhas, 10 minutinhos no máximo.

De carro
Vindo de Maceió pela BR-101, siga até o município de Areia Branca na BR-235, seguindo para Itabaiana. Após, o trajeto, entre na rodovia SE-106 até Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora da Glória. Em seguida, siga pela SE-206 percorrendo até chegar em Piranhas.

Onde ficar:

Pousada O Canto
R. do Canto, 15 – Centro Histórico, Piranhas
Tel.: (82) 3686-3459
www.pousadaocanto.com.br

Albergue Maestro Egildo Vieira
Rua Tiradentes, 92 – Centro Historico
Tel.: (82) 8806-1566 / (82) 9633-7437
E-mail [email protected]

Onde comer:

Caboclo D’água
Acesso pela Rod. Canindé-Piranhas (portaria da Usina de Xingó), 10 km (1 km de terra)
Tel.: (082)8853-658

Leia também:
5 cidades para visitar em Alagoas
Praia do Francês, a atração mais badalada de Marechal Deodoro – Alagoas
6 praias em Alagoas que você precisa conhecer
Praia do Gunga e suas falésias coloridas
Restaurante em Maceió: Bodega do Sertão
Principais passeios para fazer em Maragogi, Porto de Galinhas, Tamandaré e região

_728x90_CGH_SDU.jpg

1 comentário

  1. Na casa da amiga é ? Desativa a localização do celular periguete kkkkkkkkhttp://www.mestresabe.com/2016/02/na-casa-da-amiga-e-desativa-localizacao.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>