Viajar não é só para quem é rico

Viajar pode ser mais fácil do que você pensa, confira algumas dicas para viajar gastando muito menos

Você já deve ter percebido que viajar está cada vez mais acessível, hoje em dia há várias formas de embarcar em uma viagem gastando menos, seja fechando direto com uma agência de viagem parcelando tudo em 12x ou organizando por conta própria cada detalhe do seu roteiro. Para hospedagens há cada vez mais hostels com acomodações compartilhadas ou casas para temporada, se for grupos maiores sempre sai mais barato que hotéis, você encontra essas opções em praticamente todos os destinos turísticos.

Também já fizemos um guia de como comprar passagens aéreas em promoção, pois muitas vezes essa é a parte que mais encarece as tão sonhadas férias, mas com um bom planejamento isso pode ser resolvido de forma fácil.

Escolha o destino certo:

Certamente o que mais pode encarecer uma viagem é o destino, mas fazendo a escolha certa isso se resolve fácil. Em Cusco, no Peru, você também encontra hospedagens mais econômicas de até 15 reais a diária. A média de uma refeição em um restaurante local é de 8 reais, com uma entrada que normalmente é uma sopa ou guacamole com nachos, um prato principal e um refresco. Em lugares mais simples você encontra esse mesmo combinado por 4 ou 5 reais. Em La Paz, capital da Bolívia, o ônibus circular e o teleférico custam 70 centavos, um restaurante de alto padrão para duas pessoas custa menos que um fastfood em terras brasileiras.

Na região norte e nordeste do Brasil também há opções mais acessíveis que no restante do país, basta fugir das opções “pega turista”. Se você está pensando em viajar por longo prazo, também já separamos algumas ideias de profissões para trabalhar viajando o mundo. Dependendo da sua profissão é possível colocar a carreira na mala e viajar fazendo o mesmo trabalho que você já faz em qualquer lugar do mundo, sem que isso comprometa sua renda.

Ainda sobre a escolha do destino, em alguns países a moeda brasileira é mais valorizada, como na Bolívia, Venezuela, Colômbia e em boa parte da América Latina, Oriente Médio e da Ásia. Em outros países a moeda é equivalente, mas o custo de vida pode ser mais barato, como no caso dos destinos peruanos e em partes do Chile e Argentina. No final das contas, em determinados lugares sai mais barato viajar do que ficar em casa.

Se você pretende fazer um mochilão, vale considerar destinos mais baratos para poupar dinheiro na viagem. Em lugares que o custo de vida é mais alto, também há a opção de trabalhar durante a sua estadia na região. Também já falamos aqui como viajar o mundo sendo voluntário e como trocar trabalho por hospedagem em hostels. Dessa forma você consegue reduzir drasticamente os custos da sua viagem, ideal para vivências de longo prazo.

Como economizar dinheiro antes da viagem:

Viajar é uma conquista como qualquer outra. Não há milagres. Quando você compra algo de valor, seja um carro, uma moto ou algum eletrônico de última geração, você se planeja, e se necessário, abri mão de algumas besteiras do dia a dia. Você se desapega de algumas coisas para conquistar outras. E se sua prioridade for viajar e ter uma experiência legal, você vai conseguir encontrar algum caminho para conseguir.

Pelas ruas de Cusco, Peru. Foto: Gustavo Albano

Trekking no deserto do Sahara em Marrocos. Foto: Emaze

Plaza Murillo, La Paz, Bolivia – Foto: Ennio Fratini

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis

Leia também:

Navagio Beach, a praia mais bonita do mundo
Conheça as praias mais procuradas no Brasil
Os melhores passeios para fazer em Angra dos Reis
100 destinos brasileiros para você conhecer o quanto antes
A Terra dos Incas: descubra os principais atrativos turísticos peruanos

Booking.com