Considerada a capital do mundo, Nova York é um dos maiores destinos turísticos do mundo! Confira dicas de como aproveitar ao máximo a cidade

Conheça 6 dicas essenciais da Melissa Freitas, que certamente ião te ajudar a aproveitar ao máximo a cidade de Nova York:

Para te ajudar no planejamento da sua viagem a cidade mais incrível dos Estados Unidos, separei algumas dicas essenciais para que você aproveite muito mais a cidade e tudo que ela oferece.  

Dicas para aproveitar Nova York

Coma bem sem gastar uma fortuna

Minha dica para isso é apostar em conhecer os mercados da cidade. Nessa última viagem me dediquei a conhecer o máximo de mercados possíveis em Manhattan, e pude visitar novamente o Eataly que para mim é imperdível. Nele  você consegue comer uma foccacia deliciosa por um excelente preço. Além disso, você encontra opções de gelatos, cafés e diversas outras opções de pratos italianos. 

Outra dica de Mercado é o Little Spain no Hudson Yards, que oferece uma boa variedade de comida espanhola. Além disso, em Nova York você ainda encontra o Time Out Market e o Chelsea Market, que são outras opções legais de mercados para serem visitados.

Economize muito ao visitar as principais atrações de Nova York

De fato, Nova York possui muitas atrações, e com o dólar nessa altura, visitar os principais pontos turísticos da cidade pode sim, sair um pouco do orçamento. Na minha última visita a cidade, pude finalmente testar um passe que eu sempre tive vontade de usar, o City Pass New York.

Sendo sincera com vocês, eu adorei o passe, achei que o custo benefício do mesmo é realmente muito bom, pois além de te ajudar a economizar dinheiro, te poupa um baita tempo nas filas. 

City Pass

dicas nova york

Foto: Melissa Freitas

O City Pass é um passe que te permite escolher entre as principais e mais famosas atrações de Nova York, e ao compra-lo você tem direito de visitar as seguintes atrações :

  • Empire State Building
  • Museu Americano de História Natural
  • The Metropolitan Museum of Art
  • Top of The Rock ou o Museu Guggenheim
  • Estátua da Liberdade ou algum dos cruzeiros da Circle Line
  • Memorial & Museu do 11 de Setembro ou o Museu Intrépido do Mar, Ar & Espaço

É muito importante que você preste atenção nesse “ou” das últimas três opções acima, pois você tem direito de escolher entre as atrações e não necessariamente visitar ambas.

Para mim, essa escolha foi muito fácil, escolhi visitar o Top of The Rock, a Estátua da Liberdade e o Museu do 11 de Setembro, que na minha opinião, são lugares imperdíveis.  O valor do passe é de 132 dólares por adulto, ou de 108 dólares por criança.

Caso você faça as seis atrações permitidas, o valor médio de cada sai em torno de 22 dólares, um preço realmente impressionante, pois somente a entrada no Top of The Rock custa 38 dólares, e para o Empire State Building 42 dólares. 

Vale a pena ressaltar que partir do primeiro dia que você usa o passe, você possui 9 dias para utiliza-lo nas demais atrações. 

Outra vantagem enorme é que você consegue escapar de muitas filas, visto que na maioria das atrações, existe uma fila diferenciada para quem possui o passe, e ela, geralmente anda bem mais rápido. No geral a minha experiência usando o passe em Nova York foi muito positiva, e em uma próxima viagem pretendo usá-lo novamente. 

Escolha um excelente hotel com um bom custo benefício

Foto: Divulgação

Existem algumas coisas que são realmente difíceis de economizar ao visitar Nova York, como na hospedagem, por exemplo, porém após pesquisar muito, encontrei um hotel com um excelente custo benefício e localização em Manhattan, o Fifty Hotel & Suites by Affinia. 

Desde o momento do check in no hotel fui super bem recebida pelos funcionários que são extremamente solicitos. Além disso, fiquei surpresa com a excelente localização do hotel que fica a cerca de 2 km da Times Square, a menos de 1 km do Rockfeller Center.

Os quartos do hotel também me surpreenderam pelo seu tamanho, que de fato, são bem maiores que os típicos quartos pequenos e apertados da cidade. Além de ser espaçoso, a decoração do quarto é simples e charmosa, tornando o ambiente em um espaço bem aconchegante. 

No  2º andar, você encontra a área VIP , que conta uma decoração moderna e oferece serviço de concierge, bem como sessão de vinhos à noite e café da manhã diário que é cobrado a parte.

Vale dizer que um cafezinho no balcão fica disponível o dia inteiro como cortesia aos hóspedes. Minha experiência no hotel foi muito positiva, adorei me hospedar por lá, e sem dúvidas em uma próxima visita a cidade, pretendo voltar. 

Faça suas compras em algum dos outlets que ficam por perto da cidade

Apesar de Nova York ter muitas opções de lojas e shoppings, a melhor forma de economizar é deixar para fazer suas compras em algum outlet na região. Eu optei por conhecer Jersey Gardens nessa viagem, que um outlet muito bom em Nova Jersey. Vale dizer que nele as taxas são de apenas de 3,5%, sendo que não há cobrança de taxas para roupas.

Enquanto isso, em Nova York também não existe cobrança de taxas para roupas ou calçados com preços inferiores a 110 dólares por item, porém para outras coisas as taxas são de  8,875%. Para chegar no Jersey Gardens basta pegar o ônibus na Penn Station em Nova York, o trajeto dura aproximadamente 40 minutos e a passagem de ida e volta custa cerca 14 dólares. 

Use muito o transporte público

Foto: Melissa Freitas

Ao contrário de cidades como Miami e Orlando, em Nova York, a melhor opção tanto em questões de eficiência e de economia é utilizar o transporte público. Esqueça Uber e Táxi em Nova York, não vale a pena optar por esses meios de transporte, a não ser que a sua intenção seja ir ou voltar do aeroporto. 

A minha dica para economizar é o metrocard e comprar o passe semanal de 33 dólares, pois o custo benefício dele é muito bom. Contudo, caso você fique apenas um ou dois dias na cidade, recomendo fazer as contas para ver se compensa ou não comprar o passe.

Fique o máximo de tempo que conseguir na cidade

Nova York

Dicas de Nova York. Foto: Melissa Freitas

É muito comum ver diversos turistas que ficam apenas poucos dias em Nova York, ou seja, 3 ou 4 dias na cidade. Claro que entre não ir ou ficar poucos dias, é melhor optar por ficar menos na cidade mesmo. Porém, caso você possa, fique o máximo de tempo que puder, afinal, nada melhor que conhecer o máximo de Nova York, e ainda com tranquilidade.

Vai por mim, a cidade é tão grande e diversa que você consegue facilmente preencher 10 dias de viagem com passeios por lá. 

Por fim, cidade é realmente enorme, mas se você planejar e se organizar, dá para conhecer o melhor da cidade e aproveitar muito. Espero que com essas dicas eu tenha te ajudado a a organizar melhor seu roteiro para sua próxima viagem a Nova York. 

Leia também:

» cidade mais incrível dos Estados Unidos
» 3 observatórios para conferir as melhores vistas de Nova York
» Melhor época para viajar aos Estados Unidos
» Veja 12 cidades mais bonitas para visitar nos Estados Unidos

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Gol cancela voos regionais e mantém rotas apenas para capitais

Artigo anterior

Israel: 5 passeios imperdíveis para fazer em Tel Aviv

Artigo seguinte

Você pode gostar