Tudo o que você precisa saber para curtir uma viagem perfeita à França

A França figura no topo da lista de todo viajante e está entre os destinos mais visitados do mundo. E não é difícil entender o porquê, já que o país concentra alguns dos mais belos lugares já vistos, como o inigualável charme e romance de Paris, a vida glamourosa de Saint Tropez, os belos campos de lavanda da Provence, os castelos medievais mais imponentes e belos no Vale do Loire, entre muitos outros.

A França parece mesmo um sonho – e para aqueles que desejam realizá-lo pela primeira vez, é importante fazer um planejamento e ficar atento a alguns detalhes importantes.  Algumas dúvidas sobre documentação, visto, dinheiro, transporte sempre acabam surgindo em uma primeira viagem e é imprescindível realizar um check-list para aproveitar ao máximo sua viagem sem dor de cabeça.

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Para quem está indo pela primeira vez, uma das opções mais seguras é contratar uma empresa de receptivo baseada na França e especializada em receber brasileiros no país, que fará de seu passeio algo ainda mais completo.

A França Entre Amigos oferece estes serviços e conta com profissionais especializados que já conhecem os brasileiros, sua cultura e preferências. Sem dúvidas sua visita ao país será muito mais agradável, e o melhor, sem erro!

Confira, abaixo, dicas para planejar sua primeira viagem à França e descobrir tudo o que o país tem a oferecer.

Quais documentos apresentar?


Foto: TheDigitalArtist / Pixabay

Para entrar na França a turismo e com permanência de até 90 dias não é necessário visto, apenas um passaporte válido com no mínimo três meses. Além disso, é importante ter em mãos:

  • A reserva dos hotéis ou a carta convite assinada por um cidadão italiano garantindo sua hospedagem;
  • Seguro saúde internacional;
  • Recursos financeiros que possam garantir sua estadia no país e provar que você tem como se sustentar durante o período da viagem;
  • Passagens aéreas de ida e volta

Idioma


Foto: Commander05 / Pixabay

O idioma predominante na França é o francês, mas isso não é tão desesperador quanto parece. Apesar dos brasileiros terem pouca afinidade com esta língua, é possível se comunicar para as principais atividades com algumas dicas. Uma delas é aprender, antes de viajar, as palavras básicas que serão mais utilizadas durante sua visita.

Muitos franceses, especialmente os jovens, também falam inglês, o que facilitará sua comunicação se você dominar este idioma. Outra ideia é baixar aplicativos de tradução simultânea que podem quebrar um galho quando você precisar.

Qual a melhor opção de transporte dentro do país?


Foto: kirkandmimi / Pixabay

A França conta uma rede de transportes que é um exemplo no mundo todo, por isso você não terá dificuldade alguma em se transportar no país. Várias cidades francesas possuem amplas linhas de metrô e ônibus.

Em Paris, por exemplo, vale a pena se locomover de metrô, que conta com 15 linhas e cerca de 300 estações. Desta forma é possível também se transportar a outras cidades que fazem parte da grande Paris e são ligadas pelo RER (Rede Expressa Regional).

A França também possui uma das melhores malhas ferroviárias do mundo, então não pense duas vezes antes de viajar a bordo de um TGV, os trens de alta velocidade que podem atingir até 300 quilômetros por hora e atravessar os 776 quilômetros entre Paris a Marselha em apenas três horas. Práticos e seguros, são a melhor opção para se transportar para diversas regiões do país. Acesse aqui o site oficial das ferrovias francesas.

Veja as Estações Ferroviárias de Paris e seus principais destinos:

  • Gare du Nord: Lille, Bruxelas, Amsterdã, Londres
  • Gare de l’Est: Reims, Estrasburgo e Troyes
  • Gare St-Lazare: Deauville, Lisieux e Rouen
  • Gare de Montparnasse: Toulouse e Bordeaux
  • Gare de Lyon: Lyon, Chamonix, Marselha e Nice
  • Gare d’Austerlitz: Orléans, Blois e outras cidades do Vale do Loire

O avião também é uma boa opção para se transportar pelas maiores cidades do país, mas é uma opção tão vantajosa como os trens. A Air France, principal companhia aérea francesa, oferece voos diários entre Paris e as principais cidades. Porém, não esqueça de pensar na bagagem e suas regras de peso, que costumam ser bastante rígidas.

Se você estiver com um tempo curto para visitar a França, lembre-se que os aeroportos costumam ficar distantes dos centros das cidades, além das filas e burocracias necessárias antes de decolar.

Para explorar os lugares sem pressa, a bicicleta é um meio de transporte muito utilizado pelos franceses e proporciona uma experiência incrível entre as ruas das principais cidades que, aliás, disponibilizam as magrelas gratuitamente.

Uma outra opção de transporte dentro do país é o aluguel de carros. Algumas empresas, como a França entre Amigos, realizam diversas opções de roteiros e contam com motoristas que já conhecem a região, além da vantagem de falarem português, tudo para deixar a viagem mais confortável e segura.

Qual a melhor época para visitar a França?


Foto: Walkerssk / Pixabay

Já sabemos que frio e calor são fatores bastante pessoais. Por isso, a melhor época para visitar a França vai depender das suas preferências. A boa notícia é que o clima da França é temperado, garantindo temperaturas amenas o ano todo.

Porém, como em todo lugar, algumas regiões tendem a ser mais frias e outras mais quentes. O norte e o oeste do país são mais frescos e úmidos. Já no Mediterrâneo o clima tende a ser mais quente e seco.

Durante o inverno, que vai de dezembro a fevereiro, especialmente nas regiões montanhosas, ao norte do Rio do Loire e, algumas vezes em Paris, a neve aparece.

Durante a primavera, período de março a maio, já começa a esquentar em Nice e Cannes. O período é belíssimo, repleto de cores e aromas.

No verão, que vai de junho a agosto, o clima é quente e calmo, e o sol chega para ficar, perfeito para aproveitar lugares como Marselha, onde as praias ficam lotadas.

Já no outono, de setembro a novembro, há alguns períodos em que chove e as temperaturas ficam mais amenas. Os dias ficam mais curtos e as cidades mais bonita com o contrates de cores.

Qual moeda levar à França?


Foto: Divulgação

Assim como grande parte dos países europeus, moeda oficial da França é o euro. No Brasil é muito fácil encontrar locais para adquirir seus euros, basta procurar uma casa de câmbio confiável. Levando o dinheiro em espécie você não paga o IOF, apenas a taxa de câmbio do dia da compra.

Além dos euros, você pode utilizar os cartões de crédito e débito internacionais – esses cobram o IOF a cada compra ou saque realizado.

Lembre-se sempre de se informar sobre as taxas para saber exatamente qual opção compensa mais na data da sua viagem.

+Info:

França entre Amigos
França: 06 64 54 59 01
Brasil: 00 (XX) 33 664545901
www.francaentreamigos.com.br

» Nice, Mônaco, Cannes e outros lugares para conhecer na Riviera Francesa
» Qual a melhor época para viajar para a Europa?
» França encantada: cidades e vilarejos mais charmosos do país

Dica extra para reservar hotéis

Para encontrar inúmeras opções de acomodação e reservar hotéis e pousadas com os melhores preços, utilizamos o Booking.com - disponível em milhares de destinos.

Passagens aéreas mais baratas

Para economizar com voos, consultamos primeiro as passagens aéreas na MaxMilhas, - quase sempre encontramos os melhores preços tanto no Brasil quanto no exterior. As passagens podem ser emitidas mesmo para quem não tem milhas aéreas.

Outras dicas úteis

Encontre informações úteis sobre os melhores destinos do mundo, com guias de viagens especializados sobre diferentes lugares para conhecer no Brasil e no exterior. São milhares de dicas de viagens com sugestões de onde ir na sua viagem, recomendação de hotéis, notícias atualizadas e muito mais.

Precisa de um carro na sua viagem? Encontre aluguel de carro na Rentcars e cote modelos diferentes podendo ser parcelado em até 10x. Já para passeios e ingressos antecipados, fechamos tudo sempre pela Get Your Guide.

Deseja falar com a redação, promover a sua marca ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

  Inscreva-se em nosso canal:  

Planeje sua Viagem


Dicas para planejar sua primeira viagem a Turquia

Artigo anterior

Dicas para planejar sua primeira viagem a Bariloche

Artigo seguinte

Você pode gostar