Viajar para o Chile na pandemia: entenda quais são os protocolos de segurança, como quarentena, formulários e até mesmo restrições de entrada 

A pandemia do coronavírus tem alterado muitos aspectos na vida das pessoas, principalmente quando o assunto é viagem. Ao precisar se locomover para algum destino, o passageiro deve estar atento às principais regras de entrada e protocolos de segurança de cada país, que podem mudar a qualquer momento, devido à instabilidade que o mundo inteiro está passando.

A maioria das nações passou a estabelecer alguns protocolos, como realização de teste de COVID-19 antes do embarque, ou até mesmo na chegada ao destino, quarentena obrigatória e preenchimento de formulários para garantir mais segurança aos passageiros.  Agora, conheça quais são as regras atualizadas para viajar ao Chile, mas lembre-se: elas mudam a qualquer momento, então certifique-se sempre antes de viajar.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Restrições de entrada no Chile

viajar para o chile na pandemia

Foto: Reprodução

Até o momento será permitida a entrada dos seguintes passageiros em território chileno : 

  • Chilenos e estrangeiros residentes.
  • Estrangeiros não-residentes devidamente autorizados pelo consulado do Chile no país de origem. Isso deve ser feito através de uma carta consular oficial.
  • Estrangeiros não residentes que estiveram nos últimos 14 dias em países sem transmissão comunitária conforme classificação da OMS.

Formulários para entrar no Chile

Todos os passageiros devem preencher a  “Declaração de Saúde” online 48 horas antes do voo para o Chile. Eles estarão sujeitos a um período de rastreamento obrigatório de 14 dias após sua chegada, que consiste em informar diariamente sua localização e condições de saúde.

Teste de COVID-19 para entrar no Chile

Todos os passageiros, independente de sua nacionalidade, devem realizar um teste RT-PCR até 72h antes do embarque e apresentar o resultado negativo. Crianças com menos de dois anos de idade estão isentas dessa obrigatoriedade. O laudo deve ser anexado à “Declaração de Saúde” que é preenchida online.

Testes permitidos: PCR; RT-PCR; Q-PCR; Rapid PCR; PCR Múltiple; RT-PCR DIGITAL; qSTAR; RT-LAMP; NEAR; OMEGA; TMA o NAAT.

Além do teste realizado até 72 antes do embarque, na chegada ao Chile, é obrigatório colher uma nova amostra para checagem. Todos os passageiros serão levados a um Transit Hotel por cinco dias para aguardar o resultado do exame. Caso seja positivo, medidas de quarentena serão alteradas.

Brasileiros precisam fazer quarentena no Chile?

Todas as pessoas que chegarem ao país devem fazer uma quarentena obrigatória de 10 dias que funciona da seguinte forma: os passageiros são levados a um hotel temporariamente, onde devem se hospedar nos primeiros cinco dias. Após esse período, um teste de coronavírus RT-PCR é exigido.

Com relação aos custos, as seguintes regras devem ser obedecidas: 

  • É responsabilidade do viajante arcar com os custos da estada de cinco dias no hotel temporário. Os estrangeiros não residentes no Chile devem fazer este pagamento através do Passaporte Saúde antes do embarque. 
  • Os demais cinco dias de isolamento podem ser realizados em sua residência ou no local que foi declarado pela própria pessoa, caso o teste RT- PCR comprove um resultado negativo. Caso seja positivo, será imposta uma quarentena em uma residência designada que não acarretará nenhum custo ao viajante. 

Além desses pontos, o passageiro terá até 24h após a saída do hotel para se deslocar em transporte público ou privado até o local onde será cumprido o restante do isolamento, desde que cumpra todos os protocolos de segurança e medidas sanitárias. 

A quarentena também é uma exigência para voos domésticos. Os passageiros que moram na região de Aysén podem ingressar em outras cidades sem apresentar o teste negativo de COVID-19, mas devem cumprir a quarentena obrigatória. Mas, caso o viajante apresente o exame, ficará isento da quarentena. Crianças menores de oito anos também estão isentas do teste. 

Seguro saúde no Chile

Os turistas devem apresentar um seguro viagem com cobertura completa para COVID-19. 

Leia também:

» É preciso exame PCR de COVID para viajar ao Brasil?
» Regras para viajar de avião ao Brasil 
» Teste de COVID e regras atualizadas para viajar ao Brasil
» Chega ao Brasil o primeiro avião da Itapemirim Transportes Aéreos

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Hospedagem em um ‘casulo’ oferece experiências imersas na montanha

Artigo anterior

Réveillon no Brasil: 15 viagens perfeitas para fazer no ano novo

Artigo seguinte

Você pode gostar