Roteiro pelo Leste Europeu reúne as cidades mais lindas da Europa Central. Confira uma viagem entre Praga, Viena, Bratislava e Budapeste 

Com cidades que abrigam uma rica história e acervos arquitetônicos inimagináveis, os destinos do Leste Europeu estão no imaginário de todos os viajantes que buscam conhecer vestígios autênticos de um pedaço da Europa menos exploradora por turistas de massa. Esse é o caso de países como República Tcheca, Áustria, Eslováquia e Hungria.

Essa área da Europa já foi palco de intensos conflitos de grandes impérios como o austro-húngaro e o turco-otomano, e também sofreu com as duas grandes guerras mundiais. Essas influências inegavelmente formaram uma trajetória histórica e cultural fascinantes, bem diferente dos países da Europa Ocidental.

Com a finalidade de ajudar no seu planejamento em uma viagem ao Leste Europeu, separamos dicas de como se locomover, qual a melhor época para visitar e o que fazer em cada destino.

Descubras quais as cidades que você pode conhecer neste surpreendente roteiro pelo Leste Europeu passando pelas capitais da República Tcheca, Áustria, Eslováquia e Hungria, e confira as principais dicas de atrações de cada região.

Como se locomover no Leste Europeu

Roteiro pelo Leste Europeu

Roteiro pelo Leste Europeu: Budapeste. Foto: Jorge Franganillo / Flickr

Todas as cidades desse roteiro pelo leste Europeu são conectadas por companhias de ônibus, trens e alguns trechos de barco, fazendo com que todos os deslocamentos sejam fáceis e rápidos de fazer. Entretanto, conhecer todas as opções te fará tomar decisões mais inteligentes, dentro das suas necessidades.

Confira quais as distâncias entre as principais cidades do roteiro e veja quais empresas oferecem o serviço de traslado entre cada capital:

De Praga

Bratislava: média de 4h40 min de ônibus (compre na Flixbus) e 5h de trem (compre na Rail Europe ou na Omio

Viena: média de 4h de ônibus (compre na Flixbus) e 4h de trem (compre na Rail Europe ou na Omio)

Budapeste: média de 6 de ônibus (compre na Flixbus) e 6h30 min de trem (compre na Rail Europe ou na Omio)

De Viena

Praga: média de 4h de ônibus (compre na Flixbus) e 4h de trem (compre na Rail Europe ou na Omio)

Bratislava: média de 1h de ônibus (compre na Flixbus), 1h de trem (compre na Rail Europe ou na Omio) e 1 hora de barco com a empresa Twin City Liner.

Budapeste: 3h de ônibus (compre na Flixbus) e 2h 30min de trem (compre na Rail Europe ou na Omio)

De Bratislava 

Praga: média de 4h40 min de ônibus (compre na Flixbus) e 5h de trem (compre na Rail Europe ou na Omio 

Viena: média de 1h de ônibus (compre na Flixbus), 1h de trem (compre na Rail Europe ou na Omio) e 1 hora de barco com a empresa Twin City Liner.

Budapeste: média de 2h 20min de ônibus (compre na Flixbus) e 2h 40min de trem (compre na Rail Europe ou na Omio 

De Budapeste

Praga: média de 6 de ônibus (compre na Flixbus) e 6h30 min de trem (compre na Rail Europe ou na Omio)

Bratislava: média de 2h 20min de ônibus (compre na Flixbus) e 2h 40min de trem (compre na Rail Europe ou na Omio 

Viena: 3h de ônibus (compre na Flixbus) e 2h 30min de trem (compre na Rail Europe ou na Omio)

Quando ir

Roteiro pelo Leste Europeu

Roteiro pelo Leste Europeu: Praga. Foto: Wikimedia Commons

As estações da Primavera e Outono possuem climas agradáveis e temperaturas mais amenas. Durante os meses de maio a junho, e setembro a novembro, há menos turistas nessa região da Europa e os preços costumam diminuir um pouco, sendo assim, uma ótima época para quem deseja economizar e pegar as cidades com menos fluxo de turistas.

O verão marca a alta temporada. A estação possui os dias mais longos do ano nessa região do globo e é considerada uma das melhores épocas para visitar o Leste Europeu com toda a certeza. Apesar de receber mais turistas e ter um aumento considerável no preço das hospedagens, é nessa época que ocorre mais eventos e festivais nas capitais europeias.

Já no inverno é totalmente ao contrário, as temperaturas costumam chegar a baixo de zero e o período com luz costuma ser bem menor. Entretanto, o inverno é ideal para quem deseja admirar as paisagens do Leste Europeu coberta de neve.

Cidades do Leste Europeu: onde ir e o que fazer 

Roteiro pelo Leste Europeu

Roteiro pelo Leste Europeu: Bratislava. Foto: Wikimedia Common

Praga

Não tem como negar, a cidade de Praga é certamente um dos destinos mais atraentes e charmosos da Europa. Com clima bucólico, a capital da República Tcheca abriga um impressionante conjunto arquitetônico que forma o principal cartão postal do destino.

Repleta de construções medievais, prédios em estilo art nouveau e suas catedrais góticas, Praga é certamente um paraíso para amantes da arquitetura e história. Cada bairro e rua apresenta um pouco da história da cidade com seus diversos estilos arquitetônicos – desde à época pelas rotundas romanas, através das torres góticas, as casas e palácios renascentistas, as surpreendentes sinagogas judaicas, terminando a época das igrejas e mosteiros barrocos. 

Praga é certamente um destino que precisa ser admirado com calma e tempo. Uma caminhada pelo rio Moldava é a melhor forma de conferir a impressionante silhueta da cidade durante o pôr do sol. A Ponte Carlos (Charles Bridge) conecta a Cidade Velha até o Malá Strana, bairro importante da capital tcheca, que abriga o Castelo de Praga, considerado um dos maiores da Europa. 

Malá Strana é um dos distritos mais antigos e históricos da Praga. Assim como o centro histórico, esse bairro concentra uma enorme variedade de hotéis, restaurantes e pontos interessantes para visitar na cidade. 

Quem quiser curtir as áreas verdes do destino e de quebra conferir alguns dos mirantes mais bonitos de Praga, as opções são o Parque Petrín, situado em uma das áreas mais altas de Malá Strana, o Parque Letná e o Parque Kampa, localizada às margens do rio Moldava.

Se a sua ideia for conhecer um pouquinho mais da história da cidade, confira o Museu Nacional de Praga, na Praça Venceslau, faça um tour guiado no Castelo de Praga combinado com a Catedral de São Vito e visite o museu dedicado ao escritor Franz Kafka.

Viagem pelo Leste Europeu. Foto: Martin Krchnacek / Usplash

Praga

Viagem pelo Leste Europeu. Foto: Dmitry Goykolov / Unsplash

Dicas úteis de Praga

Quantos dias ficar: mínimo de 3 dias

Onde comer: Stredoveka Krcma / Gallery 44 / The Eatery / Pivnice U Jary

Onde se hospedar: MOODs Charles Bridge / Mama Shelter / Metropolitan Old Town / Hotel International Prague

O que fazer em Praga: 

  • Praça da Cidade Velha
  • Ponte Carlos Castelo de Praga
  • Catedral de S. Vito
  • Orloj
  • Casa Dançante
  • Torre da Pólvora
  • Igreja da Nossa Senhora em frente de Týn
  • Malá Strana

Bate-volta imperdiveis saindo de Praga: Kutná Hora / Cesky Krumlov / Olomouc / Brno.

Viena

A capital austríaca respira história e é de fato conhecida pelo seu legado artístico e intelectual, graças a personalidades que nela viveram, como Beethoven, Sigmund Freud e Mozart. 

O centro antigo de Viena carrega as principais atrações do destino, sendo a grande maioria deles museus e construções importantes do país. Para conhecer as melhores atrações da cidade, reserve ao menos 2 dias em seu roteiro turístico. 

Viena abriga diversos museus conhecidos mundialmente. O Kunsthistorisches é certamente um dos que você não pode perder: o museu oferece uma impressionante viagem pelo mundo das artes, com obras de Vermeer, Velásquez e Brueghel, além disso, a instalação tem outra ala muito procurada com objetos egípcios. 

Bem pertinho do Kunsthistorisches, está o Albertina, uma galeria com um belo acervo de pinturas e áreas com exposições temporárias. Já o Quartier Museum é certamente um dos maiores complexos culturais do mundo e concentra inúmeros museus com exposições fixas e que eventualmente recebem mostras itinerantes

Se a sua visita em Viena tiver como prioridade os museus da cidade, não deixe a compra dos ingressos apenas para o momento em que estiver na cidade, o indicado é tentar comprar ingressos antecipados pela internet, dessa maneira você não terá imprevistos com filas imensas ou até mesmo falta de tickets na recepção.

Para fazer compras e degustar alguns pratos típicos do país, caminhe pela Boulevar Kärntner Strasse, a rua de compras mais famosa de Viena. A via tem acesso apenas para pedestres e existe desde a era romana. Hoje, o local concentra restaurantes famosos e lojas luxuosas como Rolex, Louis Vuitton e Hermès.

Outro ponto muito procurado em Viena de fato, são seus famosos palácios, sendo o Shonbrunn o mais famoso deles. Outra opção é o Palácio de Belvedere e seus maravilhosos  jardins ornamentados com esculturas, posteriormente está o Hofburg, localizado no centro da cidade.

Por fim, confira os prédio se monumentos mais importantes da capital austríaca, entre eles estão o prédio da prefeitura, Rathaus, a Escola Espanhola de Equitação e a Fonte do Netuno.

Viena

Viagem pelo Leste Europeu. Foto: Leyy M / Unsplash

Viena

Viagem pelo Leste Europeu. Foto: Jacek Dylag / Unsplash

Dicas úteis de Viena

Quantos dias ficar: mínimo de 3 dias

Onde comer: Restaurant Rote Bar / Schachtelwirt / Wiener Wiaz Haus / ef16 Restaurant

Onde se hospedar: Austria Trend Hotel Astoria / Steigenberger Hotel / Mailberger Hof

O que fazer em Viena: 

  • Palácio Schönbrunn Hofburg 
  • Palácio Belvedere 
  • Catedral de Santo Estevão 
  • Prater 
  • Ópera Estatal de Viena 
  • Rathaus 
  • Hundertwasserhaus 
  • Naschmarkt 
  • Biblioteca Nacional Austríaca 
  • Karlsplatz Aurgarten 
  • Anker Clock

Bate-volta imperdíveis saindo de Viena: Graz / Linz / Bratislava

Bratislava

Muitos viajantes que fazem o roteiro pelo Leste Europeu decidem fazer uma visita rápida em passeios bate volta saindo de Viena, ou durante a conexão entre Viena e Budapeste, mas a verdade é que a capital da Eslováquia merece sua atenção e vamos explicar o motivo.

Bratislava inegavelmente é uma das poucas capitais europeias que não estão abarrotadas constantemente de turistas, em outras palavras, a cidade é ideal para quem quer fugir do óbvio em uma viagem pela Europa. Além disso, esse é um destino extremamente econômico entre os países que fazem parte do Acordo de Schengen.

Pequeno e compacto, o Centro Histórico de Bratislava permite com que os visitantes conheçam as principais atrações do destino caminhando, , entretanto, se você estiver viajando com pessoas que possuem mobilidade reduzida, é possível realizar um tour de ônibus passando pelos locais mais importantes de Bratislava.

Antes de mais nada, comece o passeio pela Praça Hlavne, um espaço amplo circulado por belas construções e pontos interessantes como a famosa Fonte de Rolando e o Old Town Hall, a antiga “prefeitura” da cidade, que hoje abriga o museu mais antigo da capital eslovaca.

Em seguida vá para o Portão de São Miguel, o único portão que restou da antiga muralha que fortificava a cidade durante a Idade Média. A rua concentra uma variedade enorme de restaurantes, bares e lojas de souvenirs.

Para conferir um panorama da cidade e do rio Danúbio, visite o Castelo de Bratislava. Em seguida, siga para a moderna Ponte SNP (Ponte UFO). A passarela possuí uma cabine gigantesca construída de maneira idêntica a um disco voador, com 85 metros de altura, onde funciona um dos restaurantes mais sofisticados da cidade.

Bratislava

Viagem pelo Leste Europeu. Foto: Martin Katler / Unsplash

Bratislava

Viagem pelo Leste Europeu. Foto: Martin Katler / Unsplash

Dicas úteis de Bratislava

Quantos dias ficar: 2 dias

Onde comer: Globo / Modrá Hviezda / Houdini / Konditorei Kormuth / UFO Reštaurácia

Onde se hospedar: Hotel Ibis / Gracia Bratislava / Park Inn / Hotel Albrecht 

O que fazer em Bratislava:

  • Castelo de Bratislava 
  • Most SNP (Ponte UFO) 
  • Catedral de São Martinho 
  • Praça Hlavné 
  • Estátua Cumil (O Observador) 
  • Portão de São Miguel 
  • Praça Hviezdoslavovi 
  • Igreja Azul 
  • Castelo de Devín

Bate-volta imperdíveis saindo de Bratislava: Viena / Banská Štiavnica / Bojnice

Budapeste 

Budapeste

Viagem pelo Leste Europeu. Foto: Dan Novac / Unsplash

viagem pelo Leste Europeu

Roteiro pelo Leste Europeu: Budapeste. Foto: Dan Freeman / Unsplash

Assim como sua vizinha Praga, a capital húngara também se formou pela junção de duas cidades divididas por um rio. Budapeste é divida por duas partes: Buda, localizada as margens direita do rio Danúbio, e Peste, na margem esquerda.

O lado de Buda concentra a área mais antiga da cidade e consequentemente seus principais atrativos, enquanto Peste, tem suas avenidas modernas e concentra ótimas opções de restaurantes, casas noturnas e hotéis. 

A Ponte Széchenyi Lánchid é de fato um ótimo ponto para decidir quais áreas para começar a explorar a cidade. Ao cruzar a belíssima passarela é possível avistar as principais construções da cidade, como o Parlamento de Budapeste, o Bastião dos Pescadores e o Castelo de Buda.

Budapeste também é famosa por suas águas termais. A cidade foi construída em cima da maior bacia de águas termais do mundo e conta com mais de 30 termas diferentes. Apesar de estar sempre lotada de turistas, o Széchenyi fica no Parque da Cidade e é uma ótima opção de terma na cidade.

Para ver Budapeste do alto, não deixe de conferir a área verde da Citadella, uma fortaleza construída com a finalidade de vigiar a cidade e evitar possíveis invasões. A dica é tentar conhecer o local no fim de tarde para conferir um pôr do sol incrível do alto da Colina Gellért.

Dicas úteis de Budapeste

Quantos dias ficar: 3 dias

Onde comer: Remma’s Bistro / Retek Bistro / Aszu Etteem / Antre

Onde se hospedar: Hotel President / Hilton / Eurostars Danube Budapest / Novotel Budapeste

O que fazer em Budapeste : 

  • Castelo de Buda 
  • Parlamento de Budapeste 
  • Bastião dos Pescadores 
  • Ponte Széchenyi Lánchid 
  • Praça dos Heróis 
  • Matthias Church 
  • Termas de Széchenyi 
  • Ilha Margarida 
  • Gellert Hill 
  • Ópera Estatal Húngara

Bate-volta imperdíveis saindo de Bratislava: Viena / Banská Štiavnica / Bojnice

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Os 5 destinos mais procurados pelos brasileiros para o Carnaval 2020

Artigo anterior

Portugal: 15 fotos de Óbidos que vão te convencer a visitar a vila

Artigo seguinte

Você pode gostar