Não sabe o que fazer na Chapada Diamantina? Confira 43 atrações turísticas imperdíveis e conheça os principais pontos turísticos do destino

Um dos destinos mais buscados do Brasil, a Chapada Diamantina espalha-se por um território gigantesco, pontuado por grutas, cavernas, rios, cachoeiras, morros e trilhas abertas entre as rochas.

As cachoeiras da Chapada Diamantina são destaque na lista de atrações. A mais famosa é a Cachoeira da Fumaça, que fica no Vale do Capão e pode ser vista do alto após uma trilha de 6km.

Leia também » 100 lugares para viajar no Brasil em 2021

As grutas são outro passeio muito procurado. A Lapa Doce tem 27km de extensão mapeados e 850 metros abertos para visitação. Se você está planejando uma visita para a Chapada Diamantina, confira essa lista com as melhores atrações turísticas da região!

Morro do Pai Inácio

Foto: Ronaldo tozzi / Wikimedia Commons

A 1.120 metros de altitude, o Morro do Pai Inácio descortina a mais bela vista panorâmica da chapada. São 360 graus de paisagem de tirar o fôlego, ainda mais ao pôr do sol.

Cachoeira da Fumaça

Foto: Gabriel P. Silva / Wikimedia Commons

A caminhada de 2h (6km) até o alto da cachoeira é recompensada ao final, quando nos deparamos com segunda maior cachoeira do país! A atração é o principal cartão postal do Vale do Capão.

A cachoeira possui 380 metros de altura, sendo a maior da Chapada Diamantina.

Fumaça por Baixo

Foto: Zé Her / Zentur.tur.br

Considerada uma travessia clássica, o trekking da Fumaça por Baixo fica localizada próxima ao Vale do Capão no município de Palmeiras.

A trilha passa por diversos tipos de vegetação contendo biomas de cerrado, campos rupestres e mata atlântica.

Outras atrações de quem encara a caminhada de 3 dias são as cachoeiras do Capivara, do Palmital e a vista da Toca da Onça para a Cachoeira do Capivari.

Vale do Pati

chapada diamantina

Foto: AndréOlmos Wikimedia Commons

Considerado um dos mais belos trekkings do Brasil, o Vale do Pati oferece aos viajantes um contato profundo com a imensidão do Parque Nacional da Chapada Diamantina.

Os roteiros podem ser combinados com os guia e duram entre 3 e 5 dias. Os caminhantes precisam andar entre 15 a 25 km por dia, passando por inúmeras atrações icônicas do destino.

Vale do Capão

chapada diamantina

Foto: Samory Santos WIkimedia Commons

O Vale do Capão na Chapada Diamantina é um lugar mágico. A vila faz parte do município de Palmeiras e tem fama pelo sua energia mística.

O povoado dá acesso a algumas das cachoeiras mais famosas do parque nacional como a Cachoeira da Fumaça, o Riachinho, Purificação e para o Vale do Pati.

Cachoeira do Mosquito

cachoeiras chapada diamantina

Foto: C. R. Malaquias / Wikimedia Commons

Com uma bela queda d’água em meio a grandiosos paredões rochosos, essa cachoeira fica a 40 km de Lençóis, no Complexo Turístico Fazenda Santo Antônio, onde também funciona um restaurante de comida regional.

A queda d’água tem 70 m de altura e possui uma das trilhas mais acessíveis da Chapada Diamantina.

Rio Mucugezinho e Poço do Diabo

Foto: Valnei Nunes / Wikimedia Commons

O Rio Mucugezinho reserva aos turistas deliciosos pontos para banho, e o destaque fica por conta do Poço e Cachoeira do Diabo.

Com acesso fácil à margem da rodovia BR 242 (próximo a entrada para o mirante do Morro do Pai Inácio), essas atrações são uma excelente pedida para quem não deseja fazer uma trilha longa. O espaço conta com restaurante, loja de souvenir e serviço de tirolesa.

Cachoeira do Mixila

chapada diamantina

Foto: chapadaadventure.com.br

Localizada no cânion do Rio Capivari, a Cachoeira do Mixila tem 80 metros de queda d’água e é um dos mais belos trekkings para quem deseja uma experiência com pernoite em meio à natureza da Chapada Diamantina.

Cachoeira das três barras e dos cristais

atracoes chapada diamantina

Foto: via uamtour.com.br

O início da trilha para essas cachoeiras fica na ponte do rio Piabas, 58 km do centro da cidade de Andaraí.

São 1h30 de caminhada moderada, com trecho pelo leito do rio e descida da serra, chega-se à Cachoeira das Três Barras, que apresenta um lindo visual e excelente poço para banho. Após 20 minutos chega à Cachoeira dos Cristais, com 110m de altura.

Pantanal Marimbus

lugares para conhecer chapada diamantina

Foto: Carlos Perez Couto / Wikimedia Commons

Ao pé da vertente leste da Serra do Sincorá, o pantanal dos Marimbus é uma grande planície inundável formando um grande pântano em plena Chapada Diamantina.

Esse é um dos roteiros mais diferenciados da região.

Rio de Contas

lugares para conhecer chapada diamantina

Foto: Fronteira / Wikimedia Commons

Cidade histórica da Chapada Diamantina, Rio de Contas foi a região mais rica da Chapada Diamantina. O chamado Ciclo do Ouro durou até o início do século 19 e deixou belas heranças: um conjunto de construções coloniais com mais de 600 construções preservadas, ruas com calçamento pé de moleque e até um trecho da Estrada Real.

Cachoeira do Riachinho

chapada diamantina

Foto: Bruno Topázio / Wikimedia Commons

O lugar tem acesso muito fácil e está sempre sendo combinado com o passeio para a Cachoeira da Fumaça. São apenas 4 km a partir do Vale do Capão e possui 12 metros de altura.

Cachoeira do Licuri

lugares para conhecer chapada diamantina

Foto: Marcio Papi via guiachapadadiamantina

Atração do município de Ibicoara, na região mais ao sul do Parque Nacional da Chapada Diamantina

Cachoeira do Ferro Doido

lugares para conhecer chapada diamantina

Foto: Uesglei Santos Silva via guiachapadadiamantina

Com quatro quedas d’água, a cachoeira tem um imenso cânion que ultrapassa os 100 m de altura. Seu acesso se dá pela BA-052, sendo a princial atração da Morro do Chapéu.

O acesso para a cachoeira é extremamente fácil: são apenas 5 minutos de caminhada em terreno plano.

Cachoeira do Rio Preto e Rodas

atracoes turisticas bahia

Foto: infochapada.com.br

A entrada da trilha que dá acesso as Cachoeira do Rio Preto e Cachoeira de Rodas fica a 20 min de caminhada da Vila do Capão. As cachoeiras são as mais populares e de fácil acesso para quem está hospedado na vila.

Conceição dos Gatos

lugares para conhecer chapada diamantina

Foto: Marcelo Issa via guiachapadadiamantina

A pequena vila situada a cerca de 10 km do Vale do Capão oferece boas opções de comida caseira, servida nas casas dos moradores e uma incrível cachoeira com fácil acesso.

Morro 3 irmãos

lugares para conhecer chapada diamantina

Foto: Rafael Pereira / Wikimedia Commons

As formações semelhantes fazem parte de um vale que passa por algumas das montanhas mais belas da chapada! O morro também pode ser visto através do Mirante do Morro do Pai Inácio.

Morro do Camelo

O mirante do Morro do Camelo oferece uma das mais lindas paisagens próximas a Lençóis. O acesso acontece por estrada de terra, com entrada à beira da BR 242.

Cachoeira da Purificação

Foto: Jeilsonandrade / Wikimedia Commons

A entrada da trilha que leva ao Poço da Angélica e Cachoeira da Purificação fica no povoado de Bombas, a 8 Km da Vila do Capão. O trajeto é feito no interior do vale, percorrendo às margens do rio que forma as Cachoeiras da Angélica e da Purificação.

Morrão

chapada diamantina

Foto: Fabrício Novais Miranda / Wikimedia Commons

O Morrão é uma das formações ícones da Chapada Diamantina. Seu cume pode ser visto de várias partes do parque e assume várias formas, dependendo do ângulo de visão.

Igatu

atracoes turisticas bahia

Atrações na Chapada Diamantina – Bahia. Foto: Turismo Bahia / Wikimedia Commons

A pequena vila remanescente dos garimpos de diamante, possui charmosas casinhas e pedra, o que gerou o apelido de Machu Picchu brasileira. O município está a 114km de Lençóis e certamente vale uma visita.

Águas Claras

Como o próprio nome já diz, a Cachoeira de Águas Claras impressiona seus visitantes com suas águas cristalinas que formam uma verdadeira piscina natural em meio de algumas das montanhas mais lindas da Chapada Diamantina.

Essa é considerada uma das trilhas mais lindas das cachoeiras próximas do Vale do Capão, guiando seus visitantes em um incrível campo aberto em meio a Serra do Cristal e do Morrão.

Cachoeira do Buracão

atracoes turisticas bahia

Foto: Rodolfo Bazetto/ Wikimedia Commons

Com 85 metros de altura, a Cachoeira do Buracão despenca em um cânion gigantesco, e é certamente um dos passeios que devem fazer parte do seu roteiro.

A trilha até a Cachoeira do Buracão é tranquila no quesito dificuldade – leva cerca de 1 hora caminhando no leito do Rio Espalhado, que forma várias cachoeiras pelo caminho, entre elas a Cachoeira das Orquídeas e o Recanto Verde.

Fumacinha

Atração imperdível de Ibicoara, a cachoeira é considera uma das mais bonitas da Chapada Diamantina e despenca de 100 metros de altura em uma fenda formata por um impressionante paredão rochoso.

A trilha para a Cachoeira da Fumacinha é considerada uma das mais difíceis e possuí 18 km de trajeto ida e volta.

Gruta da Pratinha e Gruta Azul

atracoes turisticas bahia

Foto: Kennedy Silva / Wikimedia Commons

Como um verdadeiro oásis, a Gruta da Pratinha é um recanto cercado por natureza e paisagens ímpares. A atração imperdível está localizada dentro da Fazenda da Pratinha, a 73 km de Lençóis, principal cidade que serve como base para quem deseja desbravar a Chapada Diamantina.

Além das atrações, o espaço conta com estrutura completa para os turistas, oferecendo atividades como flutuação, tirolesa, pedalinho, restaurante e serviço de fotos subaquáticas.

Cachoeira do Sôssego

cachoeiras na Bahia

Atrações na Chapada Diamantina – Bahia. Foto: Rosino / Wikimedia Commons

A Cachoeira do Sossego é a melhor pedida em Lençóis para quem deseja fazer uma boa trilha sem precisar pernoitar. O trajeto que leva à Cachoeira do Sossego parte de Lençóis e o bate e volta tem total de 12 km de distância.

Gruta da Lapa Doce

Foto: Rafael Sgari / WIkimedia Commons

Uma das grutas mais incríveis do Brasil, a Lapa Doce é certamente um dos passeios que devem estar no seu roteiro pela Chapada Diamantina.

Considerada a terceira maior gruta do país, Lapa Doce possui 17 quilômetros mapeados, sendo que 850 metros estão abertos para visita.

Cachoeira Véu da Noiva

Atrações na Chapada Diamantina – Bahia. Foto: via guiachapadadiamantina

Atração imperdível de Ibicoara, a cachoeira está no povoado do Baixão, na mesma trilha que dá acesso a Cachoeira da Fumacinha.

Com mais de 30m de altura e ótimos poços para banho, a trilha para esta cachoeira é plana e sombreada.

Piscinas Naturais do Serrano

Bem próximas do centro de Lençóis, as piscinas naturais do Serrano são formações circulares de pedra no chão que podem ter profundidade rasa ou até quatro metros de profundidade.

Apesar da tonalidade um pouco escura, suas águas são limpas e perfeitas para se refrescar e relaxar com banhos de massagens nas pequenas quedas d’água.

Gruta da Torrinha

Foto: Dimitry B. / Wikimedia Commons

A Torrinha está localizada no município de Iraquara, a 64km de Lençóis. A região é conhecida pelas inúmeros salões e formações rochosas disponíveis em seu interior.

Circo do Capão

Foto: Divulgação

Com espaço fixo no Vale e apresentações itinerantes, O Circo do Capão é um espaço dedicado a cultura, lazer, entretenimento, artes circenses, dança, teatro e música produzido pelos artistas que vivem na região.

Poço Encantado

Atrações na Chapada Diamantina – Bahia. Foto: Leonardobatista / Wikimedia Commons

Localizando dentro de uma caverna, no município de Itaetê, o poço tem águas incrivelmente transparentes.

Durante os meses de abril e setembro, o poço ganha tons azulados quando o sol incide por uma fenda, entre 10h e 12h, deixando o cenário ainda mais encantador.

Poço Azul 

Foto: Mauricio Gomes de Oliveira / Wikimedia Commons

Flutuar no poço cristalino que brota da caverna é uma experiência deliciosa, melhor ainda entre fevereiro e outubro, das 13h30 às 14h30, quando raios de sol a deixam a água com tonalidades azuis e revelam formações rochosas debaixo d’água.

Cemitério Bizantino

Foto: Lorena S. Sampaio / Wikimedia Commons

O cemitério possui uma sequência de lápides brancas que imitam igrejas góticas, na beira da estrada BA-142, logo na entrada da cidade de Mucugê.

As construções são do começo do século 19, quando surtos de varíola e cólera atingiram o lugar e sua influência bizantina vem dos compradores de diamantes de origem turca que viviam na região.

Cachoeiras do Fundão e do XXI

Atrações na Chapada Diamantina – Bahia. Foto: chapadatrekking.com.br

Esta trilha é uma das mais selvagens e menos visitadas na Chapada Diamantina. Localizada no fim de um cânion, a Cachoeira do Fundão tem cerca de 150 metros de altura.

Outros atrativos deste trekking são as Cachoeiras do Vinte e Um (XXI), Córrego Branco e Córrego verde, e a cachoeira da Fumaça por Cima.

Cachoeira do Ramalho

Foto: Alex Uchoa

Uma das atrações imperdíveis de Andaraí, a Cachoeira do Ramalho encanta com seus 90 metros de altura em um paredão rochoso multicolorido.

O passeio pode ser incrementado com uma visita rápida no Poço do Fervedor.

Gruta da Fumaça

Chapada Bahia

Foto: Rosino /Flickr

Apesar de pequena, comparado com as outras grutas espalhadas pela região, a Gruta da Fumaça é uma das cavernas mais completas da Chapada Diamantina, ao falar sobre formações geológicas.

Esse é um passeio ideal para crianças e idosos.

Pinturas Rupestres da Serra Negra

Chapada Bahia

Atrações na Chapada Diamantina – Bahia. Foto: Chico Ferreira / Flickr

As Pinturas Rupestres da Serra Negra faz parte do complexo do sítio arqueológico do Matão, uma área bastante verde, acidentada e com formações rochosas em toda a sua extensão. Esse é um dos locais onde é possível observas resquícios de povos milenares que viveram na região.

Cachoeira Encantada

Com 230 metros de altura, essa é uma das atrações mais belas de Itaetê.

A caminhada para observar essa maravilha da Chapada Diamantina pode ser feita de duas formas: por cima ou por baixo. Nas duas opções de trilhas, os visitantes se depararão com cânions de até 400 metros de altura, cercado por mata nativa, onde se encontram animais silvestres e pinturas rupestres.

Cachoeira do Herculano

chapada Bahia

Atrações na Chapada Diamantina – Bahia. Foto: via renatogrimm.com

Três quedas d’água com 100 metros de altura despencam em um cânion belíssimo no município de Itaetê.

Cachoeirão

Foto: Divulgação

Formando uma verdadeira cortina d’água. A trilha exige seis horas de caminhada com grau médio de dificuldade. O acesso é pela estrada de terra que leva à Guiné. É uma das atrações da travessia do Vale do Pati.

Poço do Gavião

Foto: via Guianachapadadiamantina

O Poço do Gavião tem mais de 100m de extensão e pequenas quedas d’água. Na caminhada, que dura 2h, há uma vista incrível para o Morrão, uma das formações rochosas mais bonitas da Chapada Diamantina.

Guiné

Foto: Rafael Pereira / Wikimedia Commons

Uma da vilas mais bonitas e rústicas da Chapada Diamantina, faz parte do município de Mucugê e é protegida pela gigantesca Serra de Sincorá, que vai até o estado de Minas Gerais.

Leia também:

» 10 cachoeiras para conhecer no Vale do Capão, na Chapada Diamantina
» Melhor época para conhecer a Chapada Diamantina
» Guia completo da Chapada Diamantina
» Airbnb na Chapada Diamantina: opções em Lençóis, Vale do Capão, Igatu e Ibicoara

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Fone permite conversar em 40 idiomas em tempo real

Artigo anterior

Bahia institui toque de recolher em mais de 300 cidades

Artigo seguinte

Você pode gostar