Elefante-marinho foi visto próximo das pedras da Praia do Arpoador, na Zona Sul do Rio de Janeiro, 

Surfistas e banhistas foram surpreendidos por uma visita inesperada nesta segunda-feira pela manhã. Um elefante-marinho estava ‘surfando’ nas ondas da Praia do Arpoador, em um mar praticamente cristalino. Aparentemente o animal não se sentiu coagido com as pessoas que estavam próximas e ficou bem à vontade durante o mergulho.

Este fato não é inédito, mas surpresas como essa são raras e impressionam todos que têm a oportunidade de ver ao vivo. Essa é uma das paradas obrigatórias de quem visita a Zona Sul do Rio de Janeiro.

As pedras ficam localizadas entre as praias de Copacabana e Ipanema, um dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade, reduto de surfistas e banhistas que escolhem essa parte da praia para dar um mergulho ou admirar a vista para a Praia de Ipanema, principalmente durante o pôr do sol.

Elefante-marinho nadando no Rio de Janeiro

Foto: Helena Barreto

Esses animais não são chamados de ‘elefantes’ por exagero, alguns machos dessa espécie podem chegar a ter 6,5 metros, pesando mais de 5 toneladas quando atingem a vida adulto. Em um dos vídeos, compartilhado nas redes sociais, uma mulher se surpreendeu com o tamanho do animal: “Olhem, parece uma baleia. É gigante!”.

Não foi a primeira vez que registraram esses animais, há dois anos atrás, outro elefante-marinho foi flagrado no litoral brasileiro, em Balneário Camboriú, na Praia de Laranjeiras. Esse, por sinal, era ainda maior e tinha cerca de 2 toneladas.

Elefante-marinho no Rio de Janeiro

Elefante-marinho no Rio de Janeiro

Foto: Helena Barreto

Elefante-marinho

Foto: Helena Barreto

Leão-marinho no Rio de Janeiro

Foto: Agnes Dietrich/Arquivo pessoal

Banhistas poderão ser multados no Rio de Janeiro

Os registros foram feitos quatro dias depois do comunicado feito por Marcelo Crivella, prefeito da cidade, informando que só irá liberar as praias do Rio de Janeiro após a vacina para Covid-19. O comunicado foi feito durante uma coletiva de imprensa.

Desde o início do mês, o Rio reabriu as suas praias para exercícios físicos e esportes aquáticos, tendo como regra a obrigatoriedade de manter o distanciamento social e o uso de máscaras, além de evitar ao máximo eventuais aglomerações.

Como medida para reduzir o número de pessoas nas praias e manter o respeito às regras implantadas, o prefeito sugeriu multar pessoas que infringirem as normas recém lançadas.

Apesar dos esforços para flexibilizar as políticas de confinamento na cidade do Rio de Janeiro, contrariando a opinião de médicos e especialistas da área da saúde, muitos banhistas têm ignorado as regras de contenção na cidade. Infelizmente, a cidade do Rio de Janeiro não está conseguindo garantir resultados positivos para conter a pandemia na cidade e já contabiliza mais de 129 mil casos confirmados.

» Turismo no Brasil: 100 passeios para fazer no Brasil
» Lugares para viajar no Brasil depois da quarentena
» O que fazer no Rio de Janeiro à noite
» 16 passeios para fazer no Rio de Janeiro

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Rio só irá liberar praias quando tiver vacina para covid-19

Artigo anterior

Vinícola pagará lua de mel na França para quem teve casamento adiado pela pandemia

Artigo seguinte

Você pode gostar