Veja de perto como é a produção do queijo mais famoso do Brasil em visitas às fazendas da região

O turismo na Serra da Canastra é muito forte no que diz respeito à área ecológica: são quilômetros e mais quilômetros de paisagens incríveis para serem desbravadas, mais de 50 cachoeiras, animais em abundância e uma vegetação que mescla Mata Atlântica e o começo do Cerrado.

Mas não há como negar a importância do queijo nesse cenário. E afirmamos seguramente: quem vai a esse destino sem visitar ao menos uma fazenda produtora do Queijo Canastra definitivamente precisa voltar e refazer o roteiro.

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Foto: Divulgação

Aliás, mais do que meras produtoras locais, essas fazendas são verdadeiras escolas para quem aprecia a vida no campo, ecologia e produtos artesanais. Abaixo, conheça um pouco sobre três delas:

Fazenda Capão Grande


Fazenda Capão Grande está localizada a aproximadamente 4 km do centro de São Roque de Minas, principal município da Serra da Canastra e se orgulha de estar na terceira geração de uma produção familiar.

O casal Solange e Carlos Henrique, junto ao filho Gustavo Henrique, recebe os visitantes de braços abertos, sempre com um cafezinho mineiro e um bom Queijo Canastra para degustação. Para grupos a partir de 8 pessoas ainda servem um farto café da tarde com suco, iogurte, bolo, doce de leite, pão de queijo e outras iguarias típicas da receptividade mineira, mas é preciso agendar com antecedência e, no caso do café da tarde, consultar valores.

Ah, e não para por aí: a recepção é feita pelos simpáticos cachorros da família, seguida por um tour pelo processo de produção e muita conversa boa.

Fazenda Roça da Cidade

Foto: Divulgação

Em sua quinta geração, tendo como produtor João Leite e seu filho, a Fazenda Roça da Cidade mantém o foco 100% na produção de queijo e o amor extremo pelo produto (não é à toa que levam leite até no nome, observação feita pelo próprio João).

O agendamento antecipado da visita é recomendado, principalmente para grupos (não deixe de perguntar pelo café da tarde também), para que a equipe possa receber com calma e atenção. Quer entender como é o processo de ordenha e toda a produção? Sempre terá alguém para te explicar (e quem sabe te deixar ficar em meio aos bezerros para fazer um carinho neles, não custa tentar).

Se der sorte, o próprio João Leite cuidará dessa explicação contando também um pouco de sua própria história: ele é o responsável pelo Queijo Canastra ser o que é hoje, e 1 hora de conversa com ele ainda é pouco, tamanho o ensinamento que tem para passar. E por falar nisso, é dele que partiu a ideia de criar a primeira escola de mestres queijeiros do país, a ser inaugurada em 2019.

Estância Capim Canastra


Foto: Divulgação

Também pertinho do centro de São Roque de Minas, como as fazendas acima, a Estância Capim Canastra está sob o comando do Guilherme, visionário não só em relação ao queijo, mas também em relação à criação de eventos para promover e enaltecer a beleza do turismo na Serra da Canastra.

Voos de balão na região? Passeios que duram 24 horas e permite conhecer tudo em um “tour 360º”? Festival do Fusca? Tudo tem a participação dele. E quanto ao queijo que produz, basta dizer que foi o primeiro a ganhar ouro em uma premiação na França e hoje é utilizado em cozinhas de chefs renomados, como Henrique Fogaça, jurado do programa MasterChef.

A visita simples não precisa de agendamento, é só chegar e se surpreender com cada detalhe encantador da propriedade, mas se quiser uma refeição por ali é preciso agendar. Nesse caso, não deixe de pedir para servirem como sobremesa o “peti gatô da roça” (petit gateau), criação local à base de pamonha e sorvete de milho. Genial!

Ainda em 2019 será criado um tour guiado, que exigirá agendamento e permitirá que o visitante conheça mais de perto os processos, como a preservação dos queijos na “caverna” da fazenda e a ordenha. E por falar nisso, outro detalhe bacana: cada vaca tem um nome super fofo e criativo, e obedece a ele como um animal de estimação.

Complementando o turismo na Serra da Canastra


Além das fazendas da Serra da Canastra é indispensável que você se prepare para conhecer outros pontos importantes no que diz respeito ao turismo na região, como a parte alta e a parte baixa do parque, restaurantes e muito mais. As cachoeiras são outra atração a parte, falamos um pouco delas nesse outro artigo “Cachoeiras da Serra da Canastra, saiba quais conhecer“.

Se estiver com dúvidas sobre o que visitar, peça auxílio para a equipe do hotel escolhido para criar o roteiro perfeito. Nossa dica é o Hotel Chapadão da Canastra, que auxilia na criação de roteiros personalizados, disponibiliza guias e se coloca à disposição para ajudar em literalmente qualquer dúvida ou dificuldade que os hóspedes venham a ter, sempre com muita dedicação e receptividade mineira.

+ info:

Hotel Chapadão da Canastra
Rua Benjamin Constant, 10 – São Roque de Minas
37 3433 1267 | 37 3433 1526 | 37 9 9911 5852 (WhatsApp)
E-mail: [email protected]
Reserve aqui.

» Onde comer na Serra da Canastra
» Cachoeiras da Serra da Canastra: quais você deve conhecer
» Como ir para a Serra da Canastra partindo de São Paulo
» Onde se hospedar na Serra da Canastra

Dica extra para a sua viagem

Para encontrar inúmeras opções de acomodação e reservar hotéis e pousadas durante a viagem, utilizamos o Booking.com - disponível em milhares de destinos. Para economizar com voos, consultamos primeiro as passagens aéreas na MaxMilhas, - quase sempre encontramos os melhores preços tanto no Brasil quanto no exterior. As passagens podem ser emitidas mesmo para quem não tem milhas aéreas.

Outras dicas úteis

Encontre informações úteis sobre os melhores destinos do mundo, com guias de viagens especializados sobre diferentes lugares para conhecer no Brasil e no exterior. São milhares de dicas de viagens com sugestões de onde ir na sua viagem, recomendação de hotéis, notícias atualizadas e muito mais.

Precisa de um carro na sua viagem? Encontre aluguel de carro na Rentcars e cote modelos diferentes podendo ser parcelado em até 10x. Já para passeios e ingressos antecipados, fechamos tudo sempre pela Get Your Guide.




Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Cachoeiras da Serra da Canastra: quais você deve conhecer

Artigo anterior

Onde se hospedar na Serra da Canastra

Artigo seguinte

Você pode gostar