A cidade de Gramado, na Serra Gaúcha, acaba de ganhar uma nova atração: o primeiro parque aquático indoor da América do Sul

Os parques aquáticos sempre fizeram a alegria de crianças e adultos. Mas o brasileiro ainda não se acostumou com o conceito, uma vez que se trata de um povo que adora atividades ao ar livre e com um bom tempo, mesmo dentro da água.

Assim, quem diria que Gramado, uma cidade de inverno mais ligada a chocolates e festivais de filmes, acabaria por ganhar uma atração desse tipo? O Acquamotion foi inaugurado dia 25 de junho de 2021 e foi o primeiro Parque Aquático indoor da América do Sul. Isso significa que as piscinas do complexo estão todas em partes cobertas, que permite controle sobre a temperatura da água e fornece uma sensação de bem-estar e relaxamento mesmo quando o clima despenca no exterior.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Parque aquático gramado

Foto: Divulgação

O espaço do Parque em Gramado ocupa 49 mil metros quadrados, divididos em sessões climáticas, sendo uma para cada estação do ano. As sete piscinas aquecidas com águas termais dão o tom da diversão por todo o complexo.

Estâncias com águas quentes sempre foram motivos de exploração comercial pelo ser humano. Na Roma antiga, thermae e balneae eram locais para banho. Thermae geralmente se refere aos grandes complexos de banhos imperiais, enquanto balneae eram instalações de menor escala, públicas ou privadas, que existiam em grande número.

A maioria das cidades romanas tinha, pelo menos, um desses prédios, que eram centros não apenas de banho, mas também de socialização e leitura. Casas de banho também foram fornecidas para ricas vilas privadas, casas geminadas e fortes. Eram abastecidos com água de um rio ou riacho adjacente, ou dentro das cidades por aqueduto. A água era aquecida pelo fogo e depois canalizada para o caldário, a sala de banho quente.

Os banhos geralmente incluíam uma palestra ou ginásio ao ar livre onde os homens se envolviam em vários jogos e exercícios com bola. Lá, entre outras coisas, pesos eram levantados e o disco lançado. Os frequentadores passavam óleo (já que o sabonete ainda era um bem de luxo e, portanto, não estava amplamente disponível). Era comum banhistas ricos trazerem um capsarius, um escravo que carregava as toalhas e óleos para os banhos e depois velava pelo mestre, já que ladrões e batedores de carteira costumavam frequentar os banhos.

Claro que muito disto foi modificado pela atual configuração desse tipo de estabelecimento. Mas o pensamento é similar: foi a presença de águas termais no subsolo da Serra Gaúcha que inspirou a criação do Parque em Gramado. O lugar serve como palco para contar a história dos encantos e belezas próprias da terra gaúcha.

O desafio maior era trazer as águas, localizadas a 890 metros de profundidade e que vinha das reservas do Aquífero Guarani, até a superfície. Para conseguir a façanha foi usada a primeira bomba de água da América do Sul com potência para longas distâncias. Ela está na parte de fora do parque e foi batizada de Nascente das Águas Mágicas.

Toda a atividade do parque está baseada em quatro personagens mágicos conforme descreve o site oficial:

“Floris faz as flores mais bonitas, Veron deixa o céu iluminado, Ottoz sopra as folhas das árvores e Frido torna os dias mais gelados. Ales, o caçula, protege o Globo do Tempo, que controla as estações do ano”.

Este parque aquático em Gramado não tem idade mínima para entrar e é necessário que as mães fiquem de olho o tempo todo nos filhos e que cuidem para que os bebês não sejam alimentados até uma hora antes do início da atividade na piscina. Também é importante atentar para o fato de que os pais ou responsáveis devem manter-se atentos e próximos das crianças durante as atividades no parque, zelando pela sua guarda e segurança, bem como garantir que utilizem equipamentos necessários de proteção como bóias e coletes infláveis.

Por motivos de segurança, crianças menores de sete anos, mesmo que saibam nadar, devem permanecer a todo momento com boias de braço ou coletes salva-vidas. Há uma equipe de salva-vidas em pleno funcionamento que garantem a segurança tanto de adultos quanto de pequenos.

As águas são sempre mantidas a uma temperatura acima de 36° C. O parque em si fica sempre controlado entre 30 e 32°C. Compre seu ingresso online, que dá acesso às facilidades do parque, mas não inclui armários e estacionamento.

+ info:

Estrada Municipal Linha Ávila, R. Linha Carazal, 501 – Bairro, Gramado – RS, 95670-000
Telefone para contato: (54) 3050-1700
Agendamento: www.multiclubes.com.br
Site oficial: www.acquamotion.com.br

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Atrações imperdíveis para você conhecer na Linha Verde, na Bahia

Artigo anterior

Museu dos Dinossauros: esculturas gigantes e fósseis raros para conhecer em Minas Gerais

Artigo seguinte

Você pode gostar