O primeiro museu subaquático da Grécia permite que seus visitantes admirarem restos e objetos encontrados em um navio afundado do século V a.C

A Grécia acaba de abrir o primeiro museu subaquático do país. Localizado na Ilha de Alonissos, o museu abriga um navio mercante que afundou no meio de uma tempestade por volta de 425 aC. Ele trazia milhares de ânforas de vinho e estava vindo de Chalkidiki, no norte da Grécia. O barco foi descoberto apenas em 1985, e encontra-se a 28 metros de profundidade.

Esta experiência está aberta para mergulhadores amadores e só está disponível até dia 2 de outubro, revela o jornal inglês “The Guardian”. Quem não puder espreitar o espaço debaixo de água pode sempre ver no centro da cidade de Alonissos uma visita virtual ao espaço.

Como são 4.000 ânforas, acredita-se que era um navio muito grande. Porém, como era todo de madeira, sua estrutura não sobreviveu pra contar a história. Na área existem 4 navios afundados, e as autoridades agora estão organizando o interior deles e assegurando passagens pra que os mergulhadores possam conhecer a área interna.

museu subaquático Grécia

museu subaquático Grécia

A exposição estará aberta até 2 de outubro.

Leia também:

» Veneza afirma ter vencido a Covid-19 e garante retomada de turistas
» Itália dará até 500 euros para pessoas comprarem bicicletas
» Itália começará a reabrir museus na próxima semana
» 7 destinos internacionais que pretendem reabrir para turistas em junho

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]uiaviajarmelhor.com

Campo de lavandas no interior de São Paulo é um paraíso em tons lilás 

Artigo anterior

Hostel em Ilhabela oferece hospedagem em kombi, cabana e até casa na árvore

Artigo seguinte

Você pode gostar