A população brasileira é bastante miscigenada. O país recebeu diversos povos imigrantes de norte a sul, formando uma das nações mais multiculturais do mundo. Os principais grupos foram os povos indígenas, africanos, imigrantes europeus e os asiáticos. 

Muitos destinos nacionais tem como principal cartão postal atrações que retratam essa herança centenária, um exemplo é a cidade de Bento Gonçalves, no RS, fundada exclusivamente por italianos, e Ouro Preto, em MG, que possui um dos maiores conjuntos arquitetônicos de influência portuguesa do mundo.

Nesse artigo listamos algumas atrações no Brasil com influência asiática, entre elas, templos, parques, torres e até mesmo um bairro! Se você adora a cultura asiática, você vai amar conhecer esses lugares!

Leia também » 100 lugares para viajar no Brasil em 2021

Templo Budista de Foz do Iguaçu

Foto: Divulgação

O Templo de Foz do Iguaçu é usado como lugar para meditação e caminhada silenciosa em área aberta. Não há a cobrança de ingresso para os visitantes. 

Durante o passeio, os visitantes podem desfrutar da vista do mirante e também visitar a Sala dos Guardiões e o Santuário Ksitigarbha, onde são realizadas cerimônias e orações. Todos os recantos lembram os típicos templos orientais, incluindo a residência do mestre local.

Mosteiro Zen Morro da Vargem

Foto: Divulgação

Uma das atrações mais visitadas de Ibiraçu, no Espírito Santo, é o Mosteiro do Morro da Vargem, que segue a escola budista Soto Zen. 

O mosteiro oferece a experiência de vivenciar a rotina, que segue a tradição dos ancestrais mosteiros japoneses, onde são realizadas celebrações, cursos, trilhas ecológicas, programas de educação ambiental, treinamentos, retiros e muitas outras atividades.

Templo Zu Lai

Foto: Fábio Sousa / Flickr

O Templo Zu Lai é considerado o maior templo budista da América Latina! Localizado em Cotia, São Paulo, o espaço é aberto à população e possui uma edificação que lembra os clássicos palácios chineses, além de um belo jardim com fonte, queda d’água e lindas esculturas em pedra sabão. 

Os visitantes podem conferir em Zu Lai cursos, palestras, práticas de meditação, aulas de mandarim e de artes marciais. Uma das cerimônias mais aguardadas é a dos incensos.

Chagdud Gonpa Khadro Ling

Foto: Divulgação

Situado em Três Coroas, no Rio Grande do Sul, há a sede Chagdud Gonpa Brasil. Destinada ao estudo e prática do budismo tibetano, a organização situa-se no alto de uma montanha, com vista para a mata nativa da Serra Gaúcha. 

Todas as construções locais guardam as mesmas características da arquitetura típica tibetana. O templo La Kang é uma réplica do templo celestial de Zangdog Palri, na cidade de Kogpo. Em seu interior há uma rica decoração colorida com painéis, afrescos, esculturas e tankhas – quadros de tecidos, criados por artistas do Tibet e do Nepal.

Torre de Miroku

Foto: Divulgação

Paz, sossego, muita natureza e belíssima arquitetura, eis que ali em Ribeirão Pires, região metropolitana de São Paulo, encontra-se o lugar perfeito: a Torre de Miroku. O complexo é o maior do estilo japonês aqui no Brasil, com seus 32 metros de altura, e foi idealizado para ser um espaço de contemplação à paz, ao belo, à arte.

Jardim Japonês do Parque Maeda

Foto: Divulgação

O local, considerado o maior jardim japonês do Brasil, possui mais de 27.000 m² de área verde em um primoroso projeto de paisagismo com espelhos d’água com carpas Koi, bonsais, ponte japonesa, cascatas, arbustos, árvores e flores de diversas espécies.

Liberdade

Foto: Adalberto Gonzaga Filho / Flickr

Já imaginou conhecer um bairro típico de uma grande cidade do Japão sem sair de SP? O bairro é conhecido por abrigar a maior comunidade japonesa do mundo fora do Japão. Além disso, as feiras, restaurantes, parques e construções características da arquitetura asiática também chamam a atenção das pessoas que passam por este bairro.

Mas não foi só a cultura nipônica que se apropriou da região: chineses, coreanos e outras nacionalidades do mundo oriental compõem o mosaico cultural que existe na Liberdade.

Templo Quann-Inn 

Foto: Divulgação

O Quan-Inn é um Templo Taoísta, e fica no bairro do Grajaú, extremo da Zona Sul de São Paulo. 

Construído há mais de 30 anos nos padrões da Ásia, o templo é um local para explorar a espiritualidade e sabedoria. É um lugar muito bonito, tranquilo e repleto da cultura oriental,

Templo Kinkaku-Ji

Foto: Sturm / Wikimedia Commons

O Kinkaku-ji do Brasil é uma réplica do Templo Kinkaku-ji da cidade de Quioto no Japão. O templo fica no município de Itapecerica da Serra, a apenas 33 km de São Paulo. 

Leia também:

» 12 lugares para conhecer no bairro da Liberdade
» 10 razões para conhecer a maior Torre Japonesa do Brasil
» Conheça o templo budista de Chagdud Gonpa Khadro Ling em Três Coroas

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Bahia institui toque de recolher em mais de 300 cidades

Artigo anterior

Chega ao Brasil o primeiro avião da Itapemirim Transportes Aéreos

Artigo seguinte

Você pode gostar