A São Paulo escondida é tão surpreendente quanto a cidade que todos conhecem. Por isso, saia do roteiro comum e descubra lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo

São Paulo é uma cidade incrível para explorar, não há como negar. 

Os pontos turísticos mais conhecidos da capital paulista rendem um roteiro e tanto. Monumentos, museus, parques, centros culturais e polos de compras estão entre as atrações da maior metrópole do país.

Leia também » 100 lugares para viajar no Brasil em 2021

Mas se você procura um passeio incrível para se fazer na capital paulista, experimente conhecer a São Paulo escondida.

Há muitos lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo

Quer saber quais?

Confere nossas dicas a seguir e descubra uma nova São Paulo para seu próximo roteiro de viagem.

Quais são os lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo?

Tem de tudo um pouco. A São Paulo escondida é tão surpreendente quanto a cidade que todos conhecem. 

Veja alguns lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo:

Memorial da Resistência

Foto: Mike Peel / Wikimedia Commons

Dentro do antigo prédio do DEOPS (Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo) – que funcionou durante a ditadura militar (1964-1985) – funciona hoje o Memorial da Resistência.

O local é dedicado à preservação histórica dos diferentes movimentos de resistência à repressão política.  

O Memorial da Resistência fica ao lado da Estação da Luz, no centro de São Paulo, e é um ótimo lugar para quem quer conhecer mais sobre a história da ditadura e suas vítimas.

A visita passa por diversos ambientes do antigo órgão de repressão, incluindo suas celas.

Com entrada gratuita, o Memorial da Resistência funciona de quarta à segunda, das 10h às 17h30. 

No mesmo prédio, funciona a Pinacoteca de São Paulo, com várias exposições muito interessantes. Vale a pena aproveitar e visitar também.

Pavilhão Japonês

Foto: Divulgação

Localizado dentro do Parque do Ibirapuera, o Pavilhão Japonês é um dos lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo.

O espaço tem uma construção inspirada no Palácio Katsura, de Quioto, e belos jardins cheios de plantas originais do Japão. É um paraíso para quem procura calma.

O Pavilhão Japonês foi entregue pela colônia japonesa no quarto centenário da cidade de São Paulo, em 1954. E traz uma pequena mostra da memória e cultura do Japão. 

Há peças de cerâmica, trajes de guerreiros, as plantas do jardim e outros objetos característicos da cultura oriental.

As visitas ao Pavilhão Japonês podem ser feitas às quartas, sábados, domingos e feriados, das 10h às 12h ou das 13h às 17h.

Solo Sagrado

Foto: Felipe Floresti / Flickr

Um dos maiores espaços de meditação e contemplação da natureza do Brasil, o Solo Sagrado fica às margens da represa de Guarapiranga, na zona sul de São Paulo.

A ideia do Solo Sagrado foi criada por Mokiti Okada, da Igreja Messiânica, e tem como objetivo ser um protótipo de paraísos terrestres onde reina a harmonia entre as belezas da natureza e a criada pelo homem.

O local é belíssimo, com vários jardins que completam a linda paisagem da represa. O templo do Solo Sagrado é uma construção incrível, em formato de anel. 

Nele há três ambientes: o Santuário de Deus Supremo, com um altar central e uma torre de 71 metros de altura; o Santuário de Meishu-Sama, ao lado direito do Templo; e o Santuário dos Antepassados, ao lado esquerdo. 

O Solo Sagrado pode ser visitado das 7h às 16h30, da última quinta-feira ao último domingo de cada mês, com agendamento prévio.

Instituto Bardi

Foto: Lucas Medeiros / Wikimedia Commons

No bairro do Morumbi, na área da antiga Fazenda de Chá Muller Carioba, fica o Instituto Bardi.

O local era a casa da arquiteta Lina Bo Bardi e foi transformado em instituto após sua morte. A Casa de Vidro – considerada um dos ícones da arquitetura modernista no Brasil – impressiona por sua beleza.

O instituto tem objetos e exposições que preservam a memória da arquiteta – responsável também pelo projeto do prédio do Masp ( Museu de Arte de São Paulo) -, assim como promovem a arquitetura, o design, o urbanismo e arte popular brasileira..   

Apesar de não ser aberto diariamente ao público, o Instituto Bardi pode ser visitado com agendamento prévio, através do e-mail [email protected].

Vale muito a pena a visita, o local todo convida a contemplar a obra de Lina Bo Bardi, incluindo a área verde em torno da casa, reflorestada por ela.

Jardim do Centro Cultural

Foto: Sônia Parma

O Centro Cultural São Paulo tem muitas atrações incríveis. É aquele espaço onde se entra e não dá vontade de sair.

Entre os vários cantos para conhecer, está um dos lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo: o Jardim Suspenso.

Dividido nas alas Vergueiro e 23 de Maio, o Jardim do Centro Cultural é ótimo para relaxar e admirar a bela vista da capital paulista. Espreguiçadeiras dispostas em toda sua extensão convidam a sentar e ficar um pouco neste lugar delicioso. 

Outra dica é fazer um piquenique em seu belo gramado.

O Jardim do Centro Cultural abriga também uma horta comunitária que é aberta ao público no último domingo de cada mês. Ao lado dele, fica o restaurante do Centro Cultural de São Paulo, mais um convite para ficar e aproveitar.

A entrada é gratuita e o acesso é permitido das 10h às 18h, de terça a domingo.

Piscina do Sesc 24 de Maio

Foto: Divulgação

Localizada no 13º andar do antigo prédio do magazine Mesbla, no centro de São Paulo, a piscina do Sesc 24 de Maio é um passeio incrível para se fazer na capital paulista.

Com vista panorâmica da área central da cidade, a piscina tem 500 metros quadrados e pode receber até 400 pessoas. 

O Sesc 24 de Maio foi inaugurado em 2017 e hoje é um dos principais centros de lazer, cultura e inovação do centro de São Paulo. 

A piscina do Sesc 24 de Maio é  aberta ao público e recebe várias atividades de recreação (suspensas no momento devido à pandemia, consulte no site da instituição). Além disso, é utilizada por alunos de práticas aquáticas do Sesc.

O prédio do Sesc 24 de Maio fica na esquina das ruas Dom José de Barros e 24 de Maio.

Bar dos Arcos

Foto: Divulgação

Mais um dos lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo é o Bar dos Arcos que – acredite! – fica no subsolo do Theatro Municipal.

Inaugurado em 2018, o Bar dos Arcos tornou-se um dos mais badalados da capital paulista. O lugar, assim como o prédio que o abriga, é belíssimo. 

Suas paredes de pedra, pé direito baixo e os arcos romanos – que sustentam a construção – formam um ambiente incrível, que lembra uma taberna do século XIX.

O Bar dos Arcos conta com música ao vivo e funciona de terça a sábado, das 19h30 às 2h30. A entrada é pela lateral do Theatro Municipal, em frente ao Vale do Anhangabaú.

Cripta da Sé

Foto: Denis Mastro

Escondido sete metros abaixo do piso do altar da Catedral da Sé – um dos cartões-postais de São Paulo – fica um lugar incrível para conhecer na capital paulista. . 

É a Cripta da Sé, que abriga os restos mortais de figuras importantes da história da cidade e tem uma arquitetura belíssima. 

Com mais de 100 anos, a cripta foi projetada em 1919 pelo arquiteto alemão Maximilian Emil Hehl. O local tem 4 vitrais e duas esculturas vindas de Roma, de Jó e São Jerônimo – que simbolizam a morte. 

As visitas à Cripta da Sé são monitoradas e ocorrem todos os dias da semana.

Jardim da Prefeitura de SP

Foto: Divulgação

Você sabia que o terraço do prédio da Prefeitura de São Paulo abriga um jardim belíssimo com 400 espécies de plantas? Esse oásis no centro da grande metrópole é desconhecido por muitos. 

O Jardim da Prefeitura de SP é um dos lugares secretos e imperdíveis para visitar em São Paulo. 

Formado e mantido durante muitos anos pelo jardineiro Walter Galera – que lhe dá o nome -, o espaço tem orquídeas e árvores frutíferas. Além de plantas de várias partes do mundo, algumas com mais de 8 metros de altura. 

Há, ainda, um lago artificial com carpas e algumas ervas medicinais. O local ainda permite ter uma vista panorâmica do Vale do Anhangabaú, do Theatro Municipal e do Shopping Light.

Tudo isso faz do Jardim da Prefeitura de SP um refúgio incrível. As visitas são gratuitas e fazem parte do tour pelo Edifício Matarazzo, sede da administração municipal.

Leica Gallery

Foto: Divulgação

Localizada em um edifício histórico de São Paulo – onde já morou Di Cavalcanti – está uma das mais conceituadas galerias de fotografia do mundo, a Leica Gallery. 

Primeira sede da importante marca de fotografia na América Latina, a Leica Gallery de São Paulo fica no bairro de Higienópolis.

A galeria traz várias exposições que encantam não só os amantes da fotografia. O espaço em si já é um deleite aos olhos, tanto que o prédio passa por um processo de tombamento como patrimônio histórico.

Vale muito a pena conhecer este lugar incrível da capital paulista. As visitas podem ser feitas de terça a sábado e a entrada é gratuita.

Templo Odsal Ling

Foto: Divulgação

Se você procura por um passeio diferente para fazer em São Paulo, há uma excelente opção bem pertinho da capital paulista, na cidade de Cotia.

É o Templo Odsal Ling, um refúgio do budismo tibetano. Localizado em uma área rural, o templo budista é o lugar para quem procura por tranquilidade e curte passeios culturais. 

Lá você pode aprender sobre os costumes e crenças dos monges tibetanos, conhecer suas produções na lojinha de souvenirs e experimentar uma refeição em meio a atmosfera de paz do templo.

Observar o Templo Odsal Ling também é uma das coisas a se fazer por lá. Cheio de detalhes e cores vibrantes, o templo é um ótimo exemplar da arquitetura tibetana.

As visitas ao Templo Odsal Ling podem ser feitas aos finais de semana e feriados, das 10h às 16h. 

Quintal do Centro Jardim do Centro

Foto: Ana Mello

Uma loja de plantas com cafeteria que se transformou em um espaço para ir e ficar. Esse é um resumo do que é o Jardim do Centro.

Localizado na Rua General Jardim, o local nasceu de uma loja de plantas que, de tão aconchegante, se tornou parada de pessoas que queriam conversar e passar um tempo em meio ao verde. Com o tempo, os donos resolveram ampliar o negócio e fizeram uma cafeteria. Mais um convite para ficar por ali mais tempo.

Em seguida, a cafeteria passou a servir almoço também e, para os que queriam trabalhar naquele cantinho verde de São Paulo, foi criada uma área de coworking. 

É mais um refúgio escondido na capital paulista que vale a pena conhecer e passar algumas horas. As visitas podem ser feitas de quarta a domingo, das 9h às 19h.

Pista de skate nas alturas

Foto: Divulgação

Uma pista de skate nas alturas? Isso mesmo. 

Em São Paulo você pode andar de skate em uma pista no 21º andar de um dos mais tradicionais edifícios da capital paulista. 

Portanto, se você curte o esporte ou gosta de conhecer lugares novos, não deixe de visitar a Pista do 21, no Farol Santander, antigo prédio do Banespa. 

Idealizada pelo famoso skatista Bob Burnquist, a pista tem 300 m² de rampas e obstáculos. O local oferece aulas de skate e horários abertos ao público.

A visita deve ser agendada no site do Farol Santander e é paga.

Rincon Escondido

Foto: Divulgação

São Paulo também é um destino perfeito para quem gosta de descobrir cantinhos gastronômicos. 

É o caso do Rincon Escondido, idealizado pelo filho de uruguaios, Alan Edelstein, e o argentino Francisco Mancuso. 

Não se trata de um restaurante, mas uma casa aberta em dias específicos para proporcionar uma experiência única a seus visitantes.

Escondido na Vila Madalena, o lugar serve o melhor da parrilla argentina e uruguaia. Além disso, oferece cursos sobre como preparar os melhores cortes de carne assados. 

Ficou com vontade de experimentar esses sabores? Agende sua visita pelo site do Rincon Escondido.

Casa Elefante

Foto: Wagner Tamanaha

Um misto de loja de discos, livros, acessórios, roupas e artes com cafeteira. Essa é a Casa do Elefante, no bairro Santa Cecília.

Mais um dos lugares secretos e imperdíveis para conhecer em São Paulo, a Casa do Elefante ainda abriga shows e apresentações de teatro, saraus, oficinas e exposições.

Se você procura por um passeio diferente na capital paulista, reserve um tempo para conhecer esse lugar incrível. 

As visitas podem ser feitas todos os dias, das 11h às 21h, e a programação das atividades pode ser consultada na página do Facebook da Casa do Elefante.

A São Paulo escondida é tão incrível quanto a famosa, não acha? Não espere e conheça esses lugares secretos e imperdíveis! 

Leia também:

» Rolês pra fazer sozinho na região da Avenida Paulista
» Cidades históricas para conhecer pertinho de São Paulo
» Bar suspenso a 35 metros de altura é atração no Carnaval em São Paulo
» Olímpia, no interior de São Paulo, ganhará Parque dos Dinossauros

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$ 350 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Fuja de aglomerações e hospede-se nesta cabana no interior de SP

Artigo anterior

Viagem de carro pelo Sul do Brasil: o que fazer em cada uma das capitais

Artigo seguinte

Você pode gostar