Roteiro na Chapada dos Veadeiros: melhores cachoeiras, hotéis e cidades. Confira uma rote de até 7 dias pelo Parque Nacional

A Chapada dos Veadeiros vem se destacando cada vez mais como um grande destinos turístico para apreciadores do ecoturismo. O Parque Nacional, fica no estado de Goiás a cerca de 220 km de Brasília e possuí inúmeras atrações voltadas a natureza.

Cachoeiras, cânions, rios, grutas, trilhas, mirantes e poços com belezas inigualáveis podem ser visitadas no enorme território que abriga a maior extensão de cerrado contínuo no mundo.

Nas estradas de areia que fazem o acesso das principais cidades até algumas atrações animais se exibem com frequência para os turistas, que estão sempre prontos para realizar um belo click da região. Entre eles estão emas, lobos guarás, tamanduás, araras e tucanos enfeitando ainda mais a chapada.

A natureza majestosa impressiona os visitantes de diferentes perfis, é simplesmente impossível não se apaixonar por esse lugar. Cada atração tem sua beleza singular, ficando impossível escolher o lugar mais bonito do destino. A Chapada dos Veadeiros é indicado para mochileiros, casais e famílias com trilhas de fácil e difícil acesso.

Roteiro na Chapada dos Veadeiros

Dia 1 – Cachoeira Loquinhas

A Chapada dos Veadeiros possuí uma extensão territorial tão grande que existem 7 pontos para você escolher onde se hospedar e começar a explorar a região.

Os mais famosos são os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e a vila de São Jorge. Decidimos começar a viagem por Alto Paraíso, o município mais próximo de Brasilia.

Chegamos as 10 horas da manhã (2:30hrs de viagem seguindo de carro) horário perfeito para tomar um café da manhã reforçado na cidade, fazer o check-in no hotel (escolhemos a Pousada Alfa & Ômega) e procurar a primeira cachoeira que iríamos visitar.

O complexo Cachoeira Loquinhas é o mais próximo da cidade, a apenas 14 km, com acesso em uma estrada de terra onde o viajante já começa a admirar as belezas da região.

Morros, fauna e flora típica do cerrado e um imenso céu com um azul intenso fazem parte desse pequeno percurso. São 8 paradas, sendo elas: Poço Jacutinga, Poço do Curupira, Poço Curumins, Poço da Vovó, Poço Siriema, Poço do Xamã, Poço do Pajé e a Cachoeira da Loquinhas.

O percurso é feito em uma trilha de 1 km feita com madeira e é indicada para todas as idades.

Roteiro na Chapada dos Veadeiros

Complexo Loquinhas. Foto: Gustavo Albano

À noite jantamos no restaurante Cravo e Canela, com ótimas opções de comida vegetariana caseira em um ambiente aconchegante, rustico e bem localizado.

Dia 2 – Fazenda São Bento: Almécegas I, II e Cachoeira São Bento

No segundo dia do roteiro resolvemos seguir para outra opção bem próxima e famosa da cidade, a Fazenda São Bento. A estrada para chegar até a as cachoeiras é ótima, e a vista é uma atração a parte. Para ter acesso as cachoeiras é necessário pagar uma pequena taxa.

A melhor opção é começar pelas duas mais distantes da entrada. Para chegar até a cachoeira Almécegas é necessário percorrer 1,5 km de trilha. O visitante se impressiona antes da chegada com um incrível mirante que permite uma visão de cima da cachoeira.

Essa atração tem outros dois pontos para aproveitar: a imensa lagoa em tons de verde com visão ampla e próxima da cachoeira (com 45 m de altura) e as piscinas naturais que se formam no topo da queda d’agua.

Roteiro na Chapada dos Veadeiros

Cachoeira Almécegas. Foto: Gustavo Albano

O acesso para a Cachoeira Almécegas II é de apenas 400 m de trilha fácil à partir do estacionamento. A cachoeira possuí uma bela queda de 15 metros e um imenso poço para banho. Depois partimos para a cachoeira São Bento, a mais próxima da entrada e mais movimentada da fazenda. A cachoeira possuí um imenso poço de águas escuras e uma queda com 6m de altura.

A Fazenda São Bento tem uma estrutura completa para quem deseja aproveitar melhor esse local especial da chapada, oferecendo quartos para hóspedes, e atividades de aventura como tirolesa, trilhas de bike e passeios a cavalo.

Dia 3 – Vale da Lua e Jardim de Maytrea

Separamos nosso 3º do roteiro na Chapada dos Veadeiros dia para conhecer um dos lugares mais místicos da chapada: o Vale da Lua.

O lugar ganhou fama por abrigar um conjunto de formações rochosas cavadas nas pedras pelas corredeiras de águas transparentes do rio São Miguel, formando um cenário lunar, dando origem a pequenos rodamoinhos e funis.

Roteiro na Chapada dos Veadeiros

Vale da Lua. Foto: Divulgação

Depois fomos curtir o por do sol no Jardim de Maytrea. Um imenso campo aberto com veredas. Um lugar sagrado para os místicos, que acreditam haver lá um portal para outra dimensão. De lá seguimos correndo para arrumar as malas e se hospedar na simpática Vila de São Jorge.

Roteiro na Chapada dos Veadeiros

Jardim de Maytrea. Foto: Divulgação

#Dia4 – Parque Nacional: Saltos, Canions, e Carioquinhas

Escolhemos a Vila de São Jorge como segundo ponto de parada do roteiro por estar mais próxima a entrada do parque. O simpático vilarejo é bem rústico e possuí ruas de terra, um lugar maravilhoso para se desconectar e ter acesso as trilhas da entrada do parque nacional.

O parque retém apenas algumas das atrações da região e fica a 10 minutinhos da Vila de São Jorge de carro. Resolvemos fazer as duas mais cobiçadas os Saltos de 120 e 80 metros com trilha de 11 km e os cânions + carioquinhas com trilha de 12 km.

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros. Foto: Divulgação

Dica: Para os mais aventureiros também é possível fazer a Travessia das Sete Quedas – são 23,5 km de trilha que pode ser feita em 2 ou 3 dias acampando a noite, na qual você passa por todas as diferentes paisagens do Cerrado.

Terminamos a noite no Risoteria Santo Cerrado, um restaurante aconchegante bem movimentado que como o próprio nome já diz é especializado em risotos. Além do carro chefe, a casa oferece petiscos, saladas (como a Camponata do Cerrado, feita com castanha de baru), acompanhamentos e sobremesas.

#Dia5 – Cachoeira do Abismo e mirante da Janela

Fizemos o segundo passeio mais próximo da vila, a cachoeira do Abismo e o mirante da Janela. A trilha começa 800 m antes da entrada principal do parque e inicia-se com uma estradinha de terra de 2 km com leve subida. Ao chegar ao estacionamento há uma escultura com um enorme cristal de quartzo e dois troncos de árvores caídos, ótimo local para recarregar energias.

Em seguida começamos a trilha até a cachoeira do Abismo, que forma uma incrível piscina com borda infinita e uma vista panorâmica das montanhas em frente a atração. Em seguida partimos para o principal catão postal da chapada, o mirante da Janela com vista para os Saltos do Rio Preto, a trilha possuí uma subida íngreme, mas todo o esforço é recompensado com uma vista magnífica do parque, te fazendo se sentir minúsculo em meio a tanta natureza. O ideal é curtir o por do sol no mirante.

Parque Nacional

Parque Nacional. Foto: Divulgação

Seguimos para a pousada Trilha Violeta e arrumamos as malas para seguir até Cavalcante, o município que ocupa a maior área do parque.

#Dia6 – Cavalcante: Rio da Prata

Fizemos os passeios em Cavalcante com a Agência Zaltana e seguimos ao circuito Rio da Prata bem cedo. O complexo abriga 11 quedas diferentes (Pratinha I, Três Marias, Poço das Fadas, Cortina, Passador, Escondido, Rei do Prata, Rainha, Preto Velho, Urubu Rei e Princesa) porém apenas 9 tem acesso.

Dificilmente você conseguirá conhece-lo em apenas um dia. Para chegar até lá é preciso pegar 64 km de estrada de terra, o aconselhável é seguir com um carro 4×4, para ter ideia fizemos o percurso em 2 horas. A grande atração desse circuito é a Rei do Prata, que possuí um imenso poço do tamanho de uma piscina olímpica com 10 metros de profundidade.

Parque Nacional

Cavalcante. Foto: Divulgação

#Dia7 – Cachoeira Santa Bárbara e Cachoeira da Capivara

No último dia do roteiro na Chapada dos Veadeiros decidimos fechar com chave de ouro, visitando duas atrações da cidade majestosas no mesmo dia. O destino foi a comunidade Kalunga Povoado do Engenho II a 27 km do centro de Cavalcante. No caminho conseguimos contemplar a maravilhosa vista do Mirante Nova Aurora com vista para imensos morros, veredas e jardins. Bem próximo de lá paramos também no mirante para a vista da cachoeira Ave Maria.

Quando chegar na comunidade vá direto ao CAT (Centro de Atendimento ao Turista) e contrate seu guia para conhecer as atrações. Seguimos primeiro a Santa Bárbara, a trilha é de fácil acesso e possuí uma simpática parada apelidada de Santa Bárbarinha, apenas uma amostra do que esta por vir. A grande atração tem 28 metros de altura que despenca em um belo poço de águas azul. A cachoeira é cercada por uma imensa parede de pedras engolidas por matas nativas transformando o ambiente em um imenso oásis em meio ao cerrado.

Roteiro na chapada dos Veadeiros: Cachoeira Santa Bárbara. Foto: Divulgação

Depois do passeio almoçamos na casa de um morador da comunidade Kalunga. Fomos no fogão a lenha e lá tinha arroz, feijão, abobora refogada, galinha cozida, farofa com pedaços de carne. Comida simples e deliciosa!

A paisagem dessa cachoeira lembra cenários do filme Avatar, são duas quedas de 40 metros cada uma de um rio diferente. Á direita do rio Capivara e à esquerda do Rio Tiririca que seguem em direção a um maravilhoso mirante em um gigantesco cânion.

Roteiro pelas cachoeiras da Chapada dos Veadeiros

Roteiro pelas cachoeiras da Chapada dos Veadeiros. Foto: Divulgação

+info:

Pousada Alfa & Ômega
R. Joaquim Almeida, 15
Alto Paraíso de Goiás – GO
[email protected]
www.pousadaalfaeomega.site.com.br
Tel: (62) 3446-1225

Pousada Nova Era
Rua Joaquim de Almeida, 131
Alto Paraíso de Goiás – GO
www.jardimdanovaera.com.br
Tel: (62) 3446-1279 / (62) 8284-1308

Vale das Araras
Ch Vera Cruz, s/n
Cavalcante – GO
[email protected]
www.valedasararas.com.br
Tel: (62) 9665-4447

Pousada Aldeia Cayana
Estr. Cavalcante / Colina do Sul S/N, km. 4
Cavalcante – GO
[email protected]
www.pousadacayana.com.br
Tel: (61) 3245-7735 / (61) 9986-8806 / (62) 9914-7446

Pousada Trilha Violeta
Rua 12, Quadra 7, Lote 5 e 6
São Jorge – GO
[email protected]
www.trilhavioleta.com.br
Tel: (62)3455-1088

Cravo e Canela
Av. Ary Ribeiro Valadão Filho
Alto Paraíso de Goiás – GO
Tel: (62) 3446-1376

Santo Cerrado Risoteria
Viela C, Qd 8, Lt 2
Vila de São Jorge – GO
Tel: (61) 9974-1150

Fazenda São Bento
GO 239 – Km 8
Alto Paraíso de Goiás- GO
[email protected]
www.pousadasaobento.com.br
Tel: (62) 3459-3000 / (61) 9956-7146 / (61) 9997-8686 / (61) 9938-8686

Agência Zaltana
Rua Borba Gato Quadra 24 lote 191
Cavalcante – Goias
www.zaltanaecotur.com.br
Tel: (62) 3494-1357 / (62) 9820-3482 / (62) 9616-8368

Leia também:

» 10 cachoeiras imperdíveis para conhecer na Chapada dos Veadeiros!
» Hospedagem em Alto Paraíso de Goiás: Pousada Alfa & Ômega
» Vale da Lua, encantos e mistérios na Chapada dos Veadeiros
» Chapada dos Veadeiros um paraíso no coração do Brasil
» Cachoeiras em Alto Paraíso de Goiás – Almécegas I e II

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

13 cachoeiras imperdíveis para conhecer na Chapada dos Veadeiros!

Artigo anterior

Cânion do Xingó – Desbravando as belezas do Rio São Francisco

Artigo seguinte

Você pode gostar