Turismo em Florianópolis: o que ver e fazer

A capital catarinense, Florianópolis, é carinhosamente chamada de “Ilha da Magia” e depois de conhecer a cidade, você compreende o motivo. O município é uma das três ilhas capitais do Brasil e possui uma ótima infraestrutura de cidade grande integrando-se com uma natureza exuberante que rodeia a região. São 436,5 km² que abrigam mais de 100 praias paradisíacas, lagoas, dunas, trilhas em meio à Mata Atlântica, casarões históricos e sítios arqueológicos.

O litoral possuí águas claras e a paisagem muda em diferentes regiões da ilha. As praias estão sempre cercada por morros, dunas e grandes espaços de mata atlântica concentrada. A cidade recebe turistas de diversos lugares do mundo e está sempre muito movimentada, ainda mais durante as épocas de alta temporada como o Carnaval e Réveillon (época que a quantidade de pessoas na ilha costuma quadruplicar).

A ilha pode ser dividida em 4 regiões, no leste estão as famosas praias Mole e Joaquina, surf e luais são as marcas registradas do local. Ao norte da ilha, Jurerê atraí os mais jovens para aproveitar a noite badalada. O lado sul da ilha são para os mais tranquilos que procuram praias mais desertas e rústicas como a Lagoinha do Leste. O centro é o marco histórico, político, comercial e cultural da cidade.

É impossível andar pela ilha e não se inspirar. Os encantos da Ilha da Magia são muitos, a capital Florianópolis incentiva à prática de diversas atividades dentro e fora d’água, como sandboard, windsurf, kitesurf, trekkings ou simplesmente uma tranquila caminhada pelas charmosas orlas catarinenses.

Colonizada por imigrantes açorianos, a capital de Santa Catarina ainda preserva sua história com suas vilas pequenas e eventos culturais e religiosos originados da cultura portuguesa.

Na capital, o desenvolvimento também chegou em peso, arranha-céus e uma boa variedade hoteleira e gastronômica compõe a região, oferecendo atividades para todos os gostos. Conhecida como Meiembipe pelos índios carijós, Florianópolis possui numerosas inscrições rupestres cujos registros mais antigos datam 4800 a.C

O que fazer

Praias:

A natureza abundante dessa região do Brasil foi extremamente generosa, em Florianópolis é possível encontrar paias de ondas fortes, de águas calmas, praias extensas, praias pequenas e piscinas naturais que agradam os visitantes. A Praia da Joaquina está na lista de mais badaladas e famosas da ilha. As ondas fortes dessa área do litoral atraem muitos surfistas que procuram uma região com ventos fortes. Outra atração são as dunas que acompanham a praia.

5373605373_7831fdec0c_z

Outro cartão postal do estado, a Praia Mole é lugar de badalação, corpos atléticos e muitos jovens circulando pelas areias fofas da praia. Campeonatos de surf também são frequentes, mesmo nas baixas temporadas. A praia possui em média 900 metros de extensão cercada por uma vegetação rasteira. Aberta para o Oceano Atlântico, a praia é de tombo com ondas fortes, longas e águas geladas.

4385386722_0c13be6b92_z

Os balneários mais populosos e movimentados são os de Canasvieiras e Ingleses, que são muito procurados pelos turistas do Mercosul e por famílias em busca de águas um pouco mais mornas e tranquilas; nessa lado da ilha você encontra tudo, ótimos hotéis, opções de restaurantes e praias como Jurerê Tradicional e Daniela, frequentadas principalmente por famílias com filhos pequenos, justamente pelo mar mais sereno.

4254952412_86cbfda32f_z

Se a intenção é curtir belas praias com poucas pessoas, mais rústicas, a praia da Armação é mais tranquila e reservada para quem foge das multidões. Os aventureiros vão se apaixonar pela Lagoinha do Leste, que possuí uma extensa e bela trilha com vistas que compensam todo o esforço para chegar até o local.

Lagoa da Conceição

A Lagoa da Conceição possuí um pequeno centrinho muito movimentado principalmente no período noturno. Rodeado de ótimos bares e restaurantes, a imensa lagoa pode ser considerada o coração da “Ilha da Magia”. Durante o dia famílias e amigos se reúnem na beira da lagoa para fazer picnics e praticar alguns esportes como stand-up paddle.

6752073913_97927ce130_b

Fortaleza de São José da Ponta Grossa

A Fortaleza de São José da Ponta Grossa é parada obrigatória se você estiver conhecendo Jurerê Internacional. A construção interligada por rampas com muralhas espessas terminou de ser construída em 1740 e é tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

5374105438_7814c8c775_z

Vilas Açorianas

Alguns bairros de Florianópolis são embelezados com arquitetura em estilo açoriano que dominam a paisagem em alguns bairros de Florianópolis. Entre eles estão o Centro e os bairros de Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha, com muitos casarios preservados.

robeiraoilha

Mercado Público Municipal

O Mercado Público de Florianópolis foi construído no ano de 1899, em substituição ao antigo mercado que existia no Largo da Matriz. O espaço conta com 140 boxes que vendem diversos produtos, entre eles artesanatos, utensílios e alimentos típicos da região.

11809872153_cd22bb7ec0_z

Ponte Hercílio Luz

A Ponte Hercílio Luz está inativa há mais de 20 anos, mas é o mais importante cartão-postal da cidade. Utilizada para ligar a ilha ao continente, ela foi inaugurada em 1926 e possui 819 metros de comprimento com duas torres que medem 75 metros de altura.

4915039682_194c387ff6_z

Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim

O maior forte da ilha foi erguido entre 1739 e 1744 na Ilha de Anhatomirim. O forte é considerado o mais importante dos três, que formavam o antigo triângulo de defesa do norte da cidade.

forte

Fortaleza de Santo Antônio de Ratones

Projetada por José da Silva Paes para defender a entrada norte da Ilha de Santa Catarina, a construção começou em 1740 e foi concluída em 1744 na ilha de Raton Grande, nome dado pelo explorador espanhol Cabeza de Vaca por a ilha se assemelhar ao formato de um rato.

4978464374_4463841414_z

Casa da Alfândega

A Casa da Alfândega abriga o projeto Galeria do Artesanato, abrigando aproximadamente 120 artesãos de várias regiões do estado que comercializam diferentes peças no local. Ótima parada pra comprar aquela lembracinha da Ilha.

11871699795_245fc2b584_z

Forte Sant’ana

Datado em 1765, o Forte Sant’ana abriga o Museu de Armas da Polícia Militar. O forte é de fácil acesso e bem conhecido na região, localizado embaixo da Ponte Hercílio Luz.

16378635241_948508afce_z

Ilha do Campeche

Águas calmas em um imenso mar que costuma oscilar entre o verde e o turquesa. A Ilha do Campeche é uma atração ideal para famílias com crianças pequenas, casais e mergulhadores apaixonados por uma vida marinha rica e preservada. Os passeios costumam partir de três pontos, com saídas da Barra da Lagoa, da Praia do Campeche e da Praia da Armação.

Depois de navegar 1km e meio, chega-se na pequena ilha. Com apenas uma praia de areias finas, o cenário quase deserto cercado por uma Mata Atlântica ainda nativa impressiona.

4385501470_f860b3d9e8_z

Praça Hercílio Luz

Atrativo para os moradores e turistas, a Praça Hercílio Luz foi recentemente revitalizada e conta com um mirante que recebe o mesmo nome. Bem próximo ao Parque da Luz na frente do mar de Florianópolis, o ponto vem recebendo cada vez mais visitantes que buscam um ambiente agradável para curtir as tardes da capital catarinense ao ar livre.

praca

Outros atrativos turísticos em Florianópolis:

  • Catedral Metropolitana de Florianópolis
  • Centro Histórico
  • Av. Beira Mar
  • Praça XV de Novembro
  • Morro da Cruz
  • Igreja de Nossa Senhora das Necessidades
  • Museu Victor Meirelles
  • Museu Histórico de Santa Catarina
  • Mirante Ponto de vista
  • Projeto Tamar Florianópolis
  • Palácio Cruz e Sousa
  • Morro da Cruz
  • Museu de Arqueologia Costão do Santinho
  • Ilha do Arvoredo
  • Teatro Álvaro de Carvalho
  • Paróquia Nossa Senhora da Lapa

Planeje sua viagem:

Encontre o melhor preço de hospedagens, passagens aéreas e promoções em tempo real sem pagar nada a mais por isso. Pesquise o seu voo em todas as companhias de uma só vez e tenha certeza de ter feito o melhor negócio. Planeje: Passagens Aéreas | Reservar Hotéis 

Como chegar:

De avião

O principal aeroporto do estado, o Hercílio Luz, recebe voos internacionais e nacionais partindo das principais capitais do país.

De carro

Acesso pela BR-101 vindo de Curitiba (aproximadamente 303km)
De Porto Alegre: 457km com acesso pela mesma rodovia.

De ônibus

A cidade recebe ônibus diários de diversas capitais brasileiras. Para informações atualizadas de quais companhias operam até Florianópolis, vale ligar na rodoviária da capital catarinense.
Rodoviária de Florianópolis
Tel: (48) 3212-3100

Melhor época para visitar:

A capital de Santa Catarina abriga uma infinidade de praias maravilhosas para todos os gostos, por isso o turismo na cidade está praticamente voltado a apreciar as belezas naturais da região. É no verão (dezembro a fevereiro) que as águas que banham a ilha estão em sua melhor temperatura, porém é também a época que Florianópolis atinge seu auge de visitas gerando trânsitos e algumas atrações lotadas.

Já os meses de março e abril o clima continua agradável para bons mergulhos e a ilha fica mais vazia, uma ótima oportunidade de conhecer a capital longe do agito. O inverno costuma ser bem rígido trazendo temperaturas baixas. Os meses de setembro, outubro e novembro são mais imprevisíveis atraindo tempos nublados e chuvosos.

Leia também:

Conforto e Tranquilidade: conheça os melhores Eco Resorts do Brasil
Como se hospedar em qualquer lugar do mundo sem pagar nada
Jovem dá a volta na Europa gastando apenas 1 euro por dia
Americano viaja durante 50 anos e conhece todos os países do mundo
Viajando o mundo como voluntário: uma viagem para o bem

Fotos: Samantha Marques, Felipe Aguillar, Marlon Gaspar, Sabrina Didoné, Tristao Da Cunha, Antonio Fonseca, Valmir Singh, Luacas Colla, Ademir João da Rosa, Idalécio Santos, Antonio Carlos Bohnke.