Para além dos destinos mais famosos do estado, existem 3 praias catarinenses que não deixam a desejar, em nada, para o Caribe. Por isso, você precisa muito conhecê-las

Quem disse que para ver um mar azul turquesa e areias branquinhas você precisa viajar para fora do Brasil? Aqui, bem pertinho de nós, existem praias belíssimas que não deixam a desejar em nada para os destinos internacionais mais famosos. Duvida? Então, vamos te apresentar 3 praias catarinenses que deixam o Caribe no chinelo.

O litoral de Santa Catarina é privilegiado e, além dos destinos mais conhecidos, como Florianópolis e Balneário Camboriú, há praias que são verdadeiros paraísos, com mar de águas cristalinas, areias branquinhas e natureza extremamente preservada. E o melhor: são perfeitos tanto para quem curte aventura e ecoturismo quanto para quem viaja em família ou amigos.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Pode ter certeza que essas praias de Santa Catarina vão te conquistar e você vai querer viajar para lá o quanto antes. Preparado para começar?

Praias de Santa Catarina que são verdadeiros paraísos

Aqui, vou te falar sobre 3 praias catarinenses que, além de lindas, oferecem ótimas opções de passeios e diversão. Duas delas ficam em Bombinhas, município localizado mais ou menos no caminho entre Balneário Camboriú e Florianópolis: Praia da Sepultura e Lagoinha. A outra é a Ilha do Campeche, que fica na capital catarinense e é conhecida como o Caribe brasileiro.

Sepultura (Bombinhas) 

praias catarinenses

Praias catarinenses que deixam o Caribe no chinelo. Foto: Setur Bombinhas

Apesar de pequena, a Praia da Sepultura, em Bombinhas, é uma das mais bonitas de Santa Catarina e atrai milhares de turistas o ano todo. A faixa de areia branquinha tem apenas 100 metros e, principalmente na alta temporada, costuma ficar bem cheia. Mas não é por menos que a Praia da Sepultura é tão procurada, o cenário é paradisíaco e único.

O mar em tons de azul é sempre calmo. Suas águas cristalinas abrigam diversas espécies de peixes, que podem ser facilmente vistos, tanto por quem mergulha como por aqueles que se banham no mar. Por esse motivo, a Praia da Sepultura é conhecida como um aquário natural e recebe muitos praticantes de mergulho, seja com snorkeling ou cilindro.

Quem mergulha na Praia da Sepultura se depara, também, com a obra de arte “Bio Vida III”, do artista plástico Pita Camargo. Essa é a primeira peça da Galeria Subaquática que a Prefeitura de Bombinhas projetou para a praia da Sepultura, a exemplo do que já se fez em Cancun e em outros lugares do mundo.

Ela agrada desde os mais aventureiros até aqueles que viajam em família. O mar calmo é ideal também para a prática de stand-up paddle e caiaque. E, em uma de suas extremidades, piscinas naturais se formam entre as rochas, fazendo a alegria das crianças.

A praia tem um restaurante e algumas barracas que atendem bem quem a visita. Lá não é permitido acampar, usar tendas, fazer fogueiras e levar animais domésticos. Essas medidas visam preservar a área e a vida marinha tão rica dessa praia.

O acesso à Praia da Sepultura é através da Avenida das Garoupas e pode ser feito tanto a pé quanto de carro. Quem escolhe caminhar do centro da cidade até a praia, faz o percurso pelo costão direito da Praia de Bombinhas, passando pela Prainha, Embrulho e Lagoinha. De carro, é necessário seguir pela avenida até o estacionamento da Praia da Sepultura, depois percorrer uma trilha de 200 metros para chegar na porção de areia.

Ilha do Campeche

Praias de Santa Catarina

Praias de Santa Catarina que deixam o Caribe no chinelo. Foto: Rodrigo Soldon

Outra praia catarinense que não deixa a desejar, em nada, para o Caribe é a Ilha do Campeche. Aliás, ela é conhecida por muitos como o Caribe Brasileiro em Santa Catarina e não é difícil entender o porquê.

Localizada em Florianópolis, a ilha fica a 1,5 km, mar adentro, da Praia do Campeche. A área é tombada como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Por esse motivo, a entrada na ilha é restrita ao número máximo de 770 pessoas na baixa temporada e 800 na alta temporada, e só é possível chegar até lá em um dos barcos com autorização de desembarque.

Como resultado da restrição de acesso, esse paraíso natural do litoral catarinense se mantém extremamente preservado. E, claro, lindíssimo. O mar calmo tem águas cristalinas em tons de azul turquesa. A areia branquinha da praia contrasta com o verde estonteante da mata que a cerca. E, para completar, há várias rochas que tornam o visual belíssimo.

Além de curtir a Praia da Enseada, quem visita a Ilha do Campeche pode percorrer várias trilhas e, ainda, conferir as pinturas rupestres que tornaram este um lugar de grande importância histórico-cultural. As trilhas podem ser feitas por terra e pela água e são acompanhadas por monitores do IPHAN.

Não há muita estrutura na ilha- apenas um restaurante na alta temporada -, por isso, quem a visita pode levar lanches e bebidas. Mas importante lembrar que é proibido alimentar os quatis que vivem ali e todo o lixo produzido deve ser recolhido e levado embora. É possível embarcar para a Ilha do Campeche a partir das praias do Campeche, Barra da Lagoa e Armação. O tempo máximo de permanência na ilha é de 4 horas.

Lagoinha (Bombinhas)

praias catarinenses

Praias de Santa Catarina que deixam o Caribe no chinelo. Foto: Divulgação

Bombinhas se destaca entre as cidades do litoral catarinense por suas praias extremamente preservadas e, a exemplo do que já mencionamos sobre a Praia da Sepultura, dá para se ter uma ideia do que encontrar por lá. Outra bela porção de areia dessa região é a Praia da Lagoinha, com suas águas cristalinas, cheias de vida marinha.

Assim como Sepultura, Lagoinha tem uma faixa de areia pequena, com apenas 100 metros de extensão, e curta, uma vez que a maré costuma subir bem rápido. O mar é calmo e transparente, com águas em tons esmeralda e turquesa. E as areias branquinhas são emolduradas por mata preservada.

Logo na entrada da praia, há várias pedras onde se formam piscinas naturais repletas de peixinhos, perfeitas para quem viaja com crianças. O mar da Lagoinha também é ótimo para a prática do mergulho, tanto de superfície (snorkel) como de profundidade. Porém, não há muita estrutura na praia, apenas um restaurante e algumas barraquinhas.

A praia fica apenas 3 km do centro de Bombinhas e, para chegar até lá, é preciso seguir pela orla passando pela praia do Embrulho e a Prainha, através do costão direito. Ou através da Avenida das Garoupas até o estacionamento da praia, depois caminhar por uma trilha até a areia.

Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Documentos atualizados para viajar aos Estados Unidos

Artigo anterior

Estes hotéis em Campos do Jordão irão fazer você querer viajar o quanto antes

Artigo seguinte

Você pode gostar