Quando falamos em planejar uma viagem ao exterior, existem dois tipos de pessoas: aquelas que preferem fazer tudo sozinhas, de maneira independente e por conta própria, e aquelas que preferem o auxílio e a comodidade de contratar uma agência de turismo. Não existe certo ou errado, cada pessoa tem seus gostos e preferências.

Contudo, no artigo de hoje, nós separamos dicas e informações especificamente para o primeiro tipo de pessoa, ou seja, para quem prefere planejar uma viagem sem precisar de uma agência! Vamos lá?

Brasileiros podem ser proibidos de entrar na Europa, EUA e outros paises

Foto: Martin Krchnacek / Unsplash

Como planejar uma viagem ao exterior sem agência: 8 passos essenciais

Passo 1: destino, duração e data

O primeiro passo para você planejar uma viagem ao exterior sem agência, envolve três aspectos: a escolha do destino, a duração da viagem e a data que você viajará. Então, com antecedência:

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

  • Faça pesquisas na internet;
  • Avalie as opções de destinos que tenham a ver com seu perfil de viajante;
  • Analise quantos dias ou semanas irá durar a sua viagem;
  • E verifique em qual data você poderá viajar.

Se você conseguir viajar na baixa temporada, isto é, em um período em que a procura pelo destino é menor, a tendência é que você consiga uma boa economia ao comprar as passagens, reservar a hospedagem, entre outros itens.

Agora, se você não tem tanta flexibilidade com datas, você precisará se organizar bem em relação ao seu dinheiro, afinal, uma viagem ao exterior não costuma ser barata – e isso nos leva diretamente para o segundo passo.

Passo 2: orçamento

Mesmo que você viaje na baixa temporada, você precisa estabelecer um orçamento adequado para a sua viagem. Isso porque, dependendo do destino que você for, os custos podem ser bem elevados.

Então, novamente com antecedência, monte (ou baixe) uma planilha em seu computador, ou utilize um aplicativo de celular, e vá pesquisando na internet todos os gastos referentes a sua viagem.

E claro, vá anotando tudo na planilha ou no aplicativo para deixar os valores registrados e para você ter uma visão mais clara e realista da quantia que precisará desembolsar.

Passo 3: documentação e vacinas

O terceiro passo que você deve considerar ao planejar a sua viagem ao exterior, está relacionado à parte de documentação e vacinas.

Isso porque, uma viagem para fora do Brasil requer alguns documentos como passaporte válido, visto (caso você viaje, por exemplo, para os EUA, Canadá ou Japão), certificado internacional de vacinação, PID (caso você queira dirigir no destino), entre outros.

Fora que, dependendo do país que você for, pode ser necessário tomar algum tipo de vacina também.

Portanto, durante o seu planejamento, é de suma importância que você se informe a respeito de quais documentos e possíveis vacinas são exigidas dos viajantes, para poder viajar ao destino.

Agora, se você pretende viajar para algum país aqui da América do Sul como Peru, Argentina, Bolívia, Equador, Paraguai ou Uruguai, a burocracia é menor. 

Com seu RG (desde que tenha menos de dez anos de emissão), você já pode visitar qualquer um desses destinos acima.

Passo 4: passagens e hospedagem

A passagem aérea pode representar uma parcela significativa no seu custo de viagem. Por isso, ter antecedência é um fator fundamental.

E sabe por quê? Porque assim você conseguirá acompanhar e monitorar os valores das passagens com mais calma e poderá comprá-las por um preço mais em conta, visto que terá mais chances de obter uma boa oferta por elas.

Deixar para resolver isso poucos dias ou até mesmo poucas semanas antes de viajar, definitivamente não é o mais recomendado.

Ah! E se você tiver milhas, utilize-as para comprar as passagens. Você pode conseguir uma boa economia se fizer isso.

Agora, além das passagens, outro item que você deve considerar no passo 4 é a hospedagem, afinal, você precisa de um lugar para ficar enquanto estiver no destino.

Portanto, além de pesquisar pelas passagens com antecedência, pesquise e avalie também as opções de hospedagens disponíveis.

Você pode ficar em uma acomodação mais tradicional como um hotel ou um resort, ou pode se hospedar em um hostel, em uma pousada, ou alugar um apartamento, ou uma casa no Airbnb.

Hoje, as opções são inúmeras e cabe a você avaliar qual se encaixa melhor no seu perfil e no seu orçamento. No Airbnb, por exemplo, você pode até mesmo alugar somente um quarto (o que, claro, sai mais em conta).

O importante aqui é considerar os seguintes pontos: se a hospedagem tem uma boa localização, se ela é segura e se é bem avaliada por pessoas que já passaram por ela.

Passo 5: câmbio

Ao viajar para outro país, não é possível utilizar reais para fazer compras e pagamentos. Para isso, você precisará de uma moeda estrangeira.

Por isso, o quinto passo para planejar a sua viagem ao exterior é ir acompanhando o câmbio e trocando o seu dinheiro pela moeda utilizada no destino. Porém, não faça isso de uma só vez, afinal, o câmbio normalmente varia.

Portanto, saiba aproveitar isso. Compre a moeda estrangeira quando ela estiver com valores mais atrativos.

Além disso, é importante levar um pouco de dinheiro em um cartão, como o pré-pago internacional ou o de crédito. Nunca dependa somente de uma forma para realizar pagamentos.

planejar uma viagem ao exterior

Foto: CardMapr / Unsplash

Passo 6: Reservas

Geralmente, destinos que são mais badalados e procurados por turistas, possuem grandes filas, um longo tempo de espera ou, até mesmo, ingressos limitados e que se esgotam com uma certa facilidade.

Por isso, para não perder nada que você queira conhecer, visitar e aproveitar, faça reservas com antecedência, antes mesmo de sair do Brasil.

Já pensou se você chega no destino, vai até uma atração que gostaria muito de conhecer e descobre que os ingressos estão esgotados? Ou que o tempo de espera está levando mais de uma hora e meia? Seria frustrante, não é mesmo?

Além disso, vale ressaltar que existe ainda uma outra reserva importante para fazer em relação a sua viagem ao exterior, caso você vá com seu carro até o aeroporto no dia da viagem… estamos falando aqui sobre o estacionamento.

Afinal, você não querer deixar o seu carro na rua durante dias ou semanas, enquanto estiver fora, não é verdade?

Portanto, ao planejar a sua viagem, não deixe de buscar também por um bom estacionamento. Por exemplo, se você vai embarcar em São Paulo, pesquise por um estacionamento aeroporto GuarulhosExistem dezenas de opções para você escolher.

Passo 7: roteiro

Agora que a sua viagem ao exterior já está praticamente toda estruturada, é hora de seguir para uma parte mais divertida: a de montar o roteiro.

Aqui, é importante pesquisar bastante em sites, blogs e vídeos no YouTube, para verificar quais são as atrações, os passeios, os pontos turísticos e os lugares imperdíveis para conhecer/visitar no destino e, a partir disso, montar o seu roteiro.

Apenas tenha cuidado para não colocar muita coisa para fazer e conhecer por dia. Seja coerente ao montar o seu roteiro. Coloque um número adequado de atividades para cada dia, ok?

Passo 8: seguro viagem

Por fim, mas não menos importante, você precisa contratar um seguro viagem para a sua viagem internacional.

Isso porque, não dá para prever se você vai ficar doente, passar mal, se machucar ou ter qualquer outro tipo de problema enquanto estiver viajando.

Portanto, para não ser pego de surpresa, ter dor de cabeça ou até mesmo prejuízos, é de suma importância que você contrate um bom seguro viagem antes de sair do Brasil.

Assim, se houver qualquer problema, você poderá ser coberto pelo seguro.

Dica final

Para todos os passos que você der em seu planejamento de viagem, pesquise bastante.

Hoje, graças à internet, temos uma infinidade de informações disponíveis, seja em formato de texto, imagem, vídeo, infográfico ou qualquer outro jeito. Portanto, saiba aproveitar isso a favor da sua viagem!

E então, pronto para planejar uma viagem ao exterior sem uma agência de turismo? Esperamos que os oito passos apresentados tenham lhe ajudado!

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Turista brasileira faz sucesso com fotos engraçadas feitas durante viagem

Artigo anterior

O que fazer em Campina Grande: arte, cultura e festas típicas

Artigo seguinte

Você pode gostar