Em entrevista, o CEO da rede de hotéis Accor declarou que pandemia terá um impacto muito grande para o setor de turismo no Brasil

O turismo será uma das áreas mais afetadas economicamente pela pandemia do coronavírus no Brasil. De acordo com o CEO da Accor Hotels no Brasil, Patrick Mendes, o setor calcula uma queda de 90% dos negócios, o que poderá resultar no fechamento de 300 unidades da rede no país. O empresário, no entanto, não deixou claro se o fechamento dos hotéis será definitivo ou apenas emergencial devido à situação da pandemia.

“A recuperação do setor pode levar anos. Nós estamos com hotéis fechando todos os dias”, disse ele em videoconferência com o presidente Jair Bolsonaro. Por outro lado, o secretário secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), Carlos da Costa, disse acreditar que a situação é passageira e que o setor vai deve se restabelecerem breve. “Temos absoluta certeza de que é uma crise temporária, depois o turismo continua”, falou. 

Sobre a rede Accor

hotéis brasil

Foto: Divulgação

Accor possui mais de 50 anos no setor e conta com  5000 hotéis e complexos residenciais espalhados por 110 países. A rede apresenta mais de 39 marcas de hotéis bastante diversificadas, entre eles Sofitel, Ibis, Delano, F1, Mercure, entre outras.

Leia também:

» Coronavírus: 300 pessoas estão presas em festa rave no Panamá
» Mapa mostra em tempo real países ainda não afetados pelo coronavírus
» Casal de idosos simula cruzeiro em casa após viagem cancelada por coronavírus
» Covid-19: Bandeiras de países afetados são projetadas no Cristo Redentor

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Fechada por coronavírus, Disney vai doar comida para restaurantes populares

Artigo anterior

Cancelamento de viagens em massa pode aumentar crise no turismo

Artigo seguinte

Você pode gostar