Indo agora para o sul do país, vamos verificar como anda a campanha de vacinação na capital do Paraná. Segundo o site do Painel de Controle do Coronavírus temos os seguintes números até o momento de publicação deste artigo: mais de 20 milhões de doses recebidas, sendo quase 18 milhões aplicadas, o que nos leva aos seguintes percentuais: 97,8% (primeira dose), 88,3% (segunda dose), 99,1% (dose única), 45,3% (dose de reforço) e 110,1% (dose adicional).

Os fabricantes estão distribuídos da seguinte forma por doses aplicadas: Pfizer (6.551.208), Astrazeneca-Fiocruz (6.469.617), Coronavac (4.196.688), Astrazeneca (342.125) e Janssen (326,999). E mais: a partir do dia 10 de janeiro a cidade terá 20 unidades de saúde voltadas exclusivamente para a vacinação, sendo dez delas somente para as vacinas anti-Covid e as demais para os outro imunizantes do calendário, sempre funcionando das 6h às 17h.

A lista abaixo traz os postos que atenderão apenas a vacinação anti-Covid:

curitiba calendario vacinacao

Foto: Pixabay

  • Distrito Sanitário Bairro Novo
  • Unidade de Saúde Parigot de Souza (Rua João Eloy de Souza, 111m Sítio Cercado)
  • Distrito Sanitário Boa Vista
  • Unidade de Saúde Vila Diana (Rua René Descartes, 537, Abranches)
  • Distrito Sanitário Boqueirão
  • Unidade de Saúde Visitação (Rua Bley Zorning, 3136 , Boqueirão)
  • Distrito Sanitário CajuruUnidade de Saúde Camargo (Rua Pedro Violani, 364,Cajuru)
  • Distrito Sanitário CIC
  • Unidade de Saúde Oswaldo Cruz (Rua Pedro Gusso, 3749, Cidade Industrial)
  • Distrito Sanitário Matriz
  • Tenda na Praça Ouvidor Pardinho (Rua 24 de Maio, 807 – Centro)
  • Distrito Sanitário Pinheirinho
  • Unidade de Saúde Vila Feliz (Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo)
  • Distrito Sanitário Portão
  • Unidade de Saúde Santa Quitéria II (Rua Bocaíuva, 310 – Santa Quitéria)
  • Distrito Sanitário Santa Felicidade
  • Unidade de Saúde Pinheiros (Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade)
  • Distrito Sanitário Tatuquara
  • Unidade de Saúde Dom Bosco (Rua Angelo Tosin, 100, Campo de Santana)

Essa mudança tenciona reduzir o contato entre as pessoas para diminuir o potencial de transmissão do vírus. Assim a população não vai deixar de buscar atendimento por receio de se contaminar. A iniciativa foi da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba a partir da avaliação da demanda a partir do aumento acima do esperado de pessoas com sintomas respiratórios, típicos tanto de Covid-19 quanto de influenza (gripe), que ataca justamente nesta época de início de ano.

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Segundo o site do Imuniza Já Curitiba o atendimento para receber as vacinas (das 8h às 17h) seguirá a seguinte ordem a partir de 10 de janeiro: Primeira dose – Repescagem para todas as pessoas com 12 anos ou mais. Segunda dose – Antecipação da 2ª dose da Pfizer para vacinados com a primeira dose até 14/12; e pessoas que perderam a data da aplicação da segunda dose agendada no Saúde Já. Dose de Reforço – Pfizer, Astrazeneca e Coronavac: pessoas com 18 anos ou mais vacinadas com a primeira dose até 29/8; e pessoas anteriormente convocadas.

Para receber a primeira dose acesse o Imuniza Já Curitiba (ou baixe o aplicativo), imprima o termo de consentimento constante e traga a documentação solicitada. Sobre a documentação o site lembra: não esqueça de levar documento de identificação com foto, CPF, comprovante de residência nominal (caso comprovante seja em nome do cônjuge, apresente também um documento comprobatório da união) com endereço válido de Curitiba e uma caneta.

A Secretaria Municipal de Saúde também aceita comprovante de residência no nome do pai ou da mãe, anexado a um documento que comprove a filiação. Em casos de locações não formalizadas por imobiliárias, deverá ser apresentado o comprovante do endereço da residência junto com uma declaração do proprietário do imóvel, com responsabilização legal pela locação e pela informação.

O site traz ainda informações úteis para aqueles que planejam viagens turísticas ou a negócios. Moradores de Curitiba com viagem marcada para o exterior que ainda não completaram o esquema vacinal contra covid-19 podem antecipar a segunda dose ou a dose de reforço, desde que cumpridos os critérios definidos pelo Ministério da Saúde. O viajante deverá comprovar a ida a outro país com a apresentação de passagem em seu nome. A comprovação deverá ser feita diretamente no ponto de vacinação.

No caso de segunda dose Pfizer ou AstraZeneca a recomendação é a seguinte: a antecipação da segunda dose pode ser feita por pessoas com 12 anos ou mais a partir de 21 dias da primeira aplicação para quem recebeu o imunizante da Pfizer e 28 dias para quem recebeu o da AstraZeneca. O viajante deverá apresentar no ponto de vacinação comprovante da ida a outro país com a apresentação de passagem em seu nome.

Para a dose de reforço da Pfizer ou AstraZeneca para pessoas com 18 anos ou mais que receberam as duas doses de uma das duas há mais de 120 dias e estão com viagem marcada para o exterior podem receber a dose de reforço, com apresentação de comprovante da passagem no ponto de vacinação.

Vai receber dose de reforço da Coronavac? Quem recebeu as duas doses há mais de 28 dias também pode receber a dose de reforço em caso de viagem comprovada para o exterior. O reforço para este imunizante será feito com uma dose de Pfizer para quem for a países que não reconhecem a eficiência da Coronavac. Nesses casos, além da comprovação da viagem, deve ser apresentada no ponto de vacinação a comprovação de que o país não reconhece o imunizante do Butantan/Sinovac.

Se seu caso for receber a dose de reforço da Janssen, a recomendação do Ministério da Saúde é de que a dose a receber seja da mesma marca. Em caso de necessidade de viagem e falta da vacina em estoque, a Secretária Municipal de Saúde seguirá a regra da intercambialidade da vacina e fará o reforço com imunizante da Pfizer.

Por fim vale lembrar mais dois pontos. No caso de ser um viajante que se enquadra no intervalo indicado entre 21 e 28 dias a depender do imunizante, deverá procurar um dos pontos de vacinação de Curitiba das 8h às 17h. Os endereços estão listados no site do Imuniza Já Curitiba. Lembrando que é preciso apresentar documento de identificação com foto, CPF, comprovante de endereço e documentação que comprove a viagem (passagem aérea).

O segundo e último ponto é sobre a realização de viagens de carro. Para aqueles que pretendem viajar para outro país dessa maneira deverão apresentar, além dos documentos exigidos para a vacinação, o comprovante de reserva de hospedagem e um termo autodeclarado de responsabilidade legal pela veracidade das informações apresentadas.

Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Rocha se desprende de cânion e atinge três lanchas em Capitólio (MG); Veja o vídeo

Artigo anterior

Calendário de Vacinação contra Covid em Recife – 2022

Artigo seguinte

Você pode gostar