Até setembro, o Farol Santander recebe a exposição “As aventuras de Alice” em dois andares transformados na realidade mágica da personagem

Não importa sua idade, a exposição “As aventuras de Alice” instalada no Farol Santander é uma ótima opção de passeio durante as férias em São Paulo. A mostra leva os visitantes a uma viagem pela realidade mágica da personagem de Lewis Carroll através de cenários, projeções, ilustrações e livros giratórios. Além disso, traz várias reproduções a adaptações da obra literária que faz parte do imaginário de adultos e crianças há mais de 100 anos.

A exposição ficará no Farol Santander até o dia 25 de setembro e ocupa dois andares do prédio (23º e 24º). Com curadoria de Rodrigo Gontijo, a mostra reúne mais de 100 itens relacionados ao universo de Alice no País das Maravilhas, dispostos em uma área de 600m². A visita pode ser feita de terça a domingo, das 9h às 20h. O ingresso custa até R$ 30 e dá acesso a todo o centro cultural, inclusive a outras exposições.

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Exposição “As aventuras de Alice”

exposição alice farol santander

Foto: Divulgação

Comece a visita à exposição “As aventuras de Alice” pelo 24º andar do Farol Santander. Nele, você encontrará o lado real da obra literária, como a trajetória do autor Lewis Carroll, pseudônimo de Charles Lutwidge Dodgson, e de Alice Liddell, que inspirou a história. Nesse sentido, verá fotos da menina em várias etapas da vida e a primeira versão do livro publicada em 1865.

Além disso, poderá conferir documentos históricos, itens da fase pré-cinema, como livros giratórios e um taumatrópio, um dos mais antigos objetos de animação, criado em 1824. Neste andar, também estão as traduções e adaptações da obra literária de Lewis Carroll feitas por artistas brasileiros. Entre elas, a versão brasileira de Monteiro Lobato e o cordel de João Gomes de Sá.​

Ao entrar no 23º andar, você terá a sensação de entrar, de fato, na “Toca do Coelho”. Essa parte da mostra leva os visitantes a uma viagem através dos diferentes momentos da queda de Alice no mundo mágico. As cenas são transportadas para o 3D e, por isso, permitem sentir-se dentro da história.

Neste espaço há ilustrações feitas por Salvador Dali e Yayoi Kusama e obras de artistas contemporâneos, como o clipe da música “White Rabbit”, de Jefferson Airplane. Além disso, há um cinema expandido, com um projetor de 16mm que reproduz trechos de filmes do encontro de Alice com a Lagarta.

Em outro ambiente, chamado “Um Chá Maluco”, há duas grandes instalações que tratam deste capítulo do livro, com o icônico personagem Chapeleiro Maluco. Nelas, você verá cenas de desenhos animados com versões da Disney (1951), de animé japonês (1977) e variações ucranianas e australianas. Há, ainda, representações do mundo das cartas e da Rainha de Copas má, através de videomapping, com cenas de 13 diferentes filmes, de 1915 a 2010.

Mais sobre a obra de Lewis Carroll

Lewis Carrol

Foto: Divulgação

A obra literária de Lewis Carroll que inspira a exposição “As aventuras de Alice” foi publicada, originalmente, em 1865. E, desde então, o livro “As aventuras de Alice no País das Maravilhas” foi traduzido para mais de 100 idiomas e ganhou reproduções e adaptações em diversos segmentos, sendo uma das histórias mais famosas do mundo.

Além disso, é um clássico do gênero nonsense, devido à forma fantástica e absurda como o autor retrata esse universo e seus personagens. Para resumir tudo o que acontece na história, uma menina cai em uma toca de coelho e é transportada a um mundo maravilhoso, cheio de criaturas mágicas, com características antropomórficas.

Mas o que muitos não sabem é que a narrativa surgiu totalmente por acaso, durante um passeio de barco de Lewis Carroll pelo rio Tâmisa, na Inglaterra. Na ocasião, o autor inventou uma história cheia de fantasias para entreter as filhas de Henry George Liddell, o vice-chanceler da Universidade de Oxford, que estavam no barco. Uma delas era, justamente, Alice Pleasance Liddell, a menina que inspirou a personagem.

A história utilizou, ainda, outras figuras reais e lugares de Londres. E, de tão interessante, motivou um pedido de Alice para que Lewis a publicasse. O primeiro manuscrito da narrativa foi feito em 1864 e recebeu o título de “Alice Debaixo da Terra”. Depois, o autor ampliou a história e modificou o nome para “As aventuras de Alice no País das Maravilhas”. Mais tarde, em 1872, Carroll publicou a continuação dessa história, “Alice Através do Espelho e o que ela encontrou por lá”.

Visita ao Farol Santander, em São Paulo

Ao visitar o Farol Santander para conhecer a exposição “As aventuras de Alice”, você pode também conferir as outras atrações do centro cultural. Atualmente, o espaço recebe as exposições Espuma Delirante (até 07 de agosto no 20º andar) e Manabu Mabe (até 31 julho no 22º andar). Ademais, tem a pista de skate permanente no 21 º andar e o mirante no 26º andar, que oferece uma vista incrível da capital paulista.

+Info

Farol Santander São Paulo

Até 25 de setembro de 2022
Aberto de terça a domingo, das 09h às 20h
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) – compra online
Classificação: livre
Endereço: Rua João Brícola, 24 – Centro Histórico de São Paulo, São Paulo

Dica extra para reservar hotéis

Para encontrar inúmeras opções de acomodação e reservar hotéis e pousadas com os melhores preços, utilizamos o Booking.com - disponível em milhares de destinos.

Passagens aéreas mais baratas

Para economizar com voos, consultamos primeiro as passagens aéreas na MaxMilhas, - quase sempre encontramos os melhores preços tanto no Brasil quanto no exterior. As passagens podem ser emitidas mesmo para quem não tem milhas aéreas.

Outras dicas úteis

Encontre informações úteis sobre os melhores destinos do mundo, com guias de viagens especializados sobre diferentes lugares para conhecer no Brasil e no exterior. São milhares de dicas de viagens com sugestões de onde ir na sua viagem, recomendação de hotéis, notícias atualizadas e muito mais.

Precisa de um carro na sua viagem? Encontre aluguel de carro na Rentcars e cote modelos diferentes podendo ser parcelado em até 10x. Já para passeios e ingressos antecipados, fechamos tudo sempre pela Get Your Guide.

Deseja falar com a redação, promover a sua marca ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

  Inscreva-se em nosso canal:
 

Planeje sua Viagem


Destinos próximos a SP para ver a floração das cerejeiras

Artigo anterior

Fazenda no interior de SP ganha mega balanço

Artigo seguinte

Você pode gostar