A pandemia trouxe isolamento social e aumentou o sedentarismo. O resultado é que as pessoas, de um modo geral, estão mais tristes, menos saudáveis e cada vez mais vulneráveis. A questão é grave, ao ponto da Organização Panamericana de Saúde ter expedido comunicado conclamando a sociedade à adoção de medidas concretas para prevenção do suicídio.

Existem várias ações que podem prevenir a deterioração da saúde física e mental. Uma delas ganha destaque por aliar a observância dos cuidados contra o Covid-19 com a liberdade de viver sem restrições. O segredo está em apostar em atividades junto à natureza. Afinal, não existe espaço fechado no cume das montanhas, nem debaixo das cachoeiras, nem nos campos e florestas.

Segundo o portal Booking.com, como reflexo da pandemia, 78% dos brasileiros querem fazer mais viagens sustentáveis no futuro. Faz sentido: muitas pessoas economizam o ano inteiro para fazer uma única viagem de poucos dias e muito stress. Fazem horas extras ou vários bicos para juntar mais grana, aumentam gastos com passagem de avião, ficam ansiosas com o risco de atrasos, cancelamentos, temem ser contagiadas de COVID nas aglomerações que acontecem em aeroportos ou rodoviárias, tudo para poder aproveitar as férias. Então, quando começa o futuro?

Leia também » Os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

O turismo de massas está centrado na aquisição de “pacotes” que incluem hotel e passagens, mas não desbravam as atrações locais. Mas os melhores momentos, aqueles que ficam marcados na memória e que valem as melhores fotos, são muitas vezes os passeios junto à natureza, realizados por milhares de guias profissionais e agências de turismo locais. Então, ninguém precisa obrigatoriamente passar por todo o perrengue de organizar uma viagem tradicional, que no final, vai ficar marcada pelos passeios locais. Basta saber pesquisar para ver o que há por perto e quem pode ajudar a realizar a experiência.

O desafio agora é encontrar o passeio que mais se adeque aos desejos e necessidades de cada pessoa no grande emaranhado das redes sociais. Por mais que as pessoas estejam constantemente plugadas na rede mundial de computadores, pode ser um pouco difícil encontrar as informações sobre todas as oportunidades disponíveis. Para mudar essa realidade, surgiu o portal TrilhaTodoDia.

A proposta é concentrar todos os passeios relacionados à natureza num único lugar. Assim, as pessoas que têm interesse em fazer passeios vão poder com poucos cliques explorar todo o potencial que uma região pode oferecer. Já as agências terão sua agenda de aventuras divulgada, aumentando a visibilidade e cativando mais pessoas. Dar visibilidade a quem se dedica a atividades ao ar livre é uma forma excelente de dar atenção aos pequenos prestadores de serviço e apoiar, na prática, a sobrevivência e o crescimento dos profissionais da área. Isso é sustentabilidade.

Outra grande sacada do portal é a divulgação do etnoturismo, que permite conhecer outras culturas aqui mesmo no Brasil, sem ser preciso ir longe. Vivências em comunidades tradicionais, participação em rituais festivos ou de purificação, está tudo ao alcance das pessoas. Mas elas precisam saber disso para poder aproveitar.

Assim, portais como o TrilhaTodoDia  podem realmente promover uma nova forma de sociabilidade que vai favorecer o ecoturismo. Como diz o conhecido provérbio chinês, toda crise traz consigo uma oportunidade.

Website: http://www.trilhatododia.com.br






Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Livros de viagem: 18 obras que não podem ficar fora da sua lista

Artigo anterior

Cidades seguras para visitar no Brasil: guia turístico

Artigo seguinte

Você pode gostar