Apesar de ser o menor estado do país, o Sergipe surpreende com a grandeza dos seus atrativos e paraísos naturais

A orla mais bonita do Brasil tem endereço certo: Sergipe. O cenário multicolorido fica ainda mais vibrante no período junino, quando as festas tomam conta da região, lotando todos os cantos, com muita música, dança e uma alegria que ultrapassa as madrugadas. 

Atrações no Sergipe 

Sergipe

Foto: MTur/Divulgação

Com o clima sempre quente, cuja temperatura média anual é de 26°C, é quase automático associar o turismo com as belas praias que compõem o litoral do estado e a sua capital, Aracaju, Top 1 dos lugares mais buscados. Apesar de ser a cidade mais desenvolvida e urbana da região, ela ainda guarda alguns traços de interior, pois tudo fica muito perto e é raro encontrar um lugar lotado de gente, o que traz uma sensação de segurança tanto para os moradores, quanto para os viajantes. 

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Todos esses fatores contribuem para que Aracaju seja frequentemente eleita a capital com melhor qualidade de vida no Nordeste. Ela é tão acolhedora que existe um boato que todos que a visitam a primeira vez, sentem vontade de nunca mais ir embora. Por que será? Uma vida pacata, com um povo alegre e muitas praias, entre elas a icônica Atalaia, que possui uma orla de invejar. São 5 km compostos por restaurantes e é tudo tão organizado e bonito, que quase nem dá vontade de ficar no mar. Entretanto, com o calor que pode ultrapassar os 30º C nas épocas mais quentes do ano, um mergulho em suas águas limpas, é revigorante.

A capital oferece também outros atrativos para quem prefere uma viagem mais urbana, há muitos museus, igrejas, mirantes e palácios para conhecer mais sobre a história local. E claro, ela também não decepciona na gastronomia, experimentar o famoso caranguejo é mandatório. Aliás, a iguaria é tão presente na cultura do sergipano, que existe até a Passarela do Caranguejo, o lugar mais animado para curtir a noite em Aracaju, com dezenas de bares. 

Indo um pouco além do circuito de Aracaju, a apenas 1 hora de carro estão outros dois atrativos, a Praia do Saco com Mangue Seco, que pertence a uma zona ecológica protegida. O visual é de arrasar, com dunas claras e águas cristalinas calmas no meio de manguezais para relaxar. 

Apesar de ser o menor estado do país,  há muito o que fazer por lá. A 200 km da capital, fica a região onde estão localizados os Cânions de Xingó, formações rochosas que datam milhares de anos, cortados pelas águas verdes do rio São Francisco, é um visual de tirar o fôlego! É a prova de como a natureza foi generosa com esse pedacinho do Brasil. 

Um passeio pelo Rio São Francisco também é indispensável, pois é o maior do Brasil e um dos mais importantes da América do Sul, ele nasce em Minas Gerais e percorre cinco estados brasileiros. Suas águas cristalinas ganham ainda mais vida em territórios sergipanos, por isso vale aproveitar para ir de barco até a sua foz e se encantar ainda mais por esse lugar e pela comunidade ribeirinha. 

Sergipe

Inscreva-se em nosso canal:



Planeje sua Viagem




Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Você pode gostar