Neve na América do Sul: O continente mais tropical do mundo também têm os melhores destinos para quem prefere o “friozinho”.

No início e meio de agosto deste ano (2020) fomos surpreendidos por um clima bastante frio. Isso não significa que agosto ou julho de outros anos não tenha feito tão frio, mas a baixa temperatura foi motivo de diversos memes na internet. Nunca antes se havia imaginado nevar em algumas cidades de Minas Gerais. Teve ter sido a primeira vez que muitas pessoas viram neve na vida.

Esse clima muito mais gelado desperta a curiosidade das pessoas que estão acostumadas ao clima mais ameno ou quente. Deve ter sido por isso que muitas imagens, bem como a notícia, viralizou pela internet. O que poucos sabem é que: você pode conhecer ambientes de clima mais gelado bem perto. A América do Sul tem os destinos mais adequados para isso. O melhor é que, por ser uma região próxima, os preços são mais acessíveis. Conheça os melhores destinos frios do nosso continente.

San Martin de los Andes

neve na América do Sul

Foto: Chapelco / Wikimedia Commons

San Martin de los Andes, situada próxima a Patagônia Argentina, reserva grandes relações com a vida selvagem. Porta de entrada do Parque Nacional Lanín, onde está localizado o vulcão Lanín, lá é possível um visitação guiada para realizar trekkins e observar a natureza. A cidade também possui o maior centro de esqui da América do Sul. Todo o ar e atmosfera são extremamente charmosos e tem a sua tranquilidade como cartão postal. 

Portillo

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Com mais de 60 anos de história de esqui, Portillo a cidade Chilena costeira à Cordilheira dos Andes, atrai inúmeros turistas que amam a prática do esporte de inverno. Portillo fica a cerca de 164 km de Santiago, a capital Chilena, e única possibilidade de se chegar ao local é por meio de carro. Nessa viagem de um pouco mais de duas horas é comum ficar surpreso com o cenário que se altera ao subir as cordilheiras. Uma de suas principais atrações é a Lagona del Inca, um lago situado entre montanhas gélidas. Um cenário de conto de fadas.

Farellones

neve na América do Sul

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Para muitos que não praticam esqui essa é o melhor local para começar, sem pressão e um bom lugar pra tentar praticar. A cidade como um todo é projetada para ser um grande parque na neve. Com um ingresso antecipado você pode usufruir de várias atrações da região. Farellones está localizada em um ponto baixo das montanhas. Isso significa que a neve derrete mais cedo, encurtando sua temporada de visitas. 

Ushuaia

Neve na América do Sul. Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Carinhosamente conhecida como cidade do “fim do mundo”, Ushuaia é a capital da província da “Terra do Fogo”. Esse nome nada tem a ver com o cenário branquinho da neve sobre as montanhas. O nome de origem indígena refere-se aos inúmeros vulcões que existem na região. Em temporada de inverno, essa pequena cidade costeira, chega aos -20 graus com ventos, o que intensifica a sensação térmica gelada, ideal pra que curte um friozinho. Em Ushuaia os principais passeios são a visitação ao Canal Beagle e a Montanha Glacial. 

Puerto Natales

neve na América do Sul

Foto: Deensel /Wikimedia Commons

Trakking em montanhas geladas, natureza preservada, visitação a cavernas, navegar pelo fiorde Ultima Esperanza e com muita atividade selvagem, Puerto Natales, é a cidade ideal para visitantes que adoram aventuras. No inverno as temperaturas variam entre 0 a -10 graus. De um modo geral, o cotidiano na cidade é tranquilo e em época de temporada a principal atração é a gastrônomia da região. 

Pucón

Foto: Quimantu / Pixabay

A pequena cidade de Pucón, com cerca de 28.000 habitantes, é também um destino de visitantes que buscam se aventurar pelo Chile. A cerca de 800 km ao sul de Santiago, Pucón, reserva belezas naturais magnifícas desde o lago com cerca de 173 quilômetros quadrados, até o vulcão chamado de Rucapillán. Uma cidade voltada para aventuras e esportes, no período de verão prática-se muito windsurfe, canoagem e kitesurfe. Já, no inverno, as principais atrações são cavalgadas, trakking e espeleologia (visitação a cavernas).

Monte Chacaltaya

neve na América do Sul

Neve na América do Sul. Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

A antiga estação de esqui mais alta do mundo estava localizada neste pico com cerca de 5.421 km de altitude, quase no topo da Cordilheira dos andes. Por La Paz você consegue chegar a antiga estação de esqui, obviamente, percorre uma certa distância por meio de trakking e sob a pressão e dificuldade de respiração em lugares com alta altitude. As mudanças climáticas alteraram o cenário. Onde antes se via montanhas cobertas do branco da neve, hoje avistasse a cor marrom das montanhas expostas ao sol. Esse foi o motivo de desativação da antiga estação de esqui. Apesar do sol, a temperatura se mantém entre os baixos graus.

Esquel

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

O destino ideal para os amantes do ecoturismo e outras aventuras está localizado nesta pequena cidade ao sul da Argentina, na região da Patagônia. O Parque Nacional los Alerces possui belos lagos para se visitar no verão, ainda frio. Já no inverno, o Cerro La Hoya, se torna o destino preferido para praticantes de esqui e snowboard. Com cerca de 40.000 habitantes, a cidade Esquel, se torna um destino alternativo a Bariloche para a prática de esqui por ser menos movimentada. A economia da cidade se baseia na criação de ovelhas e gado, mas atividade turística, voltada a práticas de esportes na natureza, tem se tornado uma das fontes de renda local.

Cajón del Maipo

neve na América do Sul

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Cajón del Maipo está localizada bem próximo a Santiago, sendo possível, a partir da capital chilena, realizar passeios a cidade montanhosa. Assim como as outras cidades, Cajón del Maipo, é conhecida pelas atrações que envolvem esportes e práticas de ecoturismo. San José del Maipo é a principal delas. Lá é possível visitar os cenários cinematográficos de montanhas e lagos cercados por cânions, que, no inverno, intensificam suas belezas naturais. Pesca esportiva, trekking, rafting, tirolesa e montanhismo são as atividades para se fazer na região, além de apreciar o maravilhoso cenário.

Villa La Angostura

Neve na América do Sul. Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Às margens do lago Nahuel Huapi, na província de Neuquén, próximo a fronteira com o chile, está a cidade da Patagônia Argentina, Villa La Angostura. Essa cidade é um misto de agitação e tranquilidade. Em seus entornos, cercada pela beleza natural, pratica-se atividades esportivas desde o snowboard, ao trekkings e montanhismo, e no centro da cidade passear entre os roteiros gastronômicos e pequenos museus naturais e de história local. Próxima a estação de esqui está a Cascada Rio Bonito com cerca de 36 metros de queda d`água. 

Bariloche

neve na América do Sul

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Com neve ou sem neve, seja no inverno ou no outono e primavera, Bariloche é sempre bela. No período de inverno, seu ápice na temporada, atrai muitos brasileiros, se tornando até comum falar-se português por lá. Suas paisagens e atrações estão para além das montanhas nevadas e a pratica de esquiar. Em seu entorno lagos e o verdíssimo da natureza embelezam o cenário frio. Próxima a fronteira chilena, bem como a Villa La Angostura, é bem possível incluir em seu intinerário visita às regiões andinas.

Leia também:

» Essas são as cidades mais frias da América do Sul
» 9 viagens de trem inesquecíveis para fazer na América do Sul
» Roteiros para fazer um mochilão pela América do Sul
» Conheça as melhores estações de esqui da América do Sul

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

7 dicas baratas para fazer o seu quarto parecer um hotel de luxo

Artigo anterior

Trem turístico vai ligar cidades de Salto e Itu, no interior de SP

Artigo seguinte

Você pode gostar