As cidades de Salto e Itu, no interior de São Paulo, serão interligadas por um trem turístico de passageiros a partir de dezembro deste ano. A atração será operada pela Serra Verde Express.

O Trem Republicano é uma das apostas de ambas prefeituras para movimentar a economia no pós-pandemia, devido ao perfil turístico das duas cidades.

O acordo foi assinado essa semana pela Serra Verde Express com e membros da ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária). A empresa é responsável pela linha turística que liga Curitiba a Morretes, no Paraná.

Trem turístico São Paulo

Empresa Serra Verde Express é a responsável pelo passeio turístico de trem entre Curitiba e Morretes, no Paraná. Foto: Divulgação

A expectativa é de que o Trem Republicano passe a operar em dezembro. A Serra Verde Express será responsável por serviços de conservação, manutenção, vigilância, limpeza, fiscalização, jardinagem e controle de passageiros.

“A região tem um grande potencial turístico, está muito próxima do aeroporto de Viracopos e tem tudo para ser um sucesso. Traremos para o interior de São Paulo toda a nossa experiência de mais de 20 anos de atuação no setor de turismo ferroviário”, diz Adonai Aires de Arruda, diretor-presidente da Serra Verde Express.

Leia também:

» Viajar barato: site oferece pacotes de viagem de fim de semana
» ‘Low cost’ de ônibus inicia operação SP-BH com passagens a R$ 29,90
» O que é preciso ter para alugar um carro? Documentação e outras dicas
» Fechado durante décadas, recife em forma de coração está aceitando turistas

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Reserve passagens aéreas com até 40% de desconto para qualquer destino.
Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

11 destinos de neve na América do Sul para quem ama o inverno

Artigo anterior

Pantanal em chamas: saiba como ajudar ONGs que estão resgatando animais

Artigo seguinte

Você pode gostar