Até 1º de setembro as companhias aéreas da Argentina não poderão realizar vendas, operações e negociações para viagens

Voos comerciais não poderão ser realizados na Argentina até o dia 1º de setembro. A decisão foi anunciada por Alberto Fernández, presidente do país, no último dia 26 (domingo). Portanto, até esta data, companhias aéreas não poderão realizar vendas, operações e negociações para viagens.

No momento, apenas voos de repatriação podem circular no espaço aéreo argentino. Para evitar falências e amenizar os prejuízos das companhias aéreas durante o período, a permissão da venda antecipada foi uma solução encontrada.

voos argentina setembro

Foto: Divulgação

“Foi considerado razoável estabelecer 1º de setembro de 2020 com o objetivo de reagendar operações regulares ou solicitar autorizações para operações não regulares de transporte aéreo de passageiros”, diz a resolução publicada pelo  governo argentino.

A Argentina tem, até o momento, aproximadamente 4 mil casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. As medidas de restrição do tráfego aéreo foram tomadas para conter os avanços da doença no país.

Leia também:

» O que fazer em Curitiba: 16 atrações turísticas incríveis
» Maior jardim de tulipas do mundo oferece tour online
» 12 países que aceitam brasileiros para trabalhar
» Melhores museus de Londres para incluir no seu roteiro

Dicas para planejar sua viagem:

» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com
» Reserve passagens aéreas com a MaxMilhas.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.
» Aluguel de carros com até 30% de desconto e a garantia do melhor preço!
» Encontre seu seguro viagem com os melhores preços na Allianz Travel.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Vídeos impressionantes comparam tráfego aéreo antes e depois do coronavírus

Artigo anterior

O que fazer em Porto de Galinhas: 16 atrações e passeios imperdíveis no destino

Artigo seguinte

Você pode gostar