Uma viagem ao tempo, à época colonial, quando a atividade mineradora dominava Vila Rica, tudo isso só é possível em Ouro Preto, localizada no interior de Minas Gerais, a apenas 100 km da capital. O paraíso para os amantes das artes e religião repleto de riquezas, consideradas um patrimônio histórico brasileiro. Entre museus e igrejas que remetem a arte barroca, mora uma alegria contagiante que atrai milhares de turistas em busca de um dos carnavais mais animados do país. 

Dificilmente você irá encontrar uma cidade com tantas belas igrejas abertas à visitação como Ouro Preto. São mais de 20 lugares, que representam também verdadeiras obras de arte, com uma arquitetura que deixa qualquer um boquiaberto. Tudo isso porque elas foram trabalhos de grandes artistas do período barroco, como é o caso de Antônio Francisco Lisboa, mais conhecido como Aleijadinho. Sua história se mistura com Ouro Preto, fazendo da região um um pedaço de si mesmo.  

Atrações em Ouro Preto

Ouro Preto

Fotos: Divulgação/ MTur

Prepare os sapatos (melhor um tênis bem confortável) e muita disposição para caminhar, pois a lista é grande. Não deixe de conhecer a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, a Igreja de São Francisco de Assis, Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e a Igreja de Santa Efigênia. Essas são apenas as principais, pois há muitas outras que podem ser visitadas em seu interior. 

Leia também » Estes são os 100 lugares mais lindos para viajar no Brasil

Os museus são outra parada obrigatória nesse templo histórico , entre os mais conhecidos o Museu da Inconfidência, que abriga diversos utensílios e documentos que contam sobre o processo da independência do Brasil.  Para saber mais sobre como o processo de mineração interferiu no território,  o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas/ UFOPS garante um acervo completo. 

Para os viajantes que apreciam arte sacra, o Museu Aleijadinho, onde há exposição de algumas das suas obras, o Museu do Oratório e o Museu de Arte Sacra de Ouro Preto irão surpreender. Para continuar apreciando a arquitetura local, vale uma passada na Casa de Tomás Antônio Gonzaga, Casa dos Contos, Casa dos Inconfidentes e a Casa da Ópera, quatro edifícios que hoje abrigam centros culturais, mas que são a própria atração por si só. 

Para deixar sua viagem ainda mais inesquecível, vale conhecer algumas minas de onde os minérios e pedras preciosas eram retirados no período da mineração, quando Ouro Preto ainda era conhecido como Vila Rica. Os passeios são guiados e contam com detalhes sobre o processo e como ele interferiu na cidade. As mais populares estão no centro histórico, como a Mina do Chico Rei, a Mina du Veloso e a Mina de Santa Rita. Se estiver disposto a desembolsar um valor maior pelo ingresso, considere a Mina da Passagem, a única industrial aberta ao público. Nela é possível ir pelos túneis em um carrinho que passa por antigos trilhos, que eram usados antigamente. 

Aproveite ainda os mirantes e belas paisagens de Ouro Preto e não se esqueça que nesse lugar mágico, é possível descobrir algo novo a cada canto. 

Ouro Preto

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Reserve passagens aéreas com até 50% de desconto para qualquer destino.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Tiradentes

Artigo anterior

Vitória e Vila Velha

Artigo seguinte

Você pode gostar