País está oferecendo programa de residência para nômades digitais que permite com que estrangeiros fiquem até 2 anos no destino

Qualquer pessoa que busca uma mudança de cenário pode estar interessada em saber que Antígua e Barbuda é a última nação a oferecer aos nômades digitais a oportunidade de trabalhar a partir de suas praias ensolaradas. Ela une destinos como Geórgia, Barbados, Estônia e Bermudas, todos oferecendo aos trabalhadores remotos a oportunidade de experimentar um modo de vida diferente por um tempo.

Antígua e Barbuda visto

Foto: Reprodução

Antígua e Barbuda é uma nação com duas ilhas e está lançando um novo “Programa de residência para nômades digitais” para aqueles cujos empregadores estão sediados fora das ilhas.  O destino está permitindo aos trabalhadores remotos que ganham pelo menos 50.000 dólares (42.685 euros) por ano viver e trabalhar lá por até dois anos, desde que possam demonstrar que têm os meios para se sustentar e a qualquer membro da família que os acompanhe.

De acordo com seu primeiro ministro, Gaston Browne, o sistema de telecomunicações do país e as conexões de internet de alta velocidade são de primeira linha, e permitem que computadores, smartphones e outros dispositivos se conectem à internet sem fio. “Isto significa que você pode trabalhar em qualquer parte do mundo desde Antígua como se estivesse em seu escritório ou em sua casa”, diz ele, acrescentando que os novos trabalhadores podem desfrutar de muitos níveis de acomodação, assim como restaurantes, 365 praias, locais históricos, paisagens magníficas, ginásios, esportes aquáticos, pesca e mergulho em alto mar.

Antígua é um lugar caribenho, cheio de vilarejos coloridos, que saúda os visitantes com amplos sorrisos. Barbuda tem extraordinárias praias de areia branca e recifes para a prática de snorkel. É prudente notar que ambos foram impactados por furacões em 2017.

O programa vem como muitas pessoas estão trabalhando de casa indefinidamente devido à COVID-19, o que significa que ele pode atrair trabalhadores de uma variedade de indústrias. O custo para um único candidato ao programa é de US$ 1.500 (1280 euros), um casal pagará US$ 2.000 (1707 euros), e para uma família de três ou mais, são US$ 3.000 (2.561 euros). Mais informações estão disponíveis no site aqui.

Leia também:

» Abu Dhabi reabre fronteira, mas exige que turistas usem pulseiras de rastreamento
» Hotel em Bora Bora oferece quartos em catamarãs sustentáveis
» Zoológico acusado de dopar animais na Argentina é fechado pelo governo
» Fechado durante décadas, recife em forma de coração está aceitando turistas

Dicas para planejar sua viagem:

» Descubra as melhores opções de aluguel de carros com a Localiza.
» Encontre hotéis, pousadas, resorts e hostels com o Booking.com.
» Ganhe R$179 de crédito do Airbnb na primeira reserva.

Deseja falar com a redação ou relatar algum erro encontrado nesta página? Envie uma mensagem para [email protected]

Congresso mexicano vota para multar empresas que bloqueiam acesso às praias

Artigo anterior

FG Big Wheel: confira fotos da nova roda gigante de Balneário Camboriú

Artigo seguinte

Você pode gostar